sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

✔️Protesto de agentes de saúde cobra cumprimento de lei ao Governo do Maranhão

Protesto de agentes comunitários de saúde e de combate às endemias cobra cumprimento de lei ao Governo do Maranhão

Protesto de agentes de saúde cobra cumprimento de lei ao Governo do Maranhão
Manifestantes pediram o cumprimento de uma lei sancionada no passado que garante um complemento salarial aos profissionais.

Agentes comunitários de saúde protestaram na manhã desta quarta(21), em São Luís. Com camisas pretas, faixas com mensagens de protesto e apitos, eles pediam o cumprimento de uma lei que garante um complemento salarial aos profissionais.

Os manifestantes se reuniram na praça Maria Aragão e depois seguiram em carreata pela Avenida Beira-Mar, na região central de São Luís. Uma das pistas da avenida ficou tomada pela multidão e o trânsito parou.

Manifestantes se reuniram na praça Maria Aragão em protesto contra o descumprimento de uma lei pelo Governo do Estado (Foto: Reprodução/TV Mirante)

A Polícia Militar acompanhou o protesto, que seguiu de forma pacífica até a Praça Pedro II, em frente a sede do governo no Palácio dos Leões, onde os manifestantes ficaram aguardando uma resposta até que uma comissão formada por representantes da categoria foi recebida no palácio.

Manoel do Nascimento, presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde de Paço do lumiar e São José de Ribamar, explicou que o acordo foi firmado com a Secretaria de Saúde e deve ser cumprido.

"Dez por cento tirado do próprio estado por meio dos impostos. Isso foi pactuado na Secretaria de Saúde em negociação e transformado em uma lei estadual. (...) Então se ele (Governador) fez uma lei, precisa cumprir com ela. Se ele não quer cumprir, então que seja determinada pela justiça, que é o que vai acontecer", declarou.

Manifestantes interditaram parte da Avenida Beira-Mar em caminhada até o Palácio dos Leões, em São Luís (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Os agentes saíram de varias partes do Maranhão e alegam que são quase 16 mil profissionais aguardando o acréscimo nos salários. Também afirmaram que estão há seis anos sem reajuste salarial e lutam há 20 anos pela contrapartida estadual. Marleide Bernabé, presidente da Federação Maranhense dos Agentes Comunitários de Saúde, contou que a lei é do ano passado, mas ainda assim nada mudou até hoje.

"O que a gente quer é dizer para o governador que queremos que ele efetive a lei 10.583, que é onde está estipulado o mínimo de 10% em cima de nosso piso salarial. Foi aprovado em maio de 2017 e até hoje a gente não temos nada. Queremos que ela seja realidade até o mais longínquo município do Maranhão", reclamou.

O Governo do Maranhão disse que iniciou o pagamento das equipes e elaborou uma proposta que será reavaliada por uma comissão formada por representantes do governo, dos municípios e dos agentes, conforme reunião realizada nesta quarta (21).

FonteG1 MA, São Luís/ Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, em  23/02/2018, às  1h36.   

🔂Síndrome de Burnout - um distúrbio psíquico de caráter depressivo...
🔂Saúde e Segurança no Trabalho: cuidados com a conjuntivite #FiqueAtento
🔂Câmara Notícia 21H: A aprovação do PL 6437/2016, que trata das atribuições dos ACS/ACE
🔂MNAS orienta Agentes de Saúde  contra Prefeituras que não pagam o Incentivo Adicional (14º
🔂 Decisão do STF sobre o uso de EPI e suas consequências





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif