segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

↪️ Futuro ministro declara “Vamos preservar o meio ambiente sem ideologia”


Ricardo Salles foi anunciado por Jair Bolsonaro neste domingo para assumir a pasta do Meio Ambiente.


Salles afirmou que a política a ser iniciada em sua gestão como ministro envolve “preservar o meio ambiente sem ideologia”.

O futuro ministro também declarou que “todos serão respeitados e ouvidos” quando questionado pela Folha sobre sua relação com os ambientalistas.

Salles foi candidato a deputado federal pelo Partido Novo em São Paulo, e durante a campanha levantou bandeiras “contra a bandidagem no campo”, “contra o roubo de trator, gado e insumos” e “contra a praga do javali”.

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Relator do Orçamento de 2019 questiona Reajuste do Piso Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) 

Quem é o novo ministro do Meio Ambiente?
Ricardo de Aquino Salles, de 43 anos, é natural de São Paulo.

Advogado, Salles é ligado ao Movimento Endireita Brasil e concorreu pelo Partido Novo, sem sucesso na última eleição, a uma vaga de deputado federal por São Paulo.

Salles foi secretário estadual do Meio Ambiente no governo do tucano Geraldo Alckmin. Ele também foi secretário particular de Alckmin, registra o “G1“.

Segundo “O Antagonista“, Ricardo disse que quer “preservar o meio ambiente sem ideologia e com muita razoabilidade”.

 Leia também

Ele acrescentou:

Respeitaremos todos aqueles que trabalham e produzem no Brasil, não só na agropecuária, mas todos os setores produtivos, inclusive na infraestrutura.

Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram e Youtube

➡️Fonte: Informação da Folha e G1 / Publicado no Sou +Saúde e Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil em 10/12/2018, às 08h21.





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif