segunda-feira, 28 de agosto de 2017

SINDICOMUNITÁRIO-SP filia-se à Força Sindical e garante apoio de Paulinho na Câmara

O presidente do SINDICOMUNITÁRIO-SP, companheiro Jailson (esq.), conversa com Carlão da Alimentação (centro) e Paulinho da Força momentos antes de assinar a filiação. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)

Na oportunidade, o presidente da central se comprometeu a apoiar nossa categoria na PEC 22/11

O presidente do SINDICOMUNITÁRIO-SP, companheiro Jailson, e membros da diretoria executiva deram hoje, 25/08, um grande passo para o fortalecimento de nosso sindicato e da nossa luta.

Por volta das 10h30, todos foram recebidos por Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, para efetivar a filiação à Força Sindical, uma das centrais sindicais mais fortes e atuantes do País, com mais de 26 anos de história. Paulinho é presidente da central e deputado federal pelo partido Solidariedade. “Será um trabalho diferenciado e que terá todo apoio da Força Sindical”, disse o sindicalista/deputado a Jailson e aos diretores do SINDICOMUNITÁRIO-SP. Nosso sindicato representa, hoje, cerca de 40 mil trabalhadores da categoria.

Jailson entrega ofícios a Paulinho, solicitando seu apoio para a nossa luta e agilização para que a PEC 22/11 entre na pauta de votação da Câmara e seja aprovada. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)

Paulinho também falou um pouco sobre sua atuação como deputado federal em relação à Reforma Trabalhista. “Nós fizemos, até agora, todo um trabalho para que a gente possa ter uma Medida Provisória para corrigir os defeitos da Reforma Trabalhista. Um dos defeitos está na questão da contribuição sindical”, enfatizou. “Mas tem muitos problemas na Reforma Trabalhista e, se não for corrigido, eu acho que, na minha opinião, destrói grande parte do movimento sindical. Um ou outro sindicato pode sobreviver, mas a maioria não sobreviverá”, concluiu o presidente da Força Sindical.

Leia também:

Parceria e demandas

Na oportunidade, além da filiação, diversos outros assuntos de interesse dos ACS foram tratados. O principal foi em relação à PEC 22/11, que está em tramitação na Câmara dos Deputados e que fixa regras para a remuneração dos agentes comunitários de saúde (ACS) e dos agentes de combate às endemias (ACE).


Companheiro Jailson assina a ficha de filiação do Sindicomunitário-SP à Força Sindical. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)

Jailson entregou um ofício a Paulinho, na qualidade de parlamentar, onde solicita que, se possível, a bancada do Solidariedade vote favorável a íntegra do texto da PEC 22/11, “uma vez que há urgência em colocar em tramitação nesta Casa para sua votação”, segundo o documento.

Outra demanda solicitada pelo presidente do SINDICOMUNITÁRIO-SP foi que, através desta nova parceria, a Força Sindical auxilie para que o nosso sindicato possa se fortalecer cada vez mais junto a categoria e participar das atividades da central sindical, o que trará mais visibilidade e poder de negociação junto as entidades patronais.


Jailson, junto a Carlão, Paulinho e outras lideranças, exibe com orgulho o documento de filiação. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)

Jailson ainda agradeceu Paulinho por este disponibilizar sua agenda para o dia 19/09/2017, em São Paulo, para discutir com os sindicatos de ACS e ACE a organização sindical dessas categorias não apenas em nível estadual, bem como em nível nacional. “Quero dizer que estou muito feliz de vir para a Força e também tenho muito orgulho de ter você como companheiro, que já acompanho de longe, pelos ‘primeiros de maio’ da vida, pela sua luta. Como sindicalista, eu te admiro, você é uma referência e sei que vamos aprender muito”, ressaltou o companheiro Jailson.

Por fim, o presidente do SINDICOMUNITÁRIO-SP também agradeceu e elogiou o apoio do presidente do Sindicato da Alimentação de São Paulo e Região, Carlos Vicente de Oliveira, o Carlão da Alimentação. “O Carlão tem sido um amigo de todas as horas e, se não fosse por ele, talvez estivéssemos com outros companheiros e não com vocês. Fico muito feliz de ter conhecido o Carlão e através dele estou conhecendo gente da mesma qualidade que ele. Então eu queria deixar aqui meu agradecimento a ele e a toda sua diretoria”.

Diretores do Sindicomunitário-SP e da Força Sindical exibem a bandeira da central sindical. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)

Além de Paulinho da Força, a filiação do SINDICOMUNITÁRIO-SP foi recebida pelo vice-presidente, Paulo Ferrari; por Carlão da Alimentação (que é também vice-presidente da Força Sindical-SP); pelo secretário de Relações Sindicais, Geraldino dos Santos Silva; pelo 1º secretário de Relações Sindicais, Márcio Villalva; pela secretária Nacional da Mulher da Força, Maria Auxiliadora dos Santos; pelo diretor social do Sindicato da Alimentação de São Paulo, Carlos Augusto Gomes da Rocha (Serrote); pelo tesoureiro Horácio José da Rocha; e pelo assessor sindical da Força Sindical e ex-ministro do Trabalho, Rogério Magri.

No encerramento da solenidade de filiação, todos exibem a bandeira do Sindicomunitário-SP em defesa da PEC 22/11. (Foto: Erick Vizoki/Ascom-Sindicomunitário-SP)






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...