domingo, 23 de outubro de 2016

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias realizam paralisação em PE

Agentes de Saúde e de Combate às Endemias realizaram paralisação em Petrolina 
(Foto: Isa Mendes/ TV Grande Rio)

Paralisação aconteceu na última quarta-feira (18), em Petrolina, PE.
Uma assembleia foi realizada na sede da associação

Os Agentes de Saúde e de Combate às Endemias de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, realizaram nesta quarta-feira (18), uma paralisação de advertência. A ação faz parte de um movimento nacional. A adesão a parada foi oficializada no dia 13 de maio pelos servidores do município.

Em Petrolina, os profissionais estiveram reunidos em uma assembleia na sede da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde (Acosap), no bairro Antônio Cassimiro, Zona Norte da cidade. A categoria reivindica reajuste salarial de R$ 1.014 para R$ 1.250, além da implantação do Plano de Cargos e Carreiras e Vencimentos. Segundo os servidores, a luta por melhorias já dura dois anos no município.

As propostas apresentadas durante a reunião serão entregues aos prefeito, Julio Lossio. Atualmente Petrolina conta com 132 Agentes Combate às Endemias e 458 Agentes Comunitários de Saúde.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina afirmou que o ato de paralisação dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias é nacional e em prol do reajuste salarial, sendo de competência do Governo Federal.

Ainda de acordo com a Secretaria, o Plano de Cargos e Carreiras será entregue ao governo executivo municipal e posteriormente analisado.

Fonte: Do G1 Petrolina



Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif