segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Articulação tenta impedir campanha da Mobilização Nacional pelo Reajuste do Piso e Desprecarização da categoria

 Matéria sobre a Campanha da Mobilização Nacional pelo Reajuste do Piso e Desprecarização da categoria motivou a prática de Cyber Crimes no WhatsApp

Uma notícia lamentável alcançou os Agentes de Saúde do Brasil, no último final de semana. A quase um mês da MNAS – Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde iniciar a Campanha Nacional em Defesa do Reajuste do Piso Nacional e pela Desprecarização dos Contratos dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de combate às Endemias. A notícia que chocou estas duas categorias remete a campanha de difamação investida contra o coordenador nacional da MNAS, Samuel Camêlo.

Grupo roubado da MNAS por meliantes. Antes o grupo se chamava Jornal dos ACS e ACE do Brasil. Vejam que o nome do grupo foi mudado, contudo, o nome do criador continua.

Essa não é a primeira vez que esse tipo de ação criminosa é realizada, antes, apenas alguns meliantes, orientados por um pseudo blogueiros de salvador. Com inveja pelos milhões de consultas do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil (ferramenta administrada pela coordenação da MNAS). Felizmente a própria categoria se encarregou de desmascarar os responsáveis pelos crimes. Na ocasião as nossas bases de trabalho cresceram de forma gigantesca. É isso mesmo, não há nem como mensurar o tamanho do crescimento que tivemos. Afinal, apenas pessoas imaturas caem em contos de fofoca criadas para tentar diminuir o potencial de alguém. 

Publicação frequente, sempre que qualquer pessoa mal intencionada tenta desfazer do trabalho realizado pela Mobilização Nacional. 

Veja mais reproduções do WhatsApp no final dessa matéria, inclusive de vários estados...

Dessa vez, com o envolvimento do mesmo grupo de meliantes, contudo, foi identificado a participação de um presidente sindical baiano, flagrado em plena ação, realizando os atos qualificados pelo ordenamento penal brasileiro como crime.


Será coincidência que a aproximadamente um mês do início da campanha nacional pelo Reajuste do Piso Nacional e derrubada dos contratos precários, na mesma semana em que a Mobilização Nacional sugeriu uma reunião em Alagoas, o vice-presidente de um sindicato baiano passa a atacar a coordenação da MNAS? Quais os interesses em impedir que a luta pela categoria seja ampliada? 

Publicação feita ontem, no Grupo Lideranças ACS e ACE, administrado pelo coordenador da MNAS. A publicação causou indignação e manifestações em solidariedade ao administrador do grupo.

Por que tais pessoas tentam impedir que a Mobilização Nacional dê continuidade à Campanha? Qual a relação entre os atos criminosos, o sindicato e a entidade a que o sindicato é filiado?

Todos os dados que envolve os eventos acima estão sendo colhidos para que as devidas providências legais sejam tomadas. Para que seja evitado contaminação processual, evitamos citar o nome dos meliantes envolvidos no crime descrito nessa matéria.

A campanha pelas referidas bandeiras de luta serão mantidas e até mesmo ampliadas!

Juntos Somos Mais Fortes!


Confira algumas das manifestações de apoio ao trabalho do coordenador da MNAS













A coordenação da MNAS agradece ao amigos que manifestaram solidariedade ao trabalho da mobilização. As demais mensagens ficam armazenadas uma maravilhosa recordação dos que sabem a importância da motivação! Um grande abraço, Samuel Camêlo.

Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, publicado em 06/02/2017, às 15h40.


Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Campanha Nacional pela Aprovação do PLC 56/17

Bem-vindo ao Canal Especial pela Aprovação do  PLC 56/2017  antigo  PL 6437/16 15/08/2017 -  Diretores do SINDICOMUNITÁRIO-SP protoc...