quinta-feira, 1 de junho de 2017

Agentes de saúde recebem diárias de R$ 300 para fazer o trabalho dos agentes de endemias

Vereador Isaías dos Santos (ACE Isaías de Diogo)

Na manhã dessa quinta-feira, (01/06/17), a diretoria do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil recebeu notícias de grande relevância, vinda de Feira de Santana (BA). Segundo tais informações os  agente comunitários de saúde estão recebendo diárias de R$ 300,00 por realizar o trabalho de atribuição dos agentes de combate às endemias (ACE). 
Apesar do aspecto positivo da notícia o caso é mais delicado do que se possa imaginar, já que os endemias recebem apenas o valor líquido de R$ 1.200,00 por mês.   

O problema da questão
Segundo o vereador Isaías dos Santos, que é filiado ao PSC- Partido Social Cristão, em discurso proferido ontem pela manhã (quarta-feira), na Câmara Municipal de Vereadores de Feira de Santana, repercutiu a matéria publicada num determinado site, intitulada “Agentes de saúde ganham diárias de R$ 300,00”, descrevendo a notícia de que os agentes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) estão recebendo os citados valores para realizar o trabalho que integra as atribuições dos agentes de combate às endemias.


Na tribuna o vereador comentou: “Esse pessoal da Funasa ganha R$ 300 por dia, enquanto os agente de endemias ganha líquido R$ 1.200,00 por mês. Muitos estão com o nome no SPC. Este salário não é suficiente para o profissional sobreviver. Peço a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, que selecione e faça um rodízio entre os agentes de endemias e utilize este dinheiro com a categoria, ao invés de solicitar dos agentes da Funasa a realização do trabalho”, comentou o parlamentar.

A preocupação do vereador Isaías, que é agente de combate às endemias por profissão, é que os ACE tenham os salários melhorados, já que recebem muito abaixo da realidade apresentada no município. O parlamentar também fez essa mesma revelação no ano passado, contudo, não houve mudança alguma. 

Notadamente os referidos pagamentos não são eventuais, antes pelo contrário, retrata uma possibilidade do município em melhorar os salários dos trabalhadores que atual na prevenção de endemias, no município. 

Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil Publicado em 01/06/17, às 11h26. 

Leia Também:
🔂 O que é assédio Moral e o que não é...
🔂Agente Comunitário e esposa foram encontrados mortos
🔂Extrema violência marcaram manifestações das Centrais Sindicais em Brasília
🔂Agentes de Saúde e Endemias de Caruaru tem negociação com o Governo Municipal
🔂Terceira parada do ano: Agentes de saúde param por cinco dias e só retornam após decisão
🔂Conass: tenta descaracterizar proposta que pode salvar os Agentes de Saúde (ACS/ACE)
🔂Vídeo: Bandidos se passam por agentes de saúde para aplicar golpe na população
🔂Depois de articulação da categoria, agentes comunitários e de endemias terão reajuste de 10%
🔂No Recife, agentes comunitários e de combate às endemias debateram a proposta do PL 6.437/16
🔂Reação contra a Tentativa de extinção dos Agentes Comunitários e de combate às endemias
🔂Agente de Saúde: Saiba como garantir o seu “Reajuste do Piso Nacional”
🔂CÂMARA: Projeto pode unificar atribuições de agentes comunitários, diz sindicalista
🔂PL 6437/16: Acompanhe as Audiências sobre as Novas Atribuições dos Agentes de Saúde
🔂O trabalho dos agentes de saúde gera uma economia mensal de quase 4 bi aos cofres públicos
Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Campanha Nacional pela Aprovação do PLC 56/17

Bem-vindo ao Canal Especial pela Aprovação do  PLC 56/2017  antigo  PL 6437/16 15/08/2017 -  Diretores do SINDICOMUNITÁRIO-SP protoc...