quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

↪️SOCIEDADE: Senhora repreende assaltante “em nome de Jesus” e ele desistiu do assalto

Mulher de coque e vestido longo orou pelo jovem que chorou e desistiu do ato.


No último domingo (20) um rapaz entrou em um ônibus da linha 551 – Nova Iguaçu – Penha, no Rio de Janeiro, e anunciou um assalto.

Uma senhora evangélica que estava dentro do ônibus resolveu reagir de uma forma diferente: gritou com assaltante, foi até ele, colocou a mão em sua cabeça e disse “sai em nome de Jesus”.

O relato da situação inusitada foi dado ao jornalista Ancelmo Gois, do O Globo, pelo publicitário Hanier Ferrer, que foi testemunha do que aconteceu.

O jovem repreendido pela senhora que usava um coque e um vestido longo, chorou, recebeu uma oração e desceu do ônibus sem levar nada de nenhum dos passageiros. A senhora evangélica desceu do ônibus e se propôs a ir até a casa do assaltante que, segundo a testemunha, deveria ter cerca de 20 anos.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - CONACS: Ilda Angélica fala sobre o Reajuste do Piso Salarial Nacional. Clique aqui para acessar direto no Youtube

  👉VÍDEORedeTV: Ex-gay que tirou o pênis explica que foi fácil se tornar 'homem hétero'


  👉VÍDEOAlgumas mentiras sobre escravidão que você acreditou a vida inteira

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteCom informações de O Globo / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil em  
23/01/2019, às 08h22. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

↪️SINDACSE/PE Agreste participa de agenda positiva para criação de "Pacote de Benefícios" para os ACS/ACE de Caruaru (PE)

Diretores do SINDACSE/PE Agreste  e gestores da Prefeitura de Caruaru participam de agenda para tratar "Pacote de Benefícios" para os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do município. 


Conforme havia sido publicado pelo Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil na sexta-feira (18/01),  quando diretores do  SINDACSE/PE - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate às Endemias do Agreste Setentrional de Pernambuco,  juntamente com a A Prefeita de Caruaru (PE), Raquel Lyra, trataram sobre "um pacote de benefícios" para os ACS/ACE.

Na última segunda-feira (21/01) a diretoria sindical participou de mais uma agenda com a gestão caruaruense. Nessa oportunidade, estive presente: o novo Secretário de Saúde, Dr. Francisco Santos, Dra. Jeciane - diretora de Vigilância Sanitária e Epidemiologia, Dra. Patrícia - diretora do Núcleo de Educação Popular (NEP), Dra Barbara - assessora jurídica da Secretaria de Saúde, Dra. Renatta Mahon - diretora geral da Atenção Básica.



O Presidente Natalício Faustino (ao centro) destaca aspectos das propostas apresentadas à gestão 

Na representação do SINDACSE/PE Agreste esteve presente: Natalício Faustino da Silva - presidente, Flávio Rosendo (ao lado esquerdo da foto acima) - Secretário de Comunicação Sindical, José Adeilton Bispo - Secretário de Formação Sindical, Marilene Matilde - Secretaria de Finanças, além da Assessoria Jurídica Sindical, sob o comando do Dr. Ânderson Carvalho.

Antes dessa agenda a equipe sindical apresentou a proposta do Projeto do Incentivo Financeiro Adicional à Prefeita Raquel Lyra. Já na agenda do dia,  foi tratado o projeto do  PQA-VS (Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde), proposta voltada exclusivamente aos Agentes de Combate às Endemias; foi requerida a adequação do percentual do Adicional de Insalubridade sobre o valor do Piso Salarial Nacional para as duas categorias. Atualmente o percentual incide sobre o valor do salário mínimo; melhores condições de trabalho, protetor solar e capacitação. Foi apresentado pelos representantes do sindicato a proposta do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração - PCCR, entregue em mãos ao secretário de saúde.
A Proposta de  PCCR, após avaliação da gestão, será encaminhado à Mesa de Negociação. 

Representação sindical e gestores atentos às propostas

A direção sindical também apresentou a necessidade de fortalecimento das duas categorias com melhores condições de trabalho, inclusive nas Unidades de Saúde, disponibilizando computadores novos, permitindo que os Agentes Comunitários possam realizar os seus trabalhos convenientemente.

Entre as pautas da agenda, também foi dialogado com a gestão caruaruense e a direção sindical o pagamento do Incentivo Financeiro Adicional, conforme recursos repassados pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde para os Agentes Comunitários e Agentes de Endemias. Obedecendo os trâmites legais, conforme preceitos constitucionais, a Prefeita enviará à Câmara Municipal de Vereadores da cidade um Projeto de Lei (PL) com a finalidade de estabelecer o referido pagamento; também foi pactuado que a municipalidade enviará um segundo PL para garantir o PQA-VS (Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde), nesse caso, voltado exclusivamente aos ACE. 

 Leia também

A direção sindical também apresentou a necessidade de fortalecimento das duas categorias com melhores condições de trabalho, inclusive nas Unidades de Saúde, disponibilizando computadores novos, permitindo que os Agentes Comunitários possam realizar os seus trabalhos convenientemente.

Tanto esta agenda, quanto a da semana passada, quando a Prefeita Raquel Lyra e os secretários: Dr. Rubens Júnior e Dr. José Pereira, receberam os diretores do sindicato com bastante disposição, possibilitou uma excelente avaliação dessa rodada de construção entre os  servidores dos ACS/ACE e a gestão. 

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO -  CONACS: Nova Portaria que estabelece o cadastro do CNES. Clique aqui para assistir no Youtube! 


👉VÍDEO - CONACS: Ilda Angélica fala sobre o Reajuste do Piso Salarial Nacional. Clique aqui para acessar direto no Youtube

👉VÍDEO -  Discurso de posse do Ministro da Saúde, LUIZ HENRIQUE MANDETTA 

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteJornal dos Agentes de Saúde do  Brasil / Foto: SINDACSE-PE AgrestePublicado em  
23/01/2019, às 23h40. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


↪️ Agente de Endemias de Buenos Aires fala como se sente, após o seu município ser o 1º do Brasil a pagar o Reajuste do Piso Nacional

O ACE Émerson Nascimento se sente valorizado com a ação da gestão em pagar o reajuste do Piso Nacional, mesmo sem ela ter recebido o repasse do FNS


Buenos Aires (PE) foi o primeiro município brasileiro a garantir o pagamento do novo valor do Piso Salarial Nacional dos Agentes de Saúde (ACS e ACE). Outro fato fora do comum é que a municipalidade efetuou o pagamento mesmo ante do repasse do Fundo Nacional de Saúde - FNS, cuja destinação é o custeio dos salários dos agentes.

Conforme informado da matéria de ontem, a coordenação deste Jornal tentou falar com o Prefeito de Buenos Aires, Fabinho Queiroz, contudo, não conseguimos. 

Conversamos com o Agente de Combate às Endemias, Émerson Nascimento. Ele comentou:

- "Como ACE do município de Buenos Aires PE, me sinto reconhecido e valorizado por ser o primeiro município brasileiro a pagar o reajuste do piso salarial ao qual estava congelado há 5 anos; depois de muita luta podemos enfim comemorar o pagamento. Não encontramos nenhuma dificuldade com a gestão sobre o reajuste, mostrou-se sempre aberta para o diálogo e para a aprovação do reajuste na Câmara. O município vem sempre valorizando o trabalho dos ACS's e ACE's, tendo em vista que já efetua o pagamento do PMAQ, permite folgas em casos específicos e mostram-se aberta também para o pagamento do PQA-VS, além do Adicional de Insalubridade, que serão nossas próximas conquistas. O pagamento do reajuste do piso concretiza nossa luta e a valorização do nosso trabalho, a força da categoria por melhorias; reconhecimento e respeito, concluiu.

Émerson faz parte de um dos Grupos do WhatsApp administrado pela MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde. A 1ª instituição do Brasil a criar grupos estaduais interligados a uma Rede de Mídias Integradas.

O novo Piso Salarial Nacional vale  para todos os agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias do Brasil. O valor antigo é de R$ 1.014,00 (congelado por quase 5 anos). Agora com o novo reajuste passa a ser de 1.250,00. E até 2021 chegará a R$ 1.550,00.

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Buenos Aires valoriza o trabalho dos Agentes de Saúde ao garantir o reajuste do Piso Nacional

Segundo o Ministério do Planejamento, a elevação do piso salarial para os agentes custará um investimento ao governo da ordem de R$ 4,8 bilhões em três anos. O que pode ser considerado um valor pequeno, próximo do retorno em saúde que a população brasileira poderá ter.

 Leia também

Como ficou o reajuste
Pelo texto aprovado no Congresso, o reajuste será concedido da seguinte maneira:

R$ 1.250,00 a partir de 1º de janeiro de 2019;
R$ 1.400,00 a partir de 1º de janeiro de 2020;
R$ 1.550,00 a partir de 1º de janeiro de 2021.

A luta pagara garantir o reajuste
Quando Temer vetou o reajuste para a categoria, o governo alegou considerar o aumento inconstitucional por não ter sido uma iniciativa do Poder Executivo, mesmo com o piso estando congelado a quase 5 anos. O reajuste não constava da versão original da medida provisória enviada pelo governo, contudo, algumas manobras da categoria, tendo a CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, além da parceria da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE), responsável pela administração de um aglomerado de Redes Sociais de peso, inclusive, com capacidade imensurável, além do importantíssimo apoio dado por diversos parlamentares, entre os quais o atual Ministro da Saúde, Henrique Mandetta.

O texto do Executivo apenas estabelecia normas para o exercício profissional da categoria, como jornada de trabalho de 40 horas semanais e etc.

Durante a tramitação no Congresso, porém, os parlamentares colocaram a previsão de reajuste.

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO - CONACS: Ilda Angélica fala sobre o Reajuste do Piso Salarial Nacional. Clique aqui para acessar direto no Youtube

👉VÍDEO -  Discurso de posse do Ministro da Saúde, LUIZ HENRIQUE MANDETTA 

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteJornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, Publicado em  22/01/2019, às 20h51. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

↪️ Pernambuco tem o 1º município do Brasil a pagar o Reajuste do Piso Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE)

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Buenos Aires valoriza o trabalho dos Agentes de Saúde ao garantir o reajuste do Piso Nacional


O novo Piso Salarial Nacional vale  para todos os agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias do Brasil. O valor antigo é de R$ 1.014,00 (congelado por quase 5 anos). Agora com o novo reajuste passa a ser de 1.250,00. E até 2021 chegará a R$ 1.550,00.

Sobre o primeiro município brasileiro a pagar o novo valor do Piso Salarial Nacional dos Agentes de Saúde (ACS e ACE), foi Buenos Aires (PE), pagamento efetuando antes mesmo do repasse do Fundo Nacional de Saúde - FNS.

A coordenação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil tentou falar com o prefeito da cidade, Fabinho Queiroz, contudo, não foi possível.   município de Buenos Aires (PE).

O ACE Émerson Nascimento se sente valorizado com a ação da gestão em pagar o reajuste do Piso Nacional, mesmo sem ela ter recebido o repasse do FNS

Conversamos com o Agente de Combate às Endemias Émerson Nascimento. Ele comentou:

- "Como ACE do município de Buenos Aires PE, me sinto reconhecido e valorizado por ser o primeiro município brasileiro a pagar o reajuste do piso salarial ao qual estava congelado há 5 anos; depois de muita luta podemos enfim comemorar o pagamento. Não encontramos nenhuma dificuldade com a gestão sobre o reajuste, mostrou-se sempre aberta para o diálogo e para a aprovação do reajuste na Câmara. O município vem sempre valorizando o trabalho dos ACS's e ACE's, tendo em vista que já efetua o pagamento do PMAQ, permite folgas em casos específicos e mostram-se aberta também para o pagamento do PQA-VS, além do Adicional de Insalubridade, que serão nossas próximas conquistas. O pagamento do reajuste do piso concretiza nossa luta e a valorização do nosso trabalho, a força da categoria por melhorias; reconhecimento e respeito, concluiu.

O valor atual do Piso Salarial Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias é de R$ 1.014,00 e, em face do reajuste garantido pela municipalidade passara para R$ 1.250,00, valor que já está falendo desde 1º de janeiro deste ano (2019).

Buenos Aires é um município brasileiro do estado de Pernambuco. É formado pelo distrito sede e pelo povoado de Lagoa do Outeiro das Localidades rurais de Châ de Mautês, Canafístula e de Chã das Mulatas. o outeiro e mais conhecido como terra das bananas. Wikipédia

Segundo o Ministério do Planejamento, a elevação do piso salarial para os agentes custará um investimento ao governo da ordem de R$ 4,8 bilhões em três anos. O que pode ser considerado um valor pequeno, próximo do retorno em saúde que a população brasileira poderá ter.

 Leia também

Como ficou o reajuste
Pelo texto aprovado no Congresso, o reajuste será concedido da seguinte maneira:

R$ 1.250,00 a partir de 1º de janeiro de 2019;
R$ 1.400,00 a partir de 1º de janeiro de 2020;
R$ 1.550,00 a partir de 1º de janeiro de 2021.

A luta pagara garantir o reajuste
Quando Temer vetou o reajuste para a categoria, o governo alegou considerar o aumento inconstitucional por não ter sido uma iniciativa do Poder Executivo, mesmo com o piso estando congelado a quase 5 anos. O reajuste não constava da versão original da medida provisória enviada pelo governo, contudo, algumas manobras da categoria, tendo a CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, além da parceria da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE), responsável pela administração de um aglomerado de Redes Sociais de peso, inclusive, com capacidade imensurável, além do importantíssimo apoio dado por diversos parlamentares, entre os quais o atual Ministro da Saúde, Henrique Mandetta.

O texto do Executivo apenas estabelecia normas para o exercício profissional da categoria, como jornada de trabalho de 40 horas semanais e etc.

Durante a tramitação no Congresso, porém, os parlamentares colocaram a previsão de reajuste.

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO - CONACS: Ilda Angélica fala sobre o Reajuste do Piso Salarial Nacional. Clique aqui para acessar direto no Youtube

👉VÍDEO -  Discurso de posse do Ministro da Saúde, LUIZ HENRIQUE MANDETTA 

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteJornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, Publicado em  21/01/2019, às 17h33. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


↪️Marcha Anual pela Vida concentrou número histórico de pessoas em Washington (Estados Unidos).

Imagens da 46ª Marcha Anual pela Vida, em Washington (Estados Unidos). Foi a maior da história do evento #whywemarch


Estado do aborto: a América mostra sinais de ser mais e mais pró-vida

Marcha Anual pela Vida (March for Life) marca o 46º aniversário de Roe versos Wade, na Suprema Corte Americana, a legislação e as atitudes estão mudando.

Os americanos mais uma vez encheram as ruas de Washington, (capital dos Estados Unidos), para a Marcha Anual pela Vida, 46 anos depois do início do evento, conforme estatísticas, a ação legislativa e evidências em decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos, foi sugerido que o país atualmente é mais pró-vida do que tem sido em muitos anos anteriores.

A luta em defesa da vida deve ser de cada pessoa consciente, que sabe valorizar a sua própria existência

Os resultados de duas pesquisas de opinião pública divulgadas na véspera da Marcha pela Vida da última sexta-feira (28/01) mostram um fraco apoio ao aborto legal ilimitado e forte apoio à proteção legal para os nascituros.

Uma pesquisa encomendada pelo "Institute for Pro-Life Advancement" constatou que 7 entre cada 10 jovens apoiam limites ao aborto por meio de políticas específicas como notificação dos pais, limitação de abortos no final da gravidez e oposição ao financiamento governamental do aborto.

Marcha Anual pela Vida 2018

E uma pesquisa marista encomendada pelos Cavaleiros de Colombo descobriu que a grandes maiorias das pessoas, mesmo aquelas que se dizem “pró-escolha”, apoiam restrições ao aborto. Três em cada quatro americanos (75 por cento) dizem que o aborto deve ser limitado aos três primeiros meses de gravidez. Isso inclui 61 por cento que se identificam como pró-escolha, ou seja, que apoiam nesses casos.

↪️ ESSE VÍDEOS SOBRE O ABORTO VIRALIZOU  NO MUNDO

  👉VÍDEOO Grito Silencioso - criança de 12 semanas agoniza durante o aborto. #AmigosdoBem

Além disso, a maioria de todos os americanos se opõe a qualquer financiamento do aborto por parte dos contribuintes (54% a 39%). Em 20 pontos (55% a 35%), os americanos também acreditam que os profissionais médicos com objeções morais devem ser autorizados a deixar de realizar abortos.

A pesquisa também descobriu que, por mais de 20 pontos, a maioria dos americanos acredita que “cientificamente” um feto é “uma vida” (56%), enquanto apenas cerca de um terço (35%) acredita que “faz parte da vida de uma mulher”. Uma pluralidade de americanos diz que a vida começa na concepção (42%), enquanto apenas cerca de 1 em cada 10 diz que a vida começa no nascimento (13%).

Os adeptos do aborto são minoria, sem falar que são influenciados por grandes corporações globalistas

Além dos Cavaleiros, uma importante organização de defesa da vida pró-vida, a Americans United for Life (AUL), também descobriu que a América está se tornando mais pró-vida.

"Em nenhum momento nas últimas quatro décadas estivemos mais perto de construir um consenso nacional sobre o alcance radical de Roe versus Wade e os perigos de uma cultura que permite e celebra o aborto sob demanda por qualquer motivo", disse Catherine Glenn, presidente da AUL. Foster comentou em uma declaração que acompanha a publicação anual da AUL, Defending Life. “A ciência está do nosso lado. A lei está do nosso lado. E, como mostra nosso novo relatório Defending Life (Defesa da Vida), também está aumentando a defesa da vida, na maioria do povo americano, que está apoiando e promulgando mudanças que protegem a vida em todo o país ”.

A publicação, documentando uma série de vitórias legislativas em 2018, classificou os estados que são mais protetores da vida humana não nascida, começando com o Arizona, e aqueles que são os menos, cobertos por Washington.

A luta pela vida é imensamente maior do que o desejo terrível da promoção do aborto

A taxa de aborto nos Estados Unidos é cerca de metade do que era em 1980, de acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças. “Em 2015, o ano mais recente para o qual há dados disponíveis, um total de 638.169 abortos foram registrados, uma redução de 2% em comparação com 652.639 abortos em 2014”, informou o Washington Post em novembro. “A taxa de abortos foi de 11,8 abortos por 1.000 mulheres com idades entre 15 e 44 anos em 2015, em comparação com 12,1 em 2014 e 15,9 em 2006.

Isso está muito longe de 1990, quando havia mais de 1,4 milhão de abortos realizados em todo o país. A taxa de aborto atingiu um alto em 1980, quando foi de 29,3 por mil.

Certamente, na mente de muitos que estão marchando hoje, está a composição em mudança da Suprema Corte. O banco mais alto do país, que derrubou qualquer proibição estadual existente sobre o aborto com as decisões gêmeas de Roe e Doe v. Bolton , em 22 de janeiro de 1973, agora tem o suficiente de uma maioria "conservadora" que os defensores pró-vida estão começando a pense em como um desafio para o aborto legal pode subir nos tribunais para ser considerado pela Suprema Corte.

E, muitas esperanças, o presidente Trump pode ter pelo menos mais uma chance de reforçar essa maioria conservadora, se a juíza Ruth Bader Ginsburg, que recentemente foi tratada de câncer, deixar a alta corte enquanto Trump ainda é presidente.

Além disso, as eleições de novembro do ano passado deram ao partido de Trump uma grande maioria no Senado dos EUA, o que confirmaria seu candidato.

Com a mudança na corte em mente, uma pesquisa do Cavaleiros de Colombo pesquisou o que os entrevistados gostariam que a Suprema Corte fizesse se Roe  fosse reconsiderada. Quase metade dos entrevistados - 49% - Disseram que gostariam que o Supremo Tribunal Federal permitisse que os Estados fizesse certas restrições, semelhante ao quadro jurídico pré-Roe .

A questão do aborto foi mantida viva não só pelas marchas e pela ação política. Filmes como "Gosnell," do ano passado: O maior assassino em série do The Trial of America  tiveram um impacto, e os filmes sobre Abby Johnson, uma funcionária da Planned Parenthood que deu as costas à indústria do aborto e se tornou pró-vida, e a decisão Roe vs. Wade em si, com o ator vencedor do Oscar Jon Voight, estão em obras.

A tecnologia também desempenhou um papel. Neste mês, os Cavaleiros de Colombo anunciaram a doação de seu milésimo aparelho de ultrassom para uma clínica médica católica em Manassass, Virgínia. A organização católica fraternal, que tem quase 2 milhões de membros em todo o mundo, disse que o seu programa de doação de ultra-som, iniciado há 10 anos, contribuiu para salvar centenas de milhares de vidas, ajudando as mães a verem o feto.

Os desafios permanecem, no entanto, e quanto mais avanços pró-vida são feitos, mais os defensores do aborto cavam em seus calcanhares. No estado de Nova York, o governador Andrew Cuomo, recentemente inaugurado pela terceira vez, prometeu a aprovação da Lei de Saúde Reprodutiva, que ele apelidou de "Roe vs Wade para Nova York". A lei, que agora tem uma melhor chance de aprovação nas duas casas da legislatura de Nova York controladas pelo partido de Cuomo legalizariam os abortos tardios até o ponto de nascimento; permitir que não-médicos realizem abortos e remova as proteções para um bebê nascido vivo após uma tentativa de aborto.

"Com uma taxa de aborto que já é o dobro da média nacional, a lei de Nova York está indo na direção errada", disseram os bispos católicos do Estado de Nova York, liderados pelo cardeal Timothy M. Dolan, em um comunicado. “Renovamos nosso compromisso de oferecer os recursos e serviços de nossas agências de caridade e serviços de saúde a qualquer mulher que esteja passando por uma gravidez não planejada, para apoiá-la no sustento do bebê, na criação da família ou na colocação do filho para adoção. Há opções de afirmação da vida disponíveis e pretendemos torná-las mais amplamente conhecidas e acessíveis.

“Nosso governador e líderes legislativos elogiam essa nova lei do aborto como progresso”, continuou o bispo. “Isso não é progresso. O progresso será alcançado quando nossas leis e nossa cultura mais uma vez valorizarem e respeitarem cada presente irrepetível da vida humana, desde o primeiro momento da criação até a morte natural. Isso não nos tornaria verdadeiramente o estado mais esclarecido e progressista da nação? ”

Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras




↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE

  👉VÍDEOA verdade sobre o ABORTO que ninguém nunca te contou... #AmigosdoBem

  👉VÍDEORedeTV: Ex-gay que tirou o pênis explica que foi fácil se tornar 'homem hétero'

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fontealeteia.org / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil em 21/01/2019, às 13h32. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


sábado, 19 de janeiro de 2019

↪️Prefeitura de Patos paga 14º salário retroativo a 2017 e 2018 aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)

Os Agentes Comunitários e de Combate às Endemias de Patos receberam o Incentivo Adicional (14º) dos dois anos. A MNAS defende a importância de compartilhar notícias como essa para que mais prefeituras paguem.


A Prefeitura de Patos (PB), através da Secretaria de Saúde, efetuou ontem, sexta-feira, 18/1, o pagamento do Incentivo Financeiro Adicional, denominado popularmente de 14º Salário, para 282 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate as Endemias (ACE).

Foram creditados nas contas dos referidos agentes de saúde, pouco mais de R$ 260 mil reais, em cumprimento a Lei Municipal nº 4.493/2018, que regulamenta os dispositivos que estabelecem o repassa do Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos municípios, estados e Distrito Federal. A lei municipal estabeleceu os critérios para o pagamento do benefício as duas categorias.

O coordenador da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, Samuel Camêlo, comentou sobre o fato: "Parabéns à gestão municipalista de Patos, que demostra ter coragem de fazer uma administração com responsabilidade e transparência, garantindo aos ACS/ACE seus direitos garantidos em lei. Hoje, patos entra na Lista Nacional dos Municípios que pagam o Incentivo Adicional, algo honroso. Esperamos que mais cidades da Paraíba, nordeste e demais regiões façam o mesmo. Enquanto isso não ocorrer, não iremos descansar em usar as nossas Mídias Integradas para denunciar os abusos, manifestos com os desvios desses recursos. Não podemos aceitar que ACS e ACE sejam penalizados pela irresponsabilidade de administradores desonestos, que desviam valores destinados aos trabalhadores, concluiu Samuel."

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - CONACS: Ilda Angélica fala sobre o Reajuste do Piso Salarial Nacional. Clique aqui para acessar direto no Youtube

O secretário chefe de gabinete, Paulo Marinho, informou que o depósito foi feito na agencia da Caixa Econômica Federal e que em pouco tempo os recursos foram disponibilizados de forma individualizada para todos os agentes beneficiados com a lei.

 Leia também

​​​​​​O pagamento atual está relacionado ao repasse feito pelo FNS no início de dezembro de 2018. Segundo a fonte de informação deste jornal, o pagamento ocorreu em cumprimento ao compromisso assumido pelo prefeito interino de Patos, Bonifácio Rocha. No caso do décimo quarto salário de 2017, será pago de forma parcelada, nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2019.

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ OUTROS VÍDEOS EM DESTAQUE


👉VÍDEO -  CONACS: Nova Portaria que estabelece o cadastro do CNES. Clique aqui para assistir no Youtube! 


  👉VÍDEOAlgumas mentiras sobre escravidão que você acreditou a vida inteira

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil com informações de Genival Junior, publicado em  19/01/2019, às 19h07. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif