sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Prefeito de Terra Nova deve pagar piso salarial aos agentes de saúde

O prefeito Milton José Toniazzo, multado em 6 UPFs/MT, terá que cumprir a determinação feita pelo relator do processo, conselheiro Valter Albano (foto acima)...

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sindacs/MT) denunciou a Prefeitura Municipal de Terra Nova do Norte ao Tribunal de Contas pelo não pagamento do piso salarial dos agentes, nos termos da Lei Federal nº 12.994/2014. O TCE-MT averiguou que o município descumpriu a legislação federal durante 22 meses, apropriando-se indevidamente dos recursos financeiros que deveriam ser destinados aos trabalhadores.

Com a denúncia julgada procedente na sessão da 2ª Câmara de Julgamento do dia 31, o prefeito Milton José Toniazzo, multado em 6UPFs/MT, terá que cumprir a determinação feita pelo relator do processo, conselheiro Valter Albano, de elaborar, no prazo de 60 dias, um planejamento sobre o pagamento dos valores retroativos devidos aos agentes. O conselheiro também alertou o gestor para que sejam consideradas suas disponibilidades orçamentárias e financeiras, de modo a enquadrar a despesa nos parâmetros da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Leia matérias completas:
Se você pudesse dá uma NOTA ao seu PREFEITO, qual daria?
Agentes Comunitários e de Combate a Endemias retomam a greve em Campina Grande
Ação da Frente Parlamentar resulta na criação de Conselho aos Agentes de Saúde
Agentes de Saúde e outros servidores públicos de Jaboatão realizaram manifestação
Servidores e agentes de saúde se unem em ato pelo reajuste salarial
Agentes de Saúde poderá comprar moto isento de imposto
Efetivação de todos os Agentes de Saúde do Brasil
Curso gratuito em Gestão Pública em Saúde - UNASUS/UFMA
Agentes de saúde (ACS/ACE) lançam candidatura e buscam fortalecer a luta da categoria
Expectativa de que novo adicional poderá dobrar o salário dos Agentes de Saúde 
Agentes Comunitários e de Endemias expressam o desejo da garantia do Incentivo Adicional
MNAS reforça campanha pela Efetivação dos 200 mil agentes no Portal com mais de 43.693.033 membros ao redor do mundo
Justiça determina que Prefeitura de Monte Negro pague o Piso Nacional aos agentes de saúde
Ajuda de custo de R$ 300: Nova lei institui ajuda de custo para agentes de saúde

Em sua defesa, Toniazzo informou a edição da Lei Complementar Municipal nº 45/2016, em atendimento às determinações da legislação federal, pagando, a partir daí, o piso remuneratório à categoria. Entretanto, a citada lei foi editada somente em 2016 sendo que a lei federal, que institui piso salarial profissional nacional e diretrizes para o plano de carreira dessa categoria, é de 2014.

O assunto foi amplamente discutido pelo Pleno, durante o julgamento do processo, diante do fato de que o piso salarial é o mesmo estabelecido em todo o país, não atendendo, assim, às demandas dos municípios de pequeno porte. "São quase seis mil municípios e 26 Estados, mais o Distrito Federal. Como é que podemos estar fixando piso salarial, limite nacional ou vincular parcelas de receita para cumprir os limites nacionais em um país com tamanha diversidade? Essa carreira, por exemplo, é de se discutir. Mesmo assim, o Tribunal de Contas está cumprindo a lei", opinou Albano.

Fonte/Divulgação: Tribunal de Contas de Mato Grosso e Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil


Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif