terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

✔️Com salários atrasados, Agentes Comunitários de Saúde realizam manifestação em frente a Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Com salários atrasados Agentes Comunitários de Saúde realizaram uma manifestação em frente à Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul

Agentes Comunitários de Saúde realizaram uma manifestação, em frente à Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul para reivindicar salários atrasados e cumprimentos de acordo não realizados pelo Prefeito Ilderlei Cordeiro.

Zuíla Lima, delegada sindical, falou sobre a decisão de paralisar as atividades realizadas pelos Agentes Comunitários de Saúde no dia de hoje para cobrar da Prefeitura o atraso de salários e cumprimento de acordos que tinham sido realizados com a atual gestão pública.

”O Sindicato vem a um ano tentando negociar com a gestão a deliberação do regime dos Agentes Comunitários de Saúde, porque sobre o regime tem uma lei federal que diz que o Agente de Saúde é regido pela CLT, salve se o município tiver seu regime próprio, que é o caso da nossa prefeitura, que possui o regime estatutário.

Os primeiros Agentes de Saúde que fizeram o concurso público, no qual o edital dizia que eles fariam parte do regime estatutário do município, até o momento, 11 anos depois, a categoria está a ver navios, pois não tem direito de estatutário e nem direito de celetista. Conversamos com o prefeito em meados de novembro para dezembro e ele prometeu que tudo que era de direito dos agentes de saúde iria ser dos agentes de saúde e não é isso que está sendo cumprido.

Informe do Jornal

Ilda Angélica (CONACS) apresenta relatório sobre a articulação em Brasília

Nós estamos em atraso com incentivo adicional, que tem uma portaria ministerial na qual diz que a décima terceira parcela que vem é destinado a incentivo adicional para os agentes de saúde que alcançarem a meta, sendo que o dinheiro que tem nos cofres públicos da Prefeitura é para ser divido em partes iguais entre os agentes que irão receber o incentivo de produtividade.” Disse Zuíla.

Com esse manifesto, os agentes tentaram mais uma conversa com o Prefeito Ilderlei Cordeiro, caso não consigam resolver essa situação será tomada outras atitudes.

Essa nossa paralisação já foi informada para gestão que é com ponto indicativo de greve e nós iremos conversar com a categoria e iremos decidir se vamos deliberar a greve por tempo indeterminado pelo regime. Em relação ao dinheiro, do repasse nós estamos vendo se iremos entrar com um mandato de segurança ou com a liminar de urgência e emergência, uma vez que temos como comprovar que esse dinheiro caiu nos cofres do município em dezembro.

Sem contar com os pagamentos dos agentes de endemias, que as competências de 2017 consta no fundo a fundo que foram todas repassadas, então não entendemos o motivo do atraso.” Ressaltou a delegada sindical.

Vinilson Sombra de Albuque, presidente do núcleo do sindicato trabalhadores em saúde em Cruzeiro do Sul disse que a prefeitura vem atrasando o pagamento dos trabalhadores provisórios na área de saúde do município.

Na realidade a Prefeitura de Cruzeiro do Sul vem atrasando o pagamento dos trabalhadores provisórios, que seria o mês de novembro e de alguns trabalhadores também o mês de dezembro. Os trabalhadores que são provisórios não podem participar de movimentos que são demitidos e os trabalhadores procuraram o sindicato para tentar resolver administrativamente com o prefeito, se não conseguirmos vamos estar encaminhando a denúncia ao Ministério Público Estadual.”, disse Nilson.

O Prefeito Ilderlei Cordeiro recebeu a comissão e disse que até amanhã, 28, seria resolvido o problema dos adicionais. Mas, não indicou nenhuma solução para o pagamento dos funcionários provisórios em atraso desde novembro de 2017.


Veja o numero de ACE e ACS por Estado, clique aqui!

Fonte3dejulhonoticias.com.br / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, em  27/02/2018, às  22h36.   

🔂Síndrome de Burnout - um distúrbio psíquico de caráter depressivo...
🔂Saúde e Segurança no Trabalho: cuidados com a conjuntivite #FiqueAtento
🔂Câmara Notícia 21H: A aprovação do PL 6437/2016, que trata das atribuições dos ACS/ACE
🔂MNAS orienta Agentes de Saúde  contra Prefeituras que não pagam o Incentivo Adicional (14º
🔂 Decisão do STF sobre o uso de EPI e suas consequências





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif