quarta-feira, 20 de março de 2019

↪️Depois de muita luta da categoria, Alcântara irá implantar o plano de cargos e salários dos Agentes Comunitários de Saúde

Prefeito Anderson Wilker ao lado de representantes do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde


Sindicato atuante garante a valorização dos servidores públicos em Alcântara. Em 2017, o gestor alcantarense, prefeito Anderson Wilker, implantou o plano de cargos e salários para a categoria de educadores. Segundo o prefeito, o planejamento foi feito no início da gestão e será implantado às categorias de acordo em que a situação financeira do município comece a ganhar fôlego economicamente. Somente após esses três anos é que o prefeito sinaliza positivamente aos servidores, algo lamentável, embora a gestão do citado prefeito tenha transformado esse atraso em algo digno de troféu, quando a realidade é totalmente diferente.

Esta semana o prefeito Anderson Wilker recebeu membros da direção do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e durante reunião ele garantiu aos profissionais a implantação do plano de cargos e salários da categoria. O gestor reconhece a importância dos profissionais para o melhoramento da saúde no município, mas entende que o momento financeiro não é dos melhores e por isso vai seguir seu planejamento gradativamente até todos os servidores serem contemplados com o plano.

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Prefeitura do Ceará pagará o dobro do PMAQ aos agentes de saúde.
 Veja direto no Youtube

A valorização dos Agentes Comunitários de Saúde de Alcântara sempre esteve na pauta do prefeito Anderson Wilker desde o início de sua gestão. Em 2018 o prefeito já havia entregue uniformes e equipamentos de trabalho aos Agentes Comunitários de Saúde e agora reconhece a importância dos profissionais no combate e prevenção de doenças na sede e zona rural de Alcântara.

É a verdadeira valorização do servidor público alcantarense. Em nossa gestão já implantamos o plano de cargos e salários aos profissionais da educação e agora serão os Agentes de Saúde os beneficiados, que ficaram 10 anos esquecidos pelos gestores passados. Eu gostaria muito de ter sido prefeito de Alcântara no momento das vacas gordas, período em que dinheiro sobrava. Mas Deus e o povo de Alcântara me deram essa missão agora e mesmo com dificuldades, com ajuda dos servidores vou reconstruir nosso município e recolocar nos trilhos do desenvolvimento”, destacou.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE



👉VÍDEO - URGENTE: Nova convocatória da CONACS para Mobilização em Brasília.
 Veja direto no Youtube


👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte  Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil com informações de g7ma.com.  Publicado 
em 20/03/2019, às 00h55. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


terça-feira, 19 de março de 2019

↪️FEDERALIZAÇÃO: O voto de apenas 5% dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) já garante a aprovação nessa 1ª fase

A ideia legislativa precisa de 20.000 votos de apoio para que seja analisada pelo senado. 


IDEIA LEGISLATIVA SUGERE FEDERALIZAÇÃO DOS AGENTES DE SAÚDE (ACS E ACES)

A Ideia Legislativa da Federalização dos Agentes de Combate Às Endemias e Agente Comunitário de Saúde foi proposta por JEISON BORGES GAMA CAETANO, do Estado do Rio de Janeiro. A viabilidade da proposta não é conhecida, contudo, há amplo interesse, tanto dos ACS, quanto dos ACE. Em face desse contexto, considerando que o Senado Federal disponibiliza uma ferramenta que acolhe a chamada Ideia Legislativa, não nos custa nada, investir dois minutos para votar e depois acompanhar o desenrolar da proposta. Se você ainda não votou, CLIQUE AQUI!

Com a votação de apenas 5% dos  quase 400 mil ACS/ACE é suficiente para garantir a elegibilidade da análise da proposta pelo Senado Federal.

Até o fechamento desta matéria, menos de 2% dos ACS/ACE de todo o Brasil havia votado na proposta

Habilitação para que a proposta seja analisada 
A ideia legislativa precisa de 20.000 votos de apoio para que seja analisada pelo senado. Não é uma garantia de que seja encaminhada para aprovação, contudo, já abre uma ótima possibilidade com a análise.

Visão de Jeison Caetano sobre a proposta
"A Federalização dos Agentes de Combate Às Endemias e Agente Comunitário de Saúde é importante devido as dificuldades dos municípios de manterem o reajuste salarial dos Agentes e pela falta de estrutura de serviço, logística, EPI e, sobretudo, da importância desses servidores na estrutura de Vigilância em saúde e Atenção Básica. Por tais situações, se faz necessário a Federalização desses agentes," defende Caetano.

 Leia também

Mais Detalhes
Segundo Jeison, os referidos servidores são a ponta de lança do Sistema Único de Saúde - SUS. Trabalhando em condições adversas de temperatura, em áreas de difícil acesso, sem apoio logístico e material. Atuando no controle de várias doenças, entre as quais: dengue, zika, chikungunya, zoonoses etc. Além disso, prestam apoio aos acamados, gestantes, recém nascidos, atuam no controle de roedores, pontos estratégicos, vacinação de cães e gatos e vigilância epidemiológica.

