quarta-feira, 22 de maio de 2019

↪️Agentes de Saúde recebem remuneração de R$ 7.400,00 e revelam que isso deveria ocorrer em todos os municípios

Os Agentes de Saúde do Brasil que recebem rendimentos aparentemente enormes, na verdade, recebem conforme estabelece a lei 11.350/2006. Queremos que seja assim para todo o Brasil, assine a petição da Federalização, Clique aqui e assina a petição  


No último dia 18 de maio, o coordenador da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, Samuel Camêlo, esteve na cidade de Ipojuca, a distância de 51 km de Recife, capital de Pernambuco. O coordenador da Mobilização teve a oportunidade de checar de perto os valores repassados aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias da cidade, conforme informações disponíveis no Portal da Transparência.

Também paga conforme a lei: Os Agentes de Vigilância Ambiental do Distrito Federal, também recebem em conformidade com o que estabelece a Lei Federal 11.350/2006.

Essa matéria é um grande exemplo das discrepância que ocorrem com os Agentes Comunitários de saúde e Agentes de Combate às Endemias no Brasil. Nessa matéria, que está sendo republicada (já foi publicada anteriormente) estamos destacando as disparidades entre os salários e vencimentos dessas categorias.

Valores disponíveis no Portal da Transparência do Município. Clique aqui e confira esses valores!

Enquanto em determinados municípios os valores brutos podem ultrapassar a marca de R$ 7.200,00 (sete mil e duzentos reais), valores pagos em Ipojuca, também aos Endemias (Agentes de Vigilância Ambiental) do Distrito Federal e Funcionários da antiga FUNASA, há municípios onde a categoria recebe menos de um salário mínimo, após os descontos. Mas, o ordenamento jurídico revela que essa incompatibilidade fere Princípios Constitucionais, Clique aqui para saber mais! Os municípios que estão pagando os R$ 7.200,00 não estão irregulares, na verdade, isso é o correto!

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Perito ensina como ser aprovado na perícia do INSS - Dr. Marcelo Lima. Veja direto no Youtube

A cidade de Ipojuca é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Pertence à Mesorregião Metropolitana do Recife e à Microrregião de Suape e acaba de receber destaque nacional por meio do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e demais Mídias Sociais Ingredas à MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde.

↪️Projeto de Lei determina pagamento do Incentivo direto aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)

👉VÍDEO - APOSENTADORIA ESPECIAL: Confira agora a Agenda dos diretores da CONACS em Brasília.   Veja direto no Youtube

O fato que levou o município a toda essa publicidade foi o reconhecimento da Prefeita de Ipojuca, Célia Salles,  aos Agentes  de Saúde (Agentes  Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias) do município. A ação da prefeita chegou a receber a classificação de extraordinária pela própria categoria, considerando o grau  de reconhecimento e valorização dos agentes de saúde. Com o reajuste do vencimento básico para R$ 1.980,00, projetando uma remuneração desses profissionais  para mais de  R$ 7.200,00 (valor bruto). O valor bruto, encontrado no Portal, vai além do valor do contracheque, que publicamos na matéria anterior.

No centro: A prefeita de Ipojuca, Célia Agostinho Lins de Sales, em uma cerimônia na Câmara dos Vereadores.

"Parabéns à Prefeita do Município de Ipojuca, que valoriza os trabalhos dos ACS e ACE, pagando um salário digno, sem precisar de carta de alforria de Brasília, chegando a ganharem mais de R$ 3.000,00 por causas das gratificações," comentou a agente Fabiana Santana.

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO - URGENTE: ILDA ANGÉLICA: "Os municípios que não conseguiram avançar é por falta de organização."   Veja direto no Youtube

👉VÍDEO - URGENTE: O que os Agentes de Saúde (ACS/ACE) precisam SABER e os Prefeitos escondem.  Veja direto no Youtube

Fonte  Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  22/05/2019, às  15h29





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Nenhum comentário:

Postar um comentário