terça-feira, 30 de agosto de 2016

Uma em cada três crianças está acima do peso no Brasil, diz IBGE

Ter uma rotina alimentar ajuda a alcançar a boa nutrição quando alimentos saudáveis são escolhidos

Dia a dia corrido, pais trabalhando fora, muita coisa para fazer e pouco tempo para cuidar dos filhos. Nesse cenário, a alimentação acaba ficando em segundo plano, e a opção acaba sendo pelos lanches mais práticos, e não pelos mais saudáveis, o que tem gerado um quadro de obesidade infantil.

Uma em cada três crianças brasileiras está acima do peso. "Ter uma rotina alimentar ajuda a alcançar a boa nutrição quando alimentos saudáveis são escolhidos, prevenindo a obesidade já que a alimentação em horários não programados induz a um consumo maior de alimentos", afirma o pediatra Vanderlei Szauter, do Hospital e Maternidade São Cristóvão.

Leia Também:
11 coisas que você vai sentir falta quando o seu bebê crescer
Dicas para aproveitar os pequenos momentos com seus filhos com qualidade
Os gestos do seu bebê dizem muito! Saiba como entender!
Orgulho! Veja 9 coisas que seu bebê aprende todo dia e você nem imagina
Após 30 anos de pesquisa, vacina contra esquistossomose chega ao SUS em 3 anos
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão

Dicas de alimentação infantil
Crie uma rotina alimentar para os filhos

A alimentação em horários não programados induz a um consumo maior de alimentos. Sem a rotina organizada, a criança pode passar muitas horas sem se alimentar, o que não é desejável, pois quando ela vai comer, tende a mastigar muito depressa e em grande quantidade, não atentando com a qualidade.

Não é recomendável esconder os alimentos no preparo...


Ensine a criança a importância de consumir alimentos saudáveis

Quando a criança não quer comer alimentos saudáveis alegando que o sabor não é tão agradável, é importante que seