sábado, 3 de dezembro de 2016

Agentes de saúde pode ter rendimentos de até R$ 5.239,02

Agente de Saúde do Distrito Federal lutam pelo reajuste salarial 2016

Debates dos Grupos da Rede MNAS, nos Estados, revelam rendimentos de até R$ 5.239,02 pagos aos Agentes de Saúde

Logo após a ampliação das atividades da MNAS – Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE)  no WhatsApp, o fluxo de informações e interatividade dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) do Brasil se fortaleceu. Com o compartilhamento de informações sobre a realidade da categoria nos mais diversos municípios e estados, além dos frequentes debates da Rede MNAS. Os caso considerados de relevância excepcional, tiveram destaque com intermediação de Samuel Camêlo, coordenador Nacional da MNAS.


Copia do contracheque de agente de Aparecida. Clique para ampliar!

Temas em evidência
A valorização dos Agentes com reconhecimento prático, evidenciados numa remuneração razoável, além do pagamento de todos os direitos atribuídos aos ACS/ACE. O que a categoria não sabia era que há grande incidência de garantia de direitos nos municípios, estabelecidos por meio de articulação entre a categoria e a administração pública municipal. Uma clara evidência de que as negociações realizadas nos municípios continuam rendendo bons frutos. Como foi caso dos Agentes de Aparecida (PB). Os agentes dessa cidade ficaram em evidência nacionalmente, logo após o Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil (www.agentesdesaúde.com.br), um dos maiores veículos de informação voltado aos agentes de saúde, divulgar o rendimentos de R$ 3.330,80, pago à categoria. O Jornal publicou uma cópia do contracheque com a descrição dos rendimentos.


Diário Oficial do Distrito Federal com informações sobre salário base até 2015.  

Salários e vantagens do ACS/ACE (AVA) em Brasília
Dessa vez o valor total dos rendimentos recebidos pelos agentes de saúde chega a R$ 5.239,02 (Cinco mil, duzentos e trinta e nove reais e dois centavos). Ao fazer o levantamento dessas informações percebemos que o valor está atualizado até 2015, ou seja, não está incluso o reajuste de 2016.

Em Destaque:
Descrição dos Valores recebidos pelos colegas do DF
Conforme as informações obtidas em primeira mão pelo Jornal, o Salário base atualizado em 2015, foi de R$ 3.264,51, além de Insalubridade: 10% (326,51); Gratificação por titularidade: 30% (R$ 953,00); Formação superior, Pós-graduação, mestrado, doutorado: 10% (326,51). Para os trabalhadores com filho, ainda há um acréscimo: R$ 95,00, somado a esses valores o Vale Alimentação de R$ 600,00. Totalizando um rendimento de R$ 5.239,02. Além desses valores, a categoria está negociando o Incentivo Adicional.

A valorização está acontecendo todos os dias
Os exemplos compartilhados na Rede Interativa da Mobilização Nacional mostra que a valorização da categoria (ACS/ACE) é uma realidade e só depende da articulação nos municípios. Nenhuma conquista acontece sem essa articulação, que envolve união, planejamento e foco. Salários com correção anual, insalubridade, aposentadoria especial etc., estão garantidos em conformidade com o ordenamento jurídico que existe em nosso país. É preciso apenas se apropriar desses benefícios.

É importante destacar que essa projeção está enquadrada no Plano de Cargos e Carreira, portanto, o valor recebido pela categoria obedecerá o enquadramento do referido Plano!

Por Samuel Camêlo - Coordenador Geral da MNAS e diretor do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil – www.agentesdesaude.com.br atualizado em 03/12/2016, às 23h24



Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


05/10: Dia de Manifestação Nacional dos Agentes de Saúde nos Municípios

No dia Nacional dos  Agentes Comunitários de Saúde a categoria se prepara para mais uma Grande Mobilização Nacional VÍDEO: Agent...