sexta-feira, 11 de novembro de 2016

11 de novembro: AACES defende os agentes de saúde na Paralisação Nacional

Em Salvador, já é conhecida a intransigência do prefeito ACM Neto

A Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces) participa da Paralisação Nacional, hoje, dia 11, contra a PEC 55, que está em tramitação no Senado. Essa emenda constitucional prevê um limite nos gastos públicos que vai atingir as áreas da saúde e da educação. Dessa forma, a população carente do país será a mais atingida.

A mobilização também é uma resposta clara dos brasileiros contra o governo Temer e todas as suas tentativas de cortar os direitos da classe trabalhadora.

Em Salvador, já é conhecida a intransigência do prefeito ACM Neto, além da desvalorização que a sua gestão implantou na capital baiana contra os servidores públicos, seja descumprindo a lei ao não reajustar o salário dos trabalhadores, seja nos cortes do ponto. A Aaces, no entanto, não se amedronta e, junto com o Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps), vai representar e defender os direitos dos agentes de saúde.

Fonte/Divulgação: www.forcasindicalbahia.org.br / Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil

Em 6 meses os Agentes de Saúde do Brasil retroagiram o equivalente a 10 anos de luta
MNAS reforça campanha pela Efetivação dos 200 mil agentes no Portal com mais de 43.693.033 

Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif