sexta-feira, 14 de junho de 2019

↪️Crise da CONACS provoca demissão da assessora jurídica, Elane Alves.

Depois de 10 anos como assessora jurídica da CONACS, Dra. Elane Alves afasta-se da instituição. 


Conflito de interesse entre a direção da CONACS e a FEDERAÇÃO GOIANA provoca demissão da Dra. Elane Alves 

A CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, uma entidade voltada às associações dos ACS, enfrenta uma nova crise. Há mais de uma década (dez anos) que a Confederação enfrenta uma crise de relacionamento, entre os seus diretores e a representação das federações. Há registro de momentos em que a Confederação recebeu apoio de apenas duas Federações, as demais se mantiveram distanciadas. As divergências são muito sérias e envolve diversas áreas, entre as instituições envolvidas.
Dessa vez, uma crise sem precedente entre a atual direção da CONACS e da Federação Goiana dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias - FEGACS/ACE, tomou proporções gigantescas, ocasionando o afastamento da Dra. Elane Alves, assessora jurídica da CONACS, desde abril de 2009.

👉VÍDEO - Ex-assessora da CONACS, reage as declarações de Ilda Angélica. Veja direto no Youtube

RECONHECIMENTO 
A CONACS tem um legado digno de reconhecimento, sobretudo sobre as lideranças de Tereza Ramos e Ruth Brilhante. Foram elas que conseguiram lançar as bases fundamentais na obtenção de leis relevantes para a categoria, que representaram. Ruth Brilhante, foi uma liderança tão expressiva, que as novas lideranças buscam em suas fotos o refugio para tentar imprimir a simpatia da categoria, a nível nacional.
Com a partida precoce de Ruth Brilhante a direção da Confederação tenta se encontrar, manter uma agenda que consiga imprimir a simpatia da categoria, contudo, tem encontrado muitas dificuldades sem o manejo com o diálogo, até mesmo com os parceiros históricos como é o caso da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde  (ACS/ACE), esta que a quase 20 tem fortalecido a luta da categoria, lançando mão das potentes ferramentas interativas em várias plataformas interativas.

UMA NOVA FEDERAÇÃO NO MESMO ESTADO
A direção da FEGACS/ACE, há muito tempo que não aprova a forma como a atual direção da CONACS vem sendo conduzida. Nessa demanda, aparece o caso de uma representação ilegítima dentro da Confederação, que estaria se articulando para fundar uma nova Federação dos ACS/ACE em Goiás, sendo que fora da legalidade. Segundo a própria Ilda Angélica, a criação dessa Federação lhe está sendo atribuída, ou seja, estão culpando a presidente da Conacs de armar a fundação da nova entidade. 

Para esclarecer uma série de informações, a direção do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil entrou em contato com a presidente da CONACS, Ilda Angélica Correia, contudo, até o fechamento desta matéria e sua atualização, não obtivemos retorno. Assim que formos respondidos, iremos atualizar as informações sobre essa grande crise da Confederação,

PROPOSTA DA APOSENTADORIA 
Dentre as Emendas apresentadas pela CONACS, conforme pode ser conferido no vídeo abaixo, apenas uma possui alguma possibilidade de ser aprovada. O detalhe é que a proposta não contempla a toda a categoria, apenas aos ACS/ACE que trabalharam entre 1991 e 2006, que não tiveram o recolhimento previdenciário confirmado pela Previdência. Quem estiver fora desse perfil, não terá benefício algum. Analise o vídeo abaixo e notem que a proposta de Emenda de Jorge Solla não beneficia a todos os ACS/ACE do Brasil.

↪️ VÍDEO SOBRE UMA PROPOSTA DA DISCÓRDIA 

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

 Leia também

O grande problema: a situação se torna delicada, porque a atual direção da Confederação não informa à categoria sobre a realidade dos fatos. Algo que tem sido feito por meio das Mídias Sociais Integradas da MNAS. Apesar de atuar ao lado da Confederação, a coordenação da Mobilização tem discordado da falta de transparência da atual direção, além da criação de Fake News (Notícias Falsas), sobre a proposta de Federalização.

FEDERALIZAÇÃO
Esta, que é a única alternativa para acabar com o drama de 67% de toda a categoria de ACS/ACE, que sofre entre os 5.570 dos municípios, em decorrência da falta de garantia de direitos fundamentais, entre eles: falta de pagamento do Piso Nacional, pagamento de salário abaixo do salário mínimo, falta de estabilidade no cargo, falta de Adicional de Insalubridade, insalubridade baseada no salário mínimo, quando deveria ser no salário base, não pagamento do Incentivo Adicional (Extra de Final de Ano), falta Plano de Carros e Carreiras (enquadramento proposto pela Lei 11.350/2006), PMAQ, PQA-VS e gratificações.

↪️ A VERDADE SOBRE A FEDERALIZAÇÃO 


👉VÍDEO - URGENTE: Desmascarada as mentiras sobre a Federalização. Veja direto no Youtube
Assista  a um dos 22 vídeos sobre a Federalizaçãoclique aqui!

Falta de experiência
A ex-assessora jurídica da CONAC, Dra. Elane Alves, reconheceu a falta de habilidade das lideranças, ou seja, as lideranças envolvidas no conflito, não tiveram maturidade para resolver os pontos de discórdias.
A Dra. Elane comentou: "E no caso, com muito pesar e por absoluta falta de opção diante da inabilidade das nossas lideranças classistas em contornar com lisura conflitos internos..."

Confira a publicação da ex-assessora jurídica da CONACS


Publicação feita hoje pela Dra. Elane Alves em seu perfil do Facebook

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Por conflito de interesses no exercício da defesa entre os meus clientes a saber a Federação Goiana dos ACS/ACE entidade de classe que me acolheu desde 2005 com a generosidade da minha grande amiga Ruth Brilhante e seus meninos e a CONACS entidade de classe que represento como assessora Jurídica desde abril de 2009 e atualmente presidida pela sra. Ilda Angélica, eu não só posso como é meu dever ético profissional abdicar de um deles!

E no caso, com muito pesar e por absoluta falta de opção diante da inabilidade das nossas lideranças classistas em contornar com lisura conflitos internos, comunico o meu afastamento da CONACS, escolhendo ficar com a minha cliente mais antiga e fiel, a FEDERAÇÃO GOIANA DOS ACS E ACE.

Por oportuno, agradeço a todos pelo tempo que nos confiaram a condução da defesa de seus interesses classistas em Brasília e reafirmo minha grande admiração por essa categoria que aprendi a amar e a defender por meio do exemplo de liderança e pessoa que foi minha grande amiga e parceira Ruth Brilhante!


UMA REALIDADE DELICADA
Essa guerra entre a diretoria da CONACS e seus apoiadores coloca em risco a frágil situação de toda a categoria. Isto, sem a análise de que a principal lei que beneficia a todos os ACS/ACE do Brasil é de 2006, ou seja, possui 13 anos, contudo, até hoje pouca coisa mudou para os mais de 222 mil agentes, que integram os mais de 333 mil do país.
Infelizmente os interesses pessoais tem tomado o lugar dos interesses da coletividade, projetando um futuro muito delicado.

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Presidente da CONACS faz declarações duras sobre a Dra. Elane Alves. Veja direto no Youtube


👉VÍDEO - CONACS: Dra. Elane Alves fala sobre a sua saída da Confederação.  Veja direto no Youtube

FonteJornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  14/06/2019, às  16h52. Atualizado em 15/06/19, às 19h28





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


quinta-feira, 13 de junho de 2019

↪️Agentes de saúde visitam famílias para imunizar população contra gripe H1N1

 A secretaria de saúde resolveu enviar agentes de saúde até a residência das famílias para atingir maior cobertura de vacinação. 


Agentes de saúde visitam famílias para imunizar população contra gripe H1N1

Equipes da secretaria municipal de saúde tiveram que chegar ao extremo esta semana. Ir até a casa de moradores de Rio Branco para convencer as famílias sobre a importância de se imunizarem contra a gripe H1N1, que já matou 17 pessoas na capital.

Isso porque, mesmo com a vacina da gripe liberada para toda a população, os índices de imunização, principalmente nas crianças, continuam em baixa na capital acreana. O Acre, inclusive, é um dos que não conseguiu atingir a meta do público alvo no país.

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Agentes de Saúde são citados em Audiência da Fiscalização de Serviços de saúde, clique aqui!

Foi então que a secretaria resolveu enviar agentes de saúde até a residência das famílias para atingir maior cobertura de vacinação. O primeiro bairro contemplado com a ação foi o Calafate. Nas visitas domiciliares, o foco é imunizar grávidas e crianças, com autorização dos pais ou responsáveis.

 Leia também

De acordo com o secretário da pasta, Otoniel Almeida, pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção também podem solicitar a visita de uma equipe e receber a dose da vacina em casa. “A vacina é segura e é muito importante e necessário que as pessoas sejam imunizadas”.

Segundo a secretaria, um dos motivos para que algumas pessoas não queiram se vacinar é a disseminação de falsos boatos sobre a vacina. Nos últimos dias, a saúde do município realizou um levantamento nos bairros onde existe a maior concentração de crianças e grávidas, para que a equipe possa fazer a imunização. As visitas domiciliares estão previstas para ocorrer até o próximo dia 14 de junho.


↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - URGENTE: Desmascarada as mentiras sobre a Federalização. Veja direto no Youtube
Assista  a um dos 22 vídeos sobre a Federalizaçãoclique aqui!

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

Fontewww.ac24horas.com / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  13/06/2019, às  13h30





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


terça-feira, 11 de junho de 2019

↪️ Cresce a desconfiança com vacinas no Brasil, diz estudo

Entre os pais mais jovens, o índice de insegurança  chega a 23%.” disse o Prof. Dr. Marcelo Henrique Napimoga. (Esben_H/Getty Images)


Cresce a desconfiança com vacinas no Brasil, diz estudo

Estudo indica que um a cada cinco brasileiros ou tem medo de vacina ou as considera inúteis. E isso é um perigo para a saúde pública. Por Ingrid Luisa

Em 2019, o movimento antivacina foi listado como uma das ameaças à saúde global pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Nos EUA, essa onda está provocando surtos de doenças não vistas há décadas – em janeiro, o Estado de Washington declarou estado de emergência por conta dos casos de sarampo, enfermidade que tinha sido erradicada do país 20 anos atrás.

No Brasil a situação é menos grave, mas ainda merece atenção. Um estudo brasileiro recente, feito pela Faculdade São Leopoldo Mandic em parceria com a London School of Hygiene and Tropical Medicine, mostra que os ideais antivacina crescem no país. De acordo com os resultados da pesquisa, que contou com 1000 voluntários, 4,5% dos pais se recusam a vacinar suas crianças, e outros 16,5% têm receio, ou não acham que isso tenha qualquer importância para a saúde de seus filhos.

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Agentes de Saúde são citados em Audiência da Fiscalização de Serviços de saúde, clique aqui!

Entre os pais mais jovens, o índice de insegurança é maior ainda, chega a 23%.” disse à SUPER o Prof. Dr. Marcelo Henrique Napimoga, coordenador do estudo e PhD em imunologia. “A gente acredita que, por esses pais não terem vivido uma época onde diversas doenças eram letais e deixavam sequelas permanentes, eles não consideram a vacinação contra elas tão importante. Acham que tudo bem não dar uma ou outra vacina – e acabam deixando seus filhos expostos a problemas graves”.

 Leia também

Ainda pior que a ignorância sobre as benesses das vacinas é o medo. Os entrevistados anti-vacina disseram duvidar da eficácia delas e ter medo de efeitos colaterais.

Acreditar nisso é prejudicial, porque as pessoas vacinadas formam uma “bolha protetora” contra a doença — o que chamamos que cobertura vacinal” disse Marcelo. “Quando se quebra essa bolha, quando pessoas que podem receber vacina não recebem, acaba desprotegendo todo o grupo, e isso expõe os brasileiros a várias doenças.”

Como o limite máximo aceitável para crianças não-vacinadas é de 5%, os números apresentados pela pesquisa já sinalizam um alerta: “Se levarmos em conta os 4,5% que recusam vacina mais os 16,5% que hesitam, estamos com um índice extremamente alto”, disse o pesquisador. De fato. Caso a pesquisa represente uma amostragem fiel do país, temos que um em cada cinco brasileiros ou tem medo de vacina ou acha que elas são inúteis.

Péssima notícia. O Brasil, afinal, sempre foi referência mundial em vacinação pública. O último diagnóstico de poliomielite no país aconteceu em 1990 A vitória contra o sarampo também estava a caminho — o Brasil até recebeu um certificado de “país livre do sarampo” da Organização Pan-americana da Saúde (Opas) em 2016.

Mas esses índices começam a entrar em perigo. No ano passado, a previsão era que 95% das crianças com menos de um anos de idade recebessem a vacina contra sarampo. Passou longe. O índice ficou entre 71% e 84%, dependendo da região – baixo o bastante para que a doença retorne. Polio, rubéola e difteria também ameaçam voltar.


↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - URGENTE: Desmascarada as mentiras sobre a Federalização. Veja direto no Youtube
Assista  a um dos 22 vídeos sobre a Federalizaçãoclique aqui!

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

Fontesuper.abril.com.br / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  11/06/2019, às  19h25





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


↪️Prefeitura de Barrolândia distribui kits com bicicletas e tablets aos agentes de saúde

Os Agentes Comunitários de Saúde receberam kits compostos por bicicletas, bolsas, uniformes e tablets. 


Prefeitura de Barrolândia distribui kits com bicicletas e tablets aos agentes de saúde

Os agentes de saúde de Barrolândia, na região central do Tocantins, receberam na última semana um kit de equipamentos para a realização do trabalho de atendimento às residências. Os produtos foram adquiridos pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde.

Material facilitará o desempenho da categoria em suas atividades

Os kits são compostos por bicicletas, bolsas, uniformes e tablets. A entrega foi realizada pelo prefeito Adriano Ribeiro, que na oportunidade destacou que os agentes fazem um trabalho árduo e muito importante para a saúde básica, e que, por isso, merecem ser valorizados. “Esse material facilitará o deslocamento e a comunicação desses profissionais. Sabemos que a Saúde tem a suas particularidades, mas estamos conseguindo honrar com nossos compromissos”, afirmou o gestor.

 Leia também

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Agentes de Saúde são citados em Audiência da Fiscalização de Serviços de saúde, clique aqui!

A secretária municipal de Saúde, Lindalva Cardoso, complementou destacando que considera essencial que os servidores tenham condições para a execução de suas tarefas. “Esse kit vem para contribuir muito para o desenvolvimento das ações”, finalizou a dirigente da pasta.


↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - URGENTE: Desmascarada as mentiras sobre a Federalização. Veja direto no Youtube
Assista  a um dos 22 vídeos sobre a Federalizaçãoclique aqui!

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

Fontesurgiu.com.br / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  11/06/2019, às  00h32





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


segunda-feira, 10 de junho de 2019

↪️Médicos retiram dente de testículo de adolescente: 'Caso único'

A princípio, a equipe do Hospital Infantil Morozov, em Moscou, desconfiou que o caroço presente na região se tratava de um tumor. ATENÇÃO: IMAGENS FORTES A SEGUIR!


Médicos retiram dente de testículo de adolescente: 'Caso único'

Equipe realizava cirurgia para remover câncer da região, mas foi surpreendida ao descobrir que se tratava de um molar ausente na boca do paciente

Médicos russos ficaram surpresos ao terem que retirar um dente de dentro do testículo de um adolescente de 13 anos. As informações são do tabloide britânico The Sun

No entanto, exames de imagem revelaram que o testículo do paciente na verdade abrigava um molar...

... dente posterior da parte da mandíbula, ausente na boca do rapaz. Ou seja, o dente de leite havia caído, mas não substituído pelo permanente

O adolescente foi submetido a uma cirurgia de emergência para a retirada da estrutura intrusa

 Leia também
↪️FNS transfere mais de R$ 5 bilhões de recursos para Saúde. Agentes de Saúde estão na lista...
↪️Agentes de Saúde recebem R$ 7.400,00 e revelam que isso deveria ocorrer  nos municípios 

Os médicos explicaram que a condição rara é denominada tumor de teratoma, quando tecidos como cabelo, músculo e ossos são formados em regiões como a dos testículos antes do nascimento
Foto: Reprodução/East2West News

"A ciência tem conhecimento de dentes que cresceram no pulmão. Mas, um dente crescendo dentro de um testículo é um caso verdadeiramente único", pontuou

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

👉VÍDEO - Higiene Íntima de Mulheres e Homens! Grandes Conselhos | Dr. Fernando Lemos.   Veja direto no Youtube

FonteDavid Plassa, do R7 / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  10/06/2019, às  20h20





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


domingo, 9 de junho de 2019

↪️Brasil bate Argentina e é campeão mundial de Futsal Down

Foto: ACidadeOn/ F.L. Piton / Prefeitura de Ribeirão Preto


O Brasil é campeão mundial de futsal Down. A seleção conquistou esta semana o título pela primeira vez.

A vitória por 7 x 5 foi contra a arquirrival Argentina, no ginásio da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O festival de diversidade, integração e inclusão foi acirrado até o final da partida.

O Brasil chegou a abrir 5 a 1 no primeiro tempo e parecia que repetiria a goleada da primeira fase, quando fez 5 a 2 nos Hermanos.

Mas depois que levaram o sexto gol, os argentinos reagiram e conseguiram marcar quatro vezes, apesar da ótima atuação do goleiro Rafael.


Foto: ACidadeOn/ F.L. Piton / Prefeitura de Ribeirão Preto

A esperança só acabou quando o ala brasileiro Renato, melhor atleta do mundial, fez o sétimo da Seleção dez segundos do término do jogo.

Melhor jogador

Renato comandou o Brasil durante toda a competição.

Na decisão ele fez cinco gols e terminou o mundial como artilheiro – balançou as redes em 21 oportunidades em cinco partidas.

Marcaram ainda para a seleção brasileira na final Caio e Júlio. Para a Argentina, Gastón fez dois gols, assim como Ignácio. Luca completou o placar.

 Leia também
↪️FNS transfere mais de R$ 5 bilhões de recursos para Saúde. Agentes de Saúde estão na lista...
↪️Agentes de Saúde recebem R$ 7.400,00 e revelam que isso deveria ocorrer  nos municípios 

Foto: ACidadeOn/ F.L. Piton / Prefeitura de Ribeirão Preto
O campeonato

Foi a segunda edição do Campeonato Mundial de Futsal para atletas com síndrome de down.

A Itália venceu a primeira edição, em 2018, que aconteceu em Portugal.

O Brasil terminou sua campanha no mundial 2019 de forma invicta.

Foram cinco vitórias: 5 a 2 na Argentina, 7 a 2 no Chile, 8 a 5 em Portugal.

Na semifinal, goleou o México por 8 a 2 e encerrou o torneio de Ribeirão Preto com nova vitória sobre os Hermanos.

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - CONACS: Audiência marca principais pontos da nova articulação em Brasília.  Veja direto no Youtube

👉VÍDEO - Higiene Íntima de Mulheres e Homens! Grandes Conselhos | Dr. Fernando Lemos.   Veja direto no Youtube

FonteCom informações do GloboEsporte / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil,   Publicado em  09/06/2019, às  22h00





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif