quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Agentes de Saúde realizam protesto contra atrasos salariais

Foto: Agentes de Saúde reunidos para tratar sobre não garantia de direitos por parte da gestão (Campina Grande/ PB)

Quase que diariamente a Rede de Grupos da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde tem recebido pedido de socorro em decorrência de deficiência da administração pública, em sua maioria, municipal. A citada Rede é formada por uma série de ferramentas sociais que envolve o Facebook, Twitter, instagram, Pinterest, YouTubeGoogle+, WhatsApp etc. Os relatos de abusos são enviados principalmente por meio dos Grupos de WhatsApp.

Notadamente a categoria de Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate às Endemias tem se fortalecido cada vez mais com interação por meio dessas redes sociais.

Quanto a predominância dos abusos denunciados pelos agentes estão a falta de pagamento de salários e, em segundo plano, estão as negligências quanto ao pagamento de benefícios garantidos por lei. Como é o caso do Incentivo Adicional, geralmente pago no final de ano. Valor repassado pelo FNS – Fundo Nacional de Saúde aos municípios e estados, justamente com tal finalidade.


O PMAQ tem como objetivo incentivar a melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos aos cidadãos nas Unidades Básicas de Saúde. Foto de Mais PB. 

Há incidência também no que diz respeito ao pagamento do PMAQ (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica), direito suprimido em todos os estados brasileiros, nos mais diversos municípios e que também tem sido motivo de manifestações por parte da categoria. Foi o que publicamos em relação aos Agentes da capital paraibana (João Pessoa).

No caso da Prefeitura de Agrestina (PE), as informações repassadas pela categoria informavam que a gestão havia divulgado que somente pagaria os salários dos Endemias em março/2017.  Mesmo tendo pago aos Agentes Comunitários, após publicação de matéria, aqui no Jornal.

Outra situação de grande impacto noticiado pela redação do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil foi a dos Agentes de Saúde de Serra Talhada, em péssimas condições de trabalho.

Recentemente obtivemos informações de que os Agentes de Campina Grande (PB)  realizaram um protesto no dia 27 de dezembro, contra os atrasos salariais da gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), além da reivindicação do incentivo adicional entre outras pautas. Ocasião em que o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Borborema (Sintab), Giovanni Freire, alertou a categoria para não imaginar que o incentivo adicional funciona como um décimo quarto, devido o valor ser abaixo do piso. Ele também sugeriu que os Agentes Comunitários devem pressionar a prefeitura pelo repasse.

Em face a esses contatos a MNAS acaba de criar algumas comunidades virtuais no Facebook. Saiba mais, clique aqui!


Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


O seu Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil agradece pelos 7.000.000 de consultas

Em 2013, quando uma postagem do Jornal, versão Facebook, atingiu 1.480.000 (um milhão, quatrocentos e oitenta mil) acessos ficou evidente...