domingo, 12 de fevereiro de 2017

Reajuste do Piso e Desprecarização: São 3 anos Sem Reajuste e mais de 200.000 agentes sob contratação precária. Será que não chegou a hora de UNIR as forças?

Convocamos a todas as instituições representativas para UNIDAS acabar com essa vergonha, que é o congelamento do "Piso Nacional" e a contratação precária! 

VOCÊ APOIA OU É CONTRA? 
Use a caixa de diálogo do Facebook para dar a sua OPINIÃO! Ela fica logo abaixo desta postagem.


São 3 anos Sem o Reajuste do “Piso Nacional.” Chegou a hora de Acabar com essa VERGONHA!

A muito tempo que a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde convida a todas as instituições que representam a categoria no Brasil a se unirem nas duas princiapis pautas da categoria de ACS/ACE: todos juntos pelo REAJUSTE DO PISO NACIONAL e desprecarização dos contratos de trabalho.

Uma realidade que choca:
🔂 DIGITAR as Fichas do e-SUS Não é integra as atribuições dos Agentes Comunitários de Saúde
🔂 WhatsApp MNAS: Agentes de saúde rebem rendimentos de R$ 5.239,02 
🔂 WhatsApp: Estados brasileiros ganham grupos da MNAS
🔂 Coletânea de Leis do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil
🔂 Lista dos Municípios que Pagam o Incentivo Adicional (14º salário) aos ACS/ACE
🔂 A História da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
🔂 Sem consultar a categoria: Deputado apresenta Projeto que amplia o trabalho dos Agentes de Saúde (ACS e ACE)

Enquanto 2 de cada 3 agentes de saúde (ACS ou ACE) estiverem escravizados pela contratação precária (um tipo de contrato que estabelece um tempo tempo determinado na prestação de serviços) toda a categoria estará fragilizada. Desde 2006 que tal modelo de contratação é proibida no país, mas, apesar das diversas leis vigentes, somada a negligência das instituições que deveriam acabar com "esse tipo de escravidão" continuam produzindo os seus males. Com este tipo de contratação é mais fácil os maus administradores públicos, maus gestores, controlar a luta da categoria por melhores condições de trabalho, assim como dá as instituições que negligenciam a defesa de tais direitos um pseudo domínio da situação, alimentando uma constante dependência dos trabalhadores as articulações dessas entidades.

Esta não é a 1ª vez que realizamos esse chamado! É preciso unir forças, diferentemente de sermos usados como "objetos" por grupos de interesses políticos. Sabemos quem representa a categoria e quem tenta usá-la para fins meramente "eleitoreiros."

É hora de deixar o "EGO" de lado e buscar fazer um trabalho de excelência, verdadeiramente representativo, em defesa dos interesses da coletividade. De interesse dos trabalhadores Agentes de Saúde (ACS/ACE).


Use a CAIXA de diálogo abaixo e deixe a SUA mensagem de MOTIVAÇÃO aos Colegas!

Não dá para aceitar essas duas vergonhas em nosso país, além dos três anos sem reajuste, mais de 200.000 trabalhadores em situação de contratação precária, mesmo existindo um rol de leis criminalizando o contrato precário. É preciso dá um basta, chega de faz de conta!
Todos juntos: Comissões formada pela categoria, Sindicatos, Associações, Federações, Confederações e Centrais Sindicais.

Fiquem atentos as chamadas dos Parceiros dessa Grande Mobilização Nacional! Esta Mobilização Começa Agora!

Não é possível que as entidades que se dizem representar os Agentes de Saúde (Agentes Comunitários e de Combate às Endemias) permaneçam distante desse momento que requer união! Somente juntos, sem bandeira institucional dentro da categoria é possível avançarmos contra esses 3 anos sem REAJUSTE DO PISO e os mais de 10 anos sem a DESPRECARIZAÇÃO DOS CONTRATOS. A situação está insuportável para os trabalhadores. Deixemos de lado todo o embaraço e foquemos nesses 2 pontos cruciais para o fortalecimento de nossa luta nacional!

Somente juntos podemos avançar e atingir os nossos objetivos!

Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, publicado em 24/01/2017.

Leia matérias completas:

Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


O seu Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil agradece pelos 7.000.000 de consultas

Em 2013, quando uma postagem do Jornal, versão Facebook, atingiu 1.480.000 (um milhão, quatrocentos e oitenta mil) acessos ficou evidente...