quarta-feira, 24 de maio de 2017

Agentes de Saúde participam de manifestações contra as reformas do governo Temer

Bandeira do SINACS/RJ no topo do carro de som. Agentes de Saúde estiveram representados nas manifestações contra as Reformas da Previdência e Trabalhistas

Enquanto na Câmara dos Deputados os Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lutavam para aprovação do  Projeto de Lei 6787/16, na Comissão Especial, mais adiante, outra luta se travava. Esta contra a aprovação das Reformas Trabalhistas, precisamente o Projeto de Lei 6787/16

Em um grande esforço conjunto, Agentes Comunitários de Saúde de vários estados, mobilizaram-se contra as reformas que sendo aprovadas, trarão enormes prejuízos aos trabalhadores.
A MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde e SINACS/RJ - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, participaram das marchas em defesa dos direitos dos trabalhadores, tando dos Agentes de Saúde, quanto dos demais profissionais dos mais diversos seguimentos.

Destacamos a atuação de João Carlos de Freitas (Diretor de Mídia do SINACS/RJ) e Luciana de Freitas (Diretora de Assuntos Sindicais do SINACS/RJ) pela forma de como cobriram o evento, interagindo, produzindo material e conduzindo ações com ampla responsabilidade.

Não podemos permitir que os deputados e senadores promovam essa destruição de nossos direitos, sem que lutemos para impedir, comentou Francisco Vilela,” coordenador da MNAS Sudeste e presidente do SINACS/RJ.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, foi estimado em 25 mil o número de participantes do protesto organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, centrais sindicais e entidades estudantis. Alguns parlamentares também se juntaram ao ato contra as Reformas Trabalhista e contra o presidente Michel Temer.

Leia os destaques:
🔂Projeto de Lei 6.437/2016: Trata do perfil profissional dos ACS e ACE

"Sob a coordenação das centrais sindicais, mais de 100 mil trabalhadores de todo o Brasil realizaram, nesta quarta-feira, 24, em Brasília, a maior marcha de protesto já vista contra as propostas de reformas para as legislações trabalhista e previdenciária elaboradas pelo governo.
Foi uma manifestação pacífica e organizada, mas forte o suficiente para atrair a atenção de toda a mídia brasileira e boa parte da atenção internacional (...)," comentou Paulo Pereira da Silva – Presidente da Força Sindical

Hoje (24/05), representação da MNAS e SINACS/RJ participam de manifestação em Brasília contra as Reformas Trabalhistas

No mês passado o projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados com o placar de 296 votos favoráveis a 177 contrários. Além disso, o plenário da Câmara aprovou, no dia 26/04, o substitutivo de Rogério Marinho (PSDB-RN) que trata da reforma trabalhista e altera cerca de cem pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O texto promove alterações na legislação trabalhista, principalmente na relação entre empregado e empregador.

As reformas significam “insuportável volume de prejuízos” por isso “não podem ser aprovadas”, entende o presidente da FETIAESC Miguel Padilha. “É uma desumanidade o que querem fazer com aqueles que produziram e com os que continuam trabalhando para fazer o país crescer”, acrescenta o presidente da Força Sindical de Santa Catarina, Osvaldo Olavio Mafra.

Confira as fotos do evento:

 























Fotos: João Carlos de Freitas (diretor de mídia do SINACS/RJ)  e Luciana de Freitas (Diretora de Assuntos Sindicais do SINACS/RJ).

Fonte:  Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil Publicado em 24/05/17, às 22h32.

Leia Também:
🔂SINDSAÚDE GO discute melhorias para agentes de saúde e endemias em Bonfinópolis
🔂Vídeo: Bandidos se passam por agentes de saúde para aplicar golpe na população 
🔂Formação de agentes comunitários de saúde será discutida em Santa Catarina
🔂Comissão especial debate na Assembleia do Pará as atribuições dos agentes de saúdel
🔂AUDIÊNCIA PÚBLICA: ALPB debate direitos dos agentes de saúde e endemias
🔂Depois de articulação da categoria, agentes comunitários e de endemias terão reajuste de 10%
🔂No Recife, agentes comunitários e de combate às endemias debateram a proposta do PL 6.437/16
🔂Reação contra a Tentativa de extinção dos Agentes Comunitários e de combate às endemias
🔂Agente de Saúde: Saiba como garantir o seu “Reajuste do Piso Nacional”
🔂CÂMARA: Projeto pode unificar atribuições de agentes comunitários, diz sindicalista
🔂PL 6437/16: Acompanhe as Audiências sobre as Novas Atribuições dos Agentes de Saúde
🔂Conass: tenta descaracterizar proposta que pode salvar os Agentes de Saúde (ACS/ACE)
🔂Piauí: Agentes de Saúde lotam auditórios em Audiência Pública

Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


O seu Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil agradece pelos 7.000.000 de consultas

Em 2013, quando uma postagem do Jornal, versão Facebook, atingiu 1.480.000 (um milhão, quatrocentos e oitenta mil) acessos ficou evidente...