quarta-feira, 28 de junho de 2017

TABLETs: Novo aplicativo amplia trabalho dos agentes comunitários de saúde

Novos tablets foram entregues pela gestão aos agentes comunitários de saúde.

Como forma de facilitar o processo de trabalho, além de extinguir fichas de papel, permitindo coletar informações individualizadas de forma rápida e eficiente, agentes comunitários de Plácido de Castro receberam tablets com o aplicativo e-SUS AB Território.

Desenvolvido pelo Ministério da Saúde para ser utilizado por agentes comunitários de saúde, o aplicativo permite avaliar e acompanhar o processo de trabalho da Atenção Básica, pois fortalece os processos de gestão dos usuários, facilita busca de informações epidemiológicas de forma ágil e evidencia problemas e características particulares de cada comunidade.

Desde o início da implantação do e-SUS que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), por meio da Divisão de Atenção Primária, incentiva as gestões municipais à evolução do cenário do sistema, para trazer mais conforto aos profissionais, garantindo fidedignidade nos dados coletados e, posteriormente, um banco de dados confiável.

Leia as matérias em destaque:
🔂Acompanhe o nosso Canal no Youtube, acesse aqui!

A Sesacre presta assessoria às prefeituras desde a compra dos tablets, que devem ter uma configuração específica, implantação do aplicativo enviado pelo MS e capacitação dos profissionais.

Assim foi em Plácido de Castro, onde a gestão municipal de saúde, visando a melhoria do acesso e da qualidade dos serviços de saúde oferecidos à população, entregou 57 tablets com o aplicativo devidamente instalado.

“Este momento é um grande avanço na evolução do Sistema de Informação da Atenção Básica. Um dispositivo que leva em conta aspectos relacionados ao conforto, a segurança e a usabilidade da ferramenta dentro do processo de trabalho do agente comunitário de Saúde. Estamos trabalhando essa conscientização com os demais municípios para que também possam evoluir neste cenário”, relata o técnico responsável pelo eSUS-AB Luciano Monteiro da Divisão de Atenção Primária/Saúde da Família, que acompanhou todo o processo de compra dos equipamentos, instalação do aplicativo e capacitação a respeito do uso.

Autorizada a reprodução deste texto, desde que as suas fontes sejam citadas!

Fonte  www.agencia.ac.gov.br / Publicado no Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil  em 28/06/17, às 10h12.

Leia Também:
🔂Agentes de Saúde: Adicional de Insalubridade será debatido em Audiência Pública no Ceará
Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...