Opinião da categoria de forma geral
Na opinião dos ACS/ACE a federalização seria uma excelente ideia, já que os estados e municípios sempre alegam que esses profissionais são um peso para os cofres públicos. Essa é a visão, conforme a concepção do COSEMS - Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, CONASEMS - Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e CNM - Confederação Nacional de Municípios.

Apesar da realidade descrita, todos sabem que os agentes são indispensáveis para SUS. Porém não podemos esquecer que já tentaram derrubar as duas categoria várias vezes. Quer por meio de portarias, editada pelo Governo Federal. Como foi os casos das desesperadoras portarias, emitidas  no final do governo Dilma. Portarias que visavam substituir os ACS por técnicos em enfermagem. Mais recentemente a nova PNAB - Política Nacional de Atenção Básica, que praticamente baniu a categoria das Unidades Básicas de Saúde - UBS.

Data Limite
A votação é possível até  06/06/2019. Data limite para receber  os 20.000 votos de apoios. 

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE



👉VÍDEO - URGENTE: Nova convocatória da CONACS para Mobilização em Brasília.
 Veja direto no Youtube


👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte Do site do Supremo Tribunal Federal Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, Publicado 
em 19/03/2019, às 23h19. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


segunda-feira, 18 de março de 2019

↪️Confederação dos municípios perde batalha contra a Lei que beneficiou os Agentes de Saúde

👉VÍDEO - Câmeras de segurança registram execução de Agente Comunitária de Saúde.


O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), não conheceu (rejeitou a tramitação) da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6084, ajuizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) contra a Lei 13.595/2018, que estabeleceu novo regime jurídico para os agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. De acordo com o ministro, a entidade não tem legitimidade para a propositura de ações de controle concentrado de constitucionalidade no STF.

O relator da ação explicou que a jurisprudência do Supremo estabelece condicionantes para a atuação das entidades de classe de âmbito nacional no processo objetivo de controle de constitucionalidade. São elas a homogeneidade, a comprovação do caráter nacional, a representatividade da categoria em sua totalidade e a pertinência temática entre os objetivos institucionais da entidade postulante e a norma objeto da impugnação.

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE 

👉VÍDEO - Câmeras de segurança registram execução de Agente Comunitária de Saúde.
 Veja direto no Youtube  

No caso dos autos, o ministro observou que a demanda foi proposta por entidade associativa que congrega municípios, “pessoas políticas dotadas de poderes/deveres voltados à satisfação dos interesses e necessidades dos munícipes, não tendo por escopo primário o exercício de atividade econômica ou profissional”. Para o relator, como a Constituição Federal não conferiu tal legitimidade aos municípios, permitir que associações municipais tenham essa atribuição “configuraria burla ao texto constitucional”.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE



👉VÍDEO - URGENTE: Nova convocatória da CONACS para Mobilização em Brasília.
 Veja direto no Youtube


👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte Do site do Supremo Tribunal Federal Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, Publicado 
em 18/03/2019, às 20h38. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


↪️Câmeras de segurança registram execução de Agente Comunitária de Saúde, enquanto era atendida em comércio de onde morava

👉VÍDEO - Câmeras de segurança registram execução de Agente Comunitária de Saúde.
 Veja direto no Youtube  


Câmeras de segurança registram execução de Agente Comunitária de Saúde, enquanto era atendida em comércio de onde morava

Agente Comunitária de Saúde Cristiene Silva e Sousa, de 41 anos, foi morta a tiros em uma distribuidora de bebidas, na noite de quinta-feira (14), no Parque das Nações, em Aparecida de Goiânia. De acordo com relatos de testemunhas, o suspeito de cometer o crime, é o ex-namorado da vítima. Kayque Juliano. Apesar do fato, a polícia trabalha com quatro possibilidades para o crime.

Assista ao vídeo acima para obter detalhes dessa matéria!

Familiares de Cristiene Silva e Sousa relataram para a Polícia Civil (PC) que ela gostava de sair para se divertir com as amigas, e que na noite de sua morte, ela teria ido com uma amiga para uma distribuidora que fica próximo ao local onde moravam.

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE 


👉VÍDEO - URGENTE: Nova convocatória da CONACS para Mobilização em Brasília.
 Veja direto no Youtube

Segundo testemunhas, enquanto Cristiene estava no estabelecimento, o ex-namorado dela chegou por trás e disparou cinco vezes contra a vítima. Após os disparos, o suspeito fugiu em uma motocicleta Honda 150, de cor vermelha.

No local, a perita encontrou a mulher caída na calçada do estabelecimento com perfurações na cabeça, no abdômen e no peito. A perícia também recolheu três projéteis de arma de fogo, possivelmente de calibre 38.

O corpo de Cristiene foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Aparecida de Goiânia. Ela foi enterrada no dia seguinte, sexta-feira (15).

O caso será investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

Nós já temos as informações do ex-namorado da vítima, no entanto, ele ainda não foi localizado. O caso é investigado como homicídio qualificado, mas pode ser convertido para feminicídio durante a investigação. Está agendado para tarde desta sexta-feira (15) o depoimento das testemunhas”, explica o delegado Charles Lobo.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEO EM DESTAQUE

👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte Do Mais Goiás, Goiânia Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, Publicado 
em 18/03/2019, às 19h06. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


domingo, 17 de março de 2019

↪️Agente Comunitária de Saúde foi reintegrada ao cargo, após ser exonerada por duplo vínculo de trabalho

Depois de quase 5 anos de luta, Fátima Ferreira foi reintegrada ao cargo de Agente Comunitária de Saúde da capital pernambucana


Agente Comunitária de Saúde foi reintegrada ao cargo, após ser exonerada por duplo vínculo de trabalho

Uma ótima notícia, não apenas para os Agente Comunitária de Saúde da capital pernambucana, mas para todos os servidores que se encontram em situação semelhante. Para muitos servidores ter dois cargos no serviço público implica em possibilidade de perdas, contudo, não foi o caso de Fátima Ferreira que, mesmo tendo passado quase cinco anos afastada do cargo, após ser exonerada por se encontrar na situação descrita, foi reintegrada as fileiras dos Agente Comunitário de Saúde do município de Recife.

Antes da exoneração, Fátima acumulava duplo vinculo na administração publica. Diante dos fatos, em 2014 foi aberto um inquérito administrativo e a servidora foi obrigada a optar por um dos dois cargos que ocupava, ou seja, Agente Comunitários de Saúde e Técnico de Enfermagem. O  detalhe dos fatos é que os horários dos cargos não se chocavam.

↪️ VÍDEOS EM DESTAQUE 


👉VÍDEO - URGENTE: Nova convocatória da CONACS para Mobilização em Brasília.
 Veja direto no Youtube

Como é de conhecimento geral, um inquérito administrativo é desgastante, gera uma serie de desconfortos, que podemos qualificar como sendo constrangimentos.  Diante de toda a situação,  Fátima optou em permanecer no cargo de Técnico em Enfermagem, contrariando o seu desejo, abriu mão do cargo de ACS.

Mesmo diante de todo o contexto descrito, Fátima Ferreira não desistiu de lutar, até que a justiça foi feita. quando ela foi reconduzida ao cargo de Agente Comunitária de Saúde da Prefeitura Municipal de Recife. Agora, além de atuar em sua comunidade, também exerce o cargo de Técnica em Enfermagem, exatamente como desejava.

Esse exemplo de perseverança deixa uma grande lição para toda a categoria: nunca desistir dos sonhos, mesmo quando eles parecem impossíveis.

 Leia também

TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - A CONACS alerta sobre o Trabalho dos Agentes de Saúde (ACS e ACE) contra o Aedes Aegypti. Clique aqui para acessar direto no Youtube

👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

Fonte Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil Publicado em 17/03/2019, às 23h12. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


sábado, 16 de março de 2019

↪️Suzano: Professoras descrevem como conseguiram salvar a vida dos alunos

Professora da Escola Raul Brasil, Jussara — Foto: Jussara Melo/Arquivo Pessoal


'Apaguei a luz e pedi que não gritassem', conta professora que dava aula durante massacre em Suzano
Professora Jussara de Melo e alunos precisaram improvisar uma barricada para impedir a entrada dos assassinos na sala de aula. Ela disse que não se sente preparada para voltar à escola na semana que vem. Por Gladys Peixoto,  Mogi das Cruzes e Suzano

Quando começou a ouvir disparos, Jussara Aparecida de Melo dava aulas de espanhol no Centro de Línguas que fica na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano. “Eu fechei a porta e pedi para todos ficarem abaixados atrás das carteiras. Apaguei a luz e pedi que não gritassem. Fui para trás da minha mesa depois", diz.

↪️ VÍDEOS DESTA MATÉRIA 


👉VÍDEO - Suzano: Professoras contam como conseguiram salvar as vidas dos alunos do massacre.
 Veja direto no Youtube 

Jussara ainda não sabia que estava em meio a um massacre. Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 – ex-alunos da escola – entraram na unidade na quarta-feira (13) e fizeram sete vítimas. Antes, Guilherme havia atirado no tio comerciante, na loja dele.

Segundo a professora, as portas das salas de aula da escola não trancam. Ela e os alunos precisaram improvisar uma barricada para impedir a entrada dos assassinos.
“Um deles chegou na porta e disse: 'Hoje é o dia que todo mundo vai morrer'. Eu nem sei se ele me viu, mas eu empurrei a minha mesa para fechar a porta. E soube depois que vários professores escoraram com próprio corpo a porta", contou Jussara.
O desespero foi grande, de acordo com ela, que diz ainda que nunca havia sentido tanto medo.
"Meus alunos pediam a Deus para não morrer. Foi Deus que impediu eles de fazerem mais mortos naquela escola. Eu nunca senti tanto medo em toda minha vida”, relata Jussara.
A Polícia Militar chegou a tempo de evitar que o massacre chegasse até aquela sala.

Sem licença e segurança
Há quase duas décadas trabalhando na Escola Raul Brasil, Jussara considerava a unidade como a sua segunda casa. A serviço do Estado há 30 anos, no início de 2019 ela havia pedido uma licença prêmio. “Eu completei 30 anos em 19 de fevereiro. E deveria estar em licença prêmio, mas não me concederam”.

Emocionada, a professora afirma que não sai de casa desde o dia do massacre e confessa que não tem condições de voltar para a escola. “Eles querem que a gente volte na semana que vem, mas eu não tenho condições. Foi por pouco que a gente não morreu.”

A Diretoria Regional de Ensino de Suzano informou que está ciente do caso e a professora não ficará desatendida. A Diretoria completou que prestará todo o apoio e acolhimento necessários, além de orientação sobre como proceder para concessão de licença.

Jussara destaca que é preciso que o Estado reforce a segurança na unidade para garantir o bem estar de alunos, professores e funcionários. “Não tem segurança, não dá para voltar".

A professora ainda lamenta os comentários sobre armar os professores.

Eu ouvi dizer que se o professor estivesse armado isso não teria acontecido. Mas eu não nasci para matar, eu nasci para lecionar.

Jussara se lembra do último abraço em Marilena Umezu no dia do massacre — Foto: Reprodução Facebook.
Lembranças
Chorando, Jussara se recorda do último contato que teve na quarta-feira com a coordenadora pedagógica Marilena Ferreira Umezu. Ela foi uma das duas funcionárias mortas no massacre.
“Ela foi no intervalo no Centro de Línguas e demos nosso último abraço. Eu não consegui ir ao velório e nem no enterro dela. Eu não consigo ainda acreditar que ela está morta.”
Entre os estudantes que foram vítimas do massacre, Jussara foi professora de dois. Douglas Murilo Celestino, de 16 anos, morreu tentando ajudar a namorada. Jenifer da Silva Cavalcante, de 15 anos, segue internada em situação delicada. Foi retirada uma bala do abdômen dela, colocada uma bolsa de colostomia, mas ainda há uma bala alojada perto do pescoço da adolescente.
“O Douglas era um menino doce e estudioso. A Jenifer me ajudava muito em sala de aula. Era administradora do grupo de WhatsApp da classe. Eu espero que ela sobreviva.”
Corpo de Samuel Oliveira é levado para enterro no Cemitério São Sebastião, em Suzano — Foto: Bárbara Muniz Vieira/G1

Enterros
Sete vítimas dos massacres foram enterradas na quinta-feira (13), cinco delas no Cemitério São Sebastião: os estudantes Samuel Melquiades de Oliveira Silva, de 16 anos; Kaio Lucas da Costa Limeira, de 15 anos; Caio Oliveira, também de 15; Cleiton Antônio Ribeiro, de 17 anos, e a inspetora Eliana Regina de Oliveira Xavier, de 38 anos.

Já Marilena Ferreira Umezu foi enterrada ontem (sexta-feira, 15), também no Cemitério São Sebastião.

Outras duas foram enterradas no Cemitério Colina dos Ipês: Jorge Antônio de Moraes, tio de um dos assassinos, e Douglas Murilo Celestino, de 16 anos.

Os assassinos foram enterrados no mesmo horário, também em Suzano, mas em cemitérios diferentes. Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, no Cemitério São Sebastião, e Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, no Cemitério São João Batista.

 Leia também


TagsPortarias Leis Reajuste  ACS ACE PMAQ PQA-VS Incentivo Plano de Cargos e Carreiras

↪️ +VÍDEOS EM DESTAQUE

👉VÍDEO - A CONACS alerta sobre o Trabalho dos Agentes de Saúde (ACS e ACE) contra o Aedes Aegypti. Clique aqui para acessar direto no Youtube

👉VÍDEO - Modelo atualizado de Requerimento do Reajuste do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE. Clique aqui para acessar direto no Youtube

↪️ Espalhe Sou +Saúde nas suas redes sociais. Siga-nos no FacebookTwitterInstagram e Youtube

FonteG1 Mogi das Cruzes e Suzano / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil em 16/03/2019, às 14h31. 





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif