quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Vereadores de Caruaru poderão deixar servidores sem PMAQ

Vereadores de Caruaru legislam em causa própria e poderá deixar servidores do município sem os recursos repassados pelo Governo Federal

Mais um escândalo envolvendo a Câmara Municipal de Caruaru (PE)

Após impedir a votação do Projeto de Lei do Poder Executivo, que trata sobre o PMAQ - Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, nesse caso, um benefício federal destinado aos servidores municipais de Caruaru (PE), parte do parlamento caruaruense deixa claro que não tem interesse em representar os trabalhadores.

Vereador Daniel Finizola faz oposição contra os trabalhadores em Caruaru

Uma bancada de vereadores, oposicionista ao gestor municipal, está causando obstáculos contra o PL que garante a justa partilha do PMAQ. As motivações são as mais diversas, indo desde  questões de interesses pessoais, considerando que tem relação com a redução do benefício de um dos cônjuges de um dos vereadores envolvidos, entre outros casos intrigantes. Como é o caso do vereador Daniel Finizola (PT), que, na tentativa de fazer oposição ao executivo, não se importa em prejudicar aos trabalhadores, que estão na linha de frente de sua oposição irracional. Afinal, a quem esses parlamentares representam? Como podem trabalhar contra a população dessa forma, sem um mínimo de postura que possa servir de justificativa aos absurdos, denunciados pelos servidores caruaruenses, envolvidos nessa questão.

"Estamos chocados com essa postura desses vereadores, que estão sendo contra os trabalhadores. Algo tão simples e que somente beneficia a todas as onde categorias envolvidas. Eles sabem que, não aprovando, todos os trabalhadores serão prejudicados e esses recursos que viria do Governo Federal ficará indisponível ao município, comentou Natalício Faustino, presidente do SINDACSE-PE Agreste (Sindicato que responde pelos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias de Caruaru).

Redes Integradas da Mobilização Nacional:
Vários questionamentos tem sido feito nas Redes Sociais contra a postura dos vereadores oposicionistas à justa partilha do PMAQ. No destaque, um Agente de Saúde questiona a oposição do vereador Finizola. Ele votou contra os trabalhadores, sem nunca ter lido o Projeto de Lei do PMAQ

Os vereadores tomaram partido de forma escandalosa, numa realidade em que defendem profissionais que recebem R$ 1.200,00 ao mês, em detrimento aos que recebem R$ 300,00 e R$ 50,00, além dos que nada recebem. Os vereadores defendem o benefício para apenas duas categorias (enfermeiros e odontólogos) ao invés de zelar pelas onze, contempladas no PL, enviado pelo executivo. Eles trabalham contra os trabalhadores, prejudicam a sociedade caruaruense, alimentando um escândalo nunca visto na saúde do município.

Além do vereador Daniel Finizola, também votam contra os trabalhadores:
Alberes Lopes; 
Rosael do Divinópolis; 
Hanilson Enfermeiro; 
Sérgio Siqueira; 
Marcelo Gomes; 
Bruno Lambreta e 
Lula Torres; 

Posteriormente iremos dá maiores detalhes sobre essa confusão do legislativo de Caruaru, descrevendo as supostas questões impeditivas de cada vereador.

Fonte: Sindacse/PE Agreste / Jornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, publicado em 25/10/2017, às 18h16.   

🔂Reajuste e Blindagem: Lideranças de SP, RJ e GO se articularam no fortalecimento da luta
🔂Vídeo: Carreira dos agentes de saúde foram destaques da semana
🔂Nova PNAB: Veja os Esclarecimentos da CONACS sobre o Assunto e tire suas dúvidas!





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif





Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...