segunda-feira, 9 de outubro de 2017

SINDACS/Recife atrapalha vitória dos Agentes de Saúde em Caruaru, após 3 dias de paralisação

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias de Caruaru estão revoltados com o SINDACS-PE (Recife) , após ele criar embaraços na aprovação de projeto que beneficiava os agentes. O sindicato com sede no Recife está invadindo a base do SINDACSE-PE Agreste

Após oito meses de luta dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) de Caruaru, tendo realizado diversas paralisações ao longo desses meses, tendo estabelecido uma importante vitória na obtenção de PMAQ - Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, tanto para os ACS, quanto para os ACE.

O Projeto de Lei (PL), negociado entre o SINDACSE-PE Agreste e a gestão municipal de Caruaru seria votado em regime de urgência na Câmara, contudo, o SINDACS-PE (Recife)  se uniu aos representantes dos odontólogos e enfermeiros para barrar a aprovação da proposta que beneficiava os agentes.

SINDACS-PE (Recife) está perdendo associados em sua base, no Recife. 
No vídeo, o Presidente do SINDACER, Fausto Filho, faz convocação em defesa da categoria em todo o Brasil e critica a falta de iniciativa do SINDACS-PE (Recife) 

O SINDACER nasceu devido a falta de representatividade dos Agentes de Endemias do Recife, conforme fala de seu presidente, Fausto Filho.

O SINDACS-PE (Recife)  não representa os ACS/ACE em Caruaru, embora tenha interesse, em face de perdas cada vez mais crescentes em sua arrecadação, inclusive na capital, onde esta sendo fundando mais um sindicato, no caso, dos ASACE (dominação dos agentes de combate às endemias da capital pernambucana). Para tentar criar um clima favorável, o SINDACS-PE (Recife) tenta impedir que o PL que beneficia os agentes caruaruenses seja barrado, por meio de articulações entre os vereadores, odontólogos e profissionais da enfermagem.

"Infelizmente o sindicato de Recife está prejudicando todo um trabalho que levou praticamente oito meses para ser conquistado. Realizamos diversas paralisações, formos à imprensa, lutamos muito para essa construção, porém, por pura ambição os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias caruaruenses estão sendo atropelados, desrespeitados como se fossem obrigados a ter que aceitar a imposição de uma entidade sindical, que nunca a representou na cidade. Não aceitamos esse tipo de abuso, queremos que respeitem os nossos associados e não atrapalhem os nossos avanços," comentou o presidente do SINDACSE-PE Agreste, Natalício Faustino. 

O PMAQ é um programa do governo federal que libera dinheiro para o sistema básico de saúde. O montante é administrado pelas prefeituras como forma de gratificação para os profissionais da Atenção Básica.

Como era PMAQ antes da negociação do SINDACSE-PE Agreste  
Os Odontólogos e enfermeiras recebiam R$ 1.200,00, enquanto os ACS/ACE recebiam R$ 50,00.
Após as negociações, os ACS/ACE  passam a receber R$ 130,00, além da inclusão de outros profissionais que não faziam parte da rateio. No caso dos odontólogos e enfermeiras passam a receber R$ 420,00. Agora, ACS e ACE poderão ter ainda R$ 150,00 de gratificação SUS, diferentemente do valor anterior, que era de R$ 100,00.

Infelizmente o SINDACS-PE invade uma base que não tem agentes de saúde associados, cria diversas dificuldades, tanto aos agentes comunitários, quanto aos de endemias.

Para tentar fragilizar a categoria, provocando divisões, a velha história do "DIVIDIR PARA CONQUISTAR," o sindicato de Recife está usando as redes sociais para criar ilusões, prometendo o que já está assegurado no novo Projeto de Lei encaminhado ao legislativo de Caruaru.

Fonte Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil com informações do SINDACSE-PE e TV UOL. Publicado em 09/10/2017






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...