quarta-feira, 26 de junho de 2019

↪️Supremo deve decidir se servidor pode ter redução de salário e de carga horária

A votação estava prevista para o último dia 6 de junho, mas a sessão estourou o tempo previsto para a análise da pauta do dia.


Supremo deve decidir se servidor pode ter redução de salário e de carga horária

Medida é permitida por lei, caso limite de gastos com folha de pessoal seja ultrapassado. Norma está suspensa por liminar.  O Globo 26/06/2019 - 07:07 / Atualizado em 26/06/2019 - 08:51

RIO - O Supremo Tribunal Federal (STF) deve votar, nesta quarta-feira, a constitucionalidade de artigos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Entre os trechos que foram questionados, está o artigo 23 da lei, que permite a redução da carga horária e dos salários de servidores, caso os estados ultrapassem o limite de gastos permitido com a folha de pagamento. A norma está suspensa por liminar. O atual relator desse processo é o ministro Alexandre de Morais.


↪️ VÍDEO EM DESTAQUE 

👉VÍDEO - Dra. Elane Alves, ex-assessora da CONACS, reage as declarações de Ilda Angélica. Veja os comentários da categoria, Clique aqui!

Salários: Das dez carreiras com maior remuneração no Brasi, 7 estão no setor público

A votação estava prevista para o último dia 6 de junho, mas a sessão estourou o tempo previsto para a análise da pauta do dia. Com isso, foi necessário fixar uma nova data.

Na última sessão realizada sobre o tema, em fevereiro, a Advocacia Geral da União (AGU) foi favorável à redução dos vencimentos dos servidores. A Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu a LRF, mas pediu a inconstitucionalidade do corte nos salários.

Aposentadoria: No Rio, 69% dos servidores, como professores e policiais, têm direito a aposentadoria especial


O artigo 23 da LRF prevê que, se os estados comprometerem mais de 60% de suas receitas com despesas de pessoal, podem reduzir a jornada de trabalho de funcionários públicos e cortar salários, proporcionalmente.

Este e outros trechos da lei foram contestados por ações de diversos órgãos públicos e estão suspensos desde 2007 por decisão liminar.

Previdência : Policiais federais querem mesmos benefícios das Forças Armadas na reforma

A LRF entrou em vigor em 2000 e determina que os estados não podem exceder o limite de 60% da relação entre despesa com pessoal e a receita disponível para gastos.

 Leia também

Há ainda um limite de alerta, de 44%. Mas muitos estados burlam essas regras adotando metodologias diferentes para contabilizar despesas com pessoal, com o aval dos tribunais de contas estaduais. Alguns estados, por exemplo, não colocam gastos com pensionistas nessa rubrica.

Há ainda um limite diferenciado de acordo com os poderes dentro de cada estado. No caso do Legislativo (incluindo o Tribunal de Contas), o teto para gastos com pessoal é de 3%. Para o Judiciário, o limite é de 6%. Para o Ministério Público, de 2%. E para o Executivo, de 49%.

↪️Vacina contra o câncer poderá ser testada em humanos


“Este é um estudo crítico na avaliação desta vacina”, disse o Dr. Thamm.

Uma vacina, que já foi testada com sucesso em laboratório para prevenir ou retardar o câncer em cães, deverá ser testada em breve, em humanos.

Os pesquisadores da Universidade Estadual do Arizona e da Universidade Estadual do Colorado estão se preparando para testar uma droga que espera treinar o sistema imunológico para reconhecer e atacar uma parte específica das células cancerígenas. Leia a matéria completa, Clique aqui!



↪️ Agentes de Saúde desenvolvem Método Prático e Pedagógico para auxiliar na Medicação de Pacientes com Dificuldade de Leitura


Para os idosos que não conseguem ler, a equipe desenvolveu um método simples e prático para que os pacientes pudessem fazer uso dos medicamentos sem dificuldades.

O excelente trabalho que o agentes de Saúde vem desenvolvendo em Salto da Divisa, têm melhorado muito a qualidade de vida dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade. Leia a matéria completa, Clique aqui!


↪️ +VÍDEO EM DESTAQUE 

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube


👉VÍDEO - URGENTE: Desmascarada as mentiras sobre a Federalização dos agentes de saúde. Veja direto no Youtube
Assista  a um dos 22 vídeos sobre a Federalizaçãoclique aqui!

Fonte:   Com informações do Daily Mail  / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil.  Publicado em  26/06/2019, às  18h55





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Nenhum comentário:

Postar um comentário