segunda-feira, 11 de junho de 2018

✔️SÃO PAULO: Agentes de saúde decretam estado de greve em Assembleia Geral.

Agentes de saúde aprovam, por unanimidade, a decretação do estado de greve em assembleia geral.

Em assembleia geral extraordinária realizada na manhã do último sábado, dia 09/06, na sede da Federação da Alimentação de São Paulo, agentes de saúde decidiram, por unanimidade, decretar ESTADO DE GREVE.

Nossa Campanha Salarial deste ano tem como lema “Nenhum direito a menos”. A categoria atendeu ao chamado do Sindicomunitário-SP, que está negociando com o Sindhosfil (sindicato que representa as O.S. e hospitais filantrópicos) o reajuste do piso salarial dos agentes de saúde de São Paulo e outros benefícios.

Como já esperávamos, as negociações estão difíceis e sabíamos que teria choradeira por parte dos empregadores. Inicialmente, havíamos reivindicado um reajuste salarial de 7,8% sobre o piso salarial da categoria. Na primeira contraproposta do Sindhosfil, o sindicato das O.S. enviou o indecente índice de 1,5% de reajuste, que foi rejeitado pelos agentes de saúde.

O presidente do Sindicomuntário-SP, companheiro Jailson, explica ponto a ponto a contraproposta do Sindhosfil.

Após muita negociação e deliberações junto à categoria, resolvemos ser razoáveis e baixamos o índice para 4% a ser aplicado no piso salarial, VR, VA, cesta básica e auxílio creche. Na segunda contraproposta patronal, o Sindhosfil está oferecendo apenas 1,7% de reajuste sobre o piso salarial, VA e auxílio creche. Para o VR, eles estão oferecendo 0% de reajuste, além de não enviar resposta a uma série de outras reivindicações. Claro que a categoria rejeitou também essa contraproposta.


Por isso, os trabalhadores decidiram, por unanimidade, junto com a diretoria do Sindicomunitário-SP, decretar ESTADO DE GREVE, ou seja, já estamos nos preparando para cruzar os braços caso o Sindihosfil não atenda nossas reivindicações.

Sempre procuramos evitar usar desse artifício, que é a greve, por entendermos que o diálogo é sempre o melhor caminho e para evitar transtornos para todos, inclusive para a população. Mas também o sindicato patronal precisa entender que a crise afeta a todos os trabalhadores, e não é diferente com os agentes de saúde.

Então, o Sindhosfil está avisado: se não atender nossas reivindicações, NÓS VAMOS PARAR!

Agentes de saúde mostram unidade e atendem o chamado do Sindicomunitário-SP.

Fiquem atentos às convocações do Sindicomuntário-SP. Acompanhem sempre nosso site, nossa página no Facebook e os grupos de WhatsApp para saber como estão indo as negociações e se partiremos de fato para a GREVE!

✔️DESTAQUES DO JORNAL

✔️Futuro dos Agentes de Saúde (ACS e ACE) está nas mãos da Comissão Mista do Congresso

👉VÍDEO: Confira agora as principais notícias sobre a Instalação da Comissão Mista da Medida Provisória 827/18, que definirá o futuro dos Agentes Comunitários e de Endemias. 
   

✔️Piso Nacional: Foi instalada a Comissão que tratará da atualização do Piso

👉VÍDEO: Poderá vir de Brasília o tão esperando reajuste do Piso Nacional, depois de quatro anos de congelamento pelo Governo Federal


✔️Acordo entre CONACS e Governo garante aprovação da Lei Ruth Brilhante 

👉VÍDEO: Por meio de Medida Provisória, o Governo Federal garantiu uma série de benefícios aos ACS's e ACE's. Os vetos que muitos julgavam impossíveis de serem derrubados, já tornou-se fato.



✔️Havendo o Repasse da União, cada Agente Comunitário e de Endemia tem direito ao extra

👉Veja nesse vídeo de como CONSULTAR o REPASSE do FNS ao seu Município. Feito com o Novo Portal

Fonte  www.sindicomunitario.org.br / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil em  11/06/2018, às  15h50.   





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Matérias indicadas como mais relevantes