quarta-feira, 15 de agosto de 2018

✔️Temer veta o Reajuste do Piso dos Agentes de Saúde, mesmo com mais de quatro anos de congelamento

De 2006 a 2018: Como os partidos sabotaram a Proposta de um Piso Nacional para manter os Agentes Comunitários de Saúde  e Agentes de Combate às Endemias como seus escravos 

A afirmação de que os partidos, por meios de seus Vereadores, Deputados, Senadores, Prefeitos, Governadores e Presidentes sabotaram a proposta de um Piso Salarial Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às endemias desde 2006, até os dias de hoje, dispensa qualquer pesquisa profunda nos arquivos do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil. Já que, ao longo desses 12 (doze) anos, fizemos inúmeras denúncias, inclusive algumas previsões antes de serem conhecidas de forma mais ampla.

👉VÍDEO: Pronunciamento do deputado Raimundo Matos e Ilda (CONACS)

Quantos presidentes tivemos entre 2006 e 2018? Alguém faz ideia? Quantos se esforçaram para estabelecer um salário digno para aos ACS ou ACE? E os partidos, quantos formalizaram apoio e realmente mantiveram a promessa? Será que iremos despertar agora ou iremos levar mais 12 anos para fazer uma nova avaliação?

👉VÍDEO: Ilda fala sobre o grande golpe que os prefeitos deram nos Agentes de Saúde
  
 A MNAS convocou um dia de manifestações em prol do Piso Nacional em todos os estados brasileiros, em novembro de 2013. Na foto, os/as Agentes de Saúde de Trindade/PE mostraram a sua garra. Semelhantemente ocorreram manifestações por todo o Brasil.

Luta pelo Piso Nacional: Manifestação do dia 12 de novembro de 2013.

Em matéria com data de 02 de julho de 2012, comentamos: "A valorização dos Agentes de Saúde parece ter períodos marcados para ficar em evidência, ou seja, nos período eleitorais. A proposta original do Piso Nacional equivaleria hoje ao valor de R$ 1.244,00 (mil duzentos e quarenta e quatro reais). Tivemos o Projeto de Lei do Senado - PLS 196/09 e PL 6.111/09 de autoria da Senadora Patrícia Saboya, a Emenda à Constituição - PEC 323/09 (do deputado Valtenir Pereira) e o Projeto de Lei - PL 7.056/10 (do deputado Pedro Chaves) que altera a Lei nº 11.350 para regulamentar a EC nº 63/10 visam estabelecer o Piso Salarial Nacional Agentes de saúde, contudo, sem êxito. Diante da negativa da aprovação dessas propostas a administração da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde – CONACS fez um fracionamento dos valores (correção do salário a cada ano, até atingir o valor desejado). Esta proposta, embora considerada relevante por grande parte da categoria (ACS e ACE), não foi aceita por aqueles que identificaram perdas significativas, em face do projeto original. Além desse fato, em alguns municípios os valores salariais pagos aos agentes estavam bem acima da proposta apresentada pela confederação. A proposta também não foi aprovada e a categoria amargou mais uma decepção."

Sem a presença maciça dos ACS/ACE em Brasília: Proposta do Repasse chamada de "Piso Nacional" foi aprovada em junho de 2014, em tempo record pela Câmara dos Deputados e Senado Federal. Todos queriam aprovar o Repasse da União como se fosse Piso Nacional.

Jornal "O Globo" indica os pontos em que os Agentes de Saúde foram derrotados com as sanções da Lei que cria o Repasse Integral da União aos municípios. 


 Algo que o jornal não indica é o beneficio gerado a milhares de agentes, que recebem abaixo de R$ 1.014. Durante os primeiros meses da nova lei, terão um salário mais justo. O benefício poderia ser mais amplo se não fosse a falta de articulação política entre os parlamentares e a entidades que representam a categoria de ACS/ACE.

A presidente Dilma vetou artigo que estabelecia diretrizes para do piso salarial. Também vetou o dispositivo que previa incentivos financeiros, justificando que a medida depende de “análise técnica, levando-se em conta as especificidades e necessidades da cada região ou ente federativo beneficiado.” Clique aqui e veja a matéria completa!

Ainda em 2012, argumentamos: "Infelizmente a fraca memória de muitos colegas não permite lembrar que já tivemos o Projeto de Lei do Senado - PLS 196/09, Projeto de Lei 6.111/09, a Emenda à Constituição - PEC 323/09 e o Projeto de Lei - PL 7.056/10 que altera a Lei nº 11.350 para regulamentar a EC nº 63/10 visando estabelecer o Piso Salarial Nacional Agentes de saúde e ainda não temos nada de concreto, além do registro no papel."

Em consequência das diversas sabotagens ao Piso Nacional, por parte dos deputados e senadores, a MNAS havia proposto um boicote nacional. Isso, ainda nas eleições de 2014.

Mais de duas dúzias de deputados e alguns senadores se dizem apoiadores do Piso Nacional dos Agentes de Saúde, contudo, nos bastidores, eles votam contra o projeto.

Com o objetivo de aprovar o Piso Nacional, a MNAS realizou o 1º #OCUPE à fanpage (página do Facebook) da presidente Dilma Rousseff . Confira qui! 

Boicote Nacional contra os Deputados e Senadores
No dia 06 de julho de 2014, antes da manobra de transformar a uma portaria em lei (12.994/2014), a MNAS defendeu o boicote aos Deputados e Senadores, segue transcrição de fragmento da matéria:

"A votação relâmpago do suposto "Piso Nacional" (na verdade, um repasse muito bom do governo federal) foi, na realidade, um golpe que envolveu diversos partidos, inclusive de oposição ao governo. A proposta da Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (MNAS) é que a categoria não apoie os pleitos desses parlamentares que já possuem mandatos. Mesmo aqueles que se dizem apoiadores da luta dos ACS/ACE. Analisem que foram quase 9 anos de luta e muita mentira. Eles nunca aprovaram o nosso Piso Salarial Nacional. Agora chegou a hora de mostrarmos a nossa força!
Não se deixe iludir com migalhas (pequenas vantagens) daqueles que durante quase uma década, apenas nos iludiram!"

👉VÍDEO: Mas, o que realmente Temer havia prometido aos ACS's e ACE's?

Voltando ao ano de 2018, perguntamos: o que foi que realmente conquistamos? 
Durante todos esses anos os partidos, por meio de seus políticos, nos escravizaram e, infelizmente, hoje não é diferente! Continuamos na mesma escravidão, mesmo depois de 12 anos da mais profunda ilusão, criada pelos dominadores do Brasil.

Iremos despertar ou continuar na mesma, infinitamente?

A nossa proposta é que façamos um boicote nacional, ou seja, não apoiamos partido algum nas próximas eleições. O nosso apoio será focado nos membro da categoria (ACS ou ACE) e apoiadores com histórico de resultados. Mesmo que façam uma simulação de apoio, em 30 dias, derrubando o veto de Temer, os partidos não merecem o nosso apoio. Essa é a proposta de mudança que apresentamos. Se não for assim, sem dúvida alguma, continuaremos sendo escravos, sem a garantia de direitos de forma plena. 

✔️VÍDEOS EM DESTAQUE NO JORNAL

👉VÍDEO: VETO ao Reajuste do Agentes de Saúde será derrubado, diz Relator da MP 827


  👉VÍDEO: Em Brasília, Prefeitos pressionam Temer contra o Reajuste do Piso Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias 



  👉VÍDEOQuem trabalhou de carteira assinada entre 1999 e 2013 pode pedir revisão de saldo de FGTS


  👉VÍDEOReajuste do Piso Nacional: Ilda participa de Assembleia e traz novidades


  👉VÍDEOReajuste do Piso: José Aparecido envia mensagem a Michel Temer



  👉VÍDEOReajuste do Piso dos agentes de saúde (ACS/ACE) foi regulamentado


👉VÍDEOURGENTE: A tentativa de destruição das 10 Medidas contra a Corrupção


👉VÍDEOComo são tratados os que praticam pedofilia nos Estados Unidos


  👉VÍDEO: Prefeitos se articulam contra à pauta do Reajuste dos Agentes de Saúde


               👉VÍDEO - CONACS: Assessora jurídica esclarece as novidades da MP 827/2018.


       👉VÍDEO: CONACS: Presidente fala sobre o drama que a categoria viveu em Brasília


                👉AO VIVO: Confira a Votação da MP que trata do Reajuste do Piso Nacional  

✔️Repasse da União: cada Agente Comunitário e de Endemia tem direito a um salário extra

👉Veja nesse vídeo como CONSULTAR o REPASSE do FNS ao seu Município. Feito com o Novo Portal. Acesse o Requerimento Padrão que preparamos para você e seus colegas, CLIQUE AQUI!

Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil , Publicado em  15/08/2018, às  19h18.   





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif