sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ

Ontem, quinta-feira (26), os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às Endemias de Caruaru, cidade do Agreste pernambucano, passaram por uma verdadeira prova de fogo, na tentativa de obter a aprovação do Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo Municipal de Incentivo Financeiro de Qualidade da Atenção à Saúde, do programa de melhoria de acesso e da qualidade (PMAQ-AB). O referido benefício é custeado pelo Ministério da Saúde.

Assista aos vídeo que retrata a vitória dos ACS e ACE na Câmara de Vereadores e a vibração dessas categorias

O Projeto de Lei que garante a partilha mais justa do PMAQ-AB, foi aprovado com 16 votos favoráveis e 07 não. Conforme já noticiado no Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, houve muita polêmica em relação aos valores que os profissionais passariam a receber, uma vez que os Enfermeiros e Odontólogos deixaram de ter a prioridade no benefício, que passou a ter uma divisão mais justas, inclusive com a inclusão de profissionais que nunca receberam o PMAQ-AB no município caruaruense como é o caso do Auxiliar de Saúde Bucal, Auxiliar de Farmácia, Porteiro e Serviços Gerais.

Natalício Faustino da Silva, Presidente do SINDACSE-PE Agreste.

"Não foi fácil! Por todos os lados presenciamos levantes contra a proposta apresentada em benefício dos agentes comunitários e de endemias, além de outras categorias a ser contempladas no PL, inclusive na própria Câmara de Vereadores, que deveria lutar para garantir os nossos direitos. Felizmente a maioria dos vereadores foram sensíveis a nossa causa, mostraram que o legislativo de Caruaru tem 16 parlamentares que trabalham pelo bem da população. Lamentamos muito o absurdo feito pelos que se dizem sindicalistas, que vêm do Recife para atrapalhar as nossas conquistas em nossa cidade. Apesar de tudo isso, Deus nos deu a vitória! Os agentes de Caruaru estão de parabéns por ter sido guerreiro, por lutar até o último momento," comentou o presidente do SINDACSE-PE Agreste, Natalício Faustino da Silva.

O resultado da aprovação fez com que os Agentes Comunitários e de Endemias comemorassem.
A aprovação do Projeto garante que a Prefeitura de Caruaru continue recebendo 50% do valor enviado pelo Ministério da Saúde e utilizando os outros 50%  com várias categorias da saúde.

Redes Integradas da Mobilização Nacional:
🔂 Mega Twitter da MNAS

O SINDACS-PE (Recife), mais uma vez tentou atrapalhar a luta dos ACS/ACE, contudo, a tentativa foi frustada pelos agentes, que não aceitaram que um sindicato estranho a luta na cidade viesse impor prejuízos. Os agentes de Caruaru admitem que o sindicato recifense só vai à cidade para levar prejuízos, atrapalhando as lutas. Possivelmente esse é um dos motivos pelos quais o sindicato recifense tem perdido associados em suas bases.

"Conversamos com eles hoje, ouviram tudo que tinham pra ouvir ficaram ridicularizados quando correram para dá entrevista e a categoria aos empurrões, tiraram eles aos gritos de não nos representam," comentou o agente André Luiz Souza.

Como ficou a votação do Projeto
Votaram a favor do PL do PMAQ: Lula Torres, Leonardo Chaves, Edjailson da Caruforró, Cecílio Pedro, Duda do Vassoural, Fagner Fernandes, Galego de Lajes, Bruno Lambreta, Edmilson do Salgado, Heleno Oscar, Andrey Gouveia, Pierson Leite, Ricardo Liberato, Ítalo Henrique, Zezé Parteira, Tafarel Félix.

Os Vereadores que votaram contra os trabalhadores
Votaram contra o  PL do PMAQ: Rozael do Divinópolis, Alberes Lopes, Ranilson dos Santos, Marcelo Gomes, Sérgio Siqueira, Allysson da Farmácia e Daniel Finizola.

Com a aprovação do Projeto de Lei, a Prefeitura de Caruaru vai continuar recebendo 50% do valor enviado pelo Ministério da Saúde, e os outros 50% serão rateados entre várias categorias na área de saúde, sendo:

Como ficará o rateio dos 50% do PMAQ-AB, destinado aos trabalhadores:

Os Agentes Comunitários e de Endemias, que recebiam R$ 50,00 de gratificação, agora passarão a receber entre R$ 126,00 e R$ 250,00;

Os Técnicos em Enfermagem, que recebiam R$ 300,00 passarão a receber R$ 250,00;

O Auxiliar de Saúde Bucal, que não recebia, vai passar a receber R$ 230,27;

O Auxiliar de Farmácia, que não recebia, passará a receber R$ 88,00;

O Porteiro que não recebia, passará a receber R$ 88,00;

O trabalhador de Serviços Gerais, que não recebia, passará a receber R$ 88,00 reais; 

Os Enfermeiros, que recebiam R$ 1.200,00, passarão a receber entre R$ 447,01 e R$ 461,00;

Os Odontólogos, que recebiam R$ 1.200,00, passarão a receber R$ 461,42;

E os Médicos receberão R$ 447,01.

Confira mais imagens:



Com informações e imagens recebidas da Diretoria de Comunicação do SINDACSE-PE Agreste
FonteJornal dos Agentes de Saúde do  Brasil, publicado em 27/10/2017, às 11h43. Atualizado às 12h03.  

Matérias em destaque:
🔂Vídeo: Carreira dos agentes de saúde foram destaques da semana
🔂Nova PNAB: Veja os Esclarecimentos da CONACS sobre o Assunto e tire suas dúvidas!





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...