quinta-feira, 9 de maio de 2019

↪️Câmara da Itália aprova redução do número de parlamentares de 630 para 400. E senadores cairia de 315 a 200.

O projeto já havia sido aprovado em primeira leitura pelo Senado, em fevereiro 


Câmara da Itália aprova redução do número de parlamentares

A Câmara dos Deputados da Itália aprovou nesta quinta-feira (9) um projeto de emenda à Constituição que reduz o número de parlamentares em 36%.

De acordo com o texto da legislação, a quantidade de deputados passaria de 630 para 400, enquanto a de senadores cairia de 315 a 200.

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO -  Ministro Mandetta fez homenagem a todos os Agentes de Saúde (ACS/ACE) do Brasil.  Veja direto no Youtube

A medida teve os votos dos dois partidos da base aliada, Liga e Movimento 5 Estrelas (M5S), além da oposição de direita constituída por Força Itália e Irmãos da Itália.

Já as legendas de centro e esquerda, que em 2016 apoiaram um referendo para tirar poder do Senado, votaram contra.

 Não deixe de Ler  

O projeto já havia sido aprovado em primeira leitura pelo Senado, em fevereiro, e agora precisará passar por uma segunda votação nos dois ramos do Parlamento.

Nessa fase, no entanto, é possível somente aprovar ou rejeitar o texto, sem modificações, informa a agência ANSA.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

Confira as diversas informações apresentada pelo Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil no FacebookTwitterInstagramYoutube etc.

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO -  Cláudia Almeida tira as Dúvidas sobre a Federalização dos Agentes de  Saúde.  Veja direto no Youtube


👉VÍDEO -  Confira o vídeo dessa heroína tocando o sino vestida de Star Wars.  Veja direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteRENOVA Mídia Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil em  09/05/2019, às 22h34. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Nenhum comentário:

Postar um comentário