quinta-feira, 27 de julho de 2017

Filho de brasileira que salvou congressista é condecorado por Trump

David Bailey é condecorado por Trump na Casa Branca  Foto: EFE/Jim Lo Scalzo

David Bailey, ao lado de Crystal Griner, é integrante da Polícia do Capitólio e era responsável pela segurança dos congressistas durante o treino de beisebol quando houve o ataque no mês passado; o policial oi ferido pelo atirador

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, condecorou nesta quinta-feira, 27, com a Medalha de Valor no Serviço Público cinco policiais que salvaram a vida de cerca de 20 congressistas republicanos em um ataque a tiros ocorrido em junho em um campo de beisebol na Virgínia. Entre os agentes, estava David Bailey, filho da brasileira Rita Cassiano de Oliveira e de um jamaicano. 


"Vamos prestar homenagem a verdadeiros heróis, cujos valentes esforços salvaram tantas vidas em Virgínia", disse Trump, em uma cerimônia realizada na Ala Leste da Casa Branca.

O congressista republicano Steve Scalise ficou gravemente ferido no ataque. Ele recebeu alta do hospital ontem, após passar mais de um mês internado e ser submetido a várias operações. Trump definiu o parlamentar hoje como um "lutador".

O autor do ataque, um homem, de 66 anos, que tinha revelado nas redes sociais seu descontentamento com os republicanos, invadiu armado o campo de beisebol onde os republicanos treinavam para uma partida beneficente contra os democratas. Identificado como James T. Hodgkinson, foi morto pelos agentes condecorados hoje por Trump.

"O ataque de 14 de junho nos lembra que o mal segue entre nós, mas também que há heróis e nossa determinação contra os ataques é mais forte do que nunca", disse o presidente. "Louvamos as forças de segurança dos EUA por ser firme, por fazer o trabalho duro. Quero agradecer às forças de aplicação da lei", completou Trump.

Participaram da cerimônia a maior parte dos congressistas que estavam no campo de beisebol na hora do ataque. Scalise foi representado pela mulher, Jennifer. Os médicos que atenderam o parlamentar republicano também foram convidados à Casa Branca.

Trump concedeu a Medalha de Valor no Serviço Público, a maior honra do país para agentes da ordem, a Bailey e Crystal Griner, dois integrantes da Polícia do Capitólio que eram responsáveis pela segurança dos congressistas durante o treino e ficaram feridos pelo atirador.

A mesma condecoração foi dada a três agentes da Polícia de Alexandria, que chegaram como reforços após ouvirem o tiroteio - Nicole Battaglia, Kevin Jobe e Alexander Jensen. / EFE

Permitida a reprodução, desde que as fontes sejam devidamente citadas.

Fonte Estadão / Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, publicado em 27/07/17, às 22h36.

Leia outras matérias impressionantes:





https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Campanha Nacional pela Aprovação do PLC 56/17

Bem-vindo ao Canal Especial pela Aprovação do  PLC 56/2017  antigo  PL 6437/16 15/08/2017 -  Diretores do SINDICOMUNITÁRIO-SP protoc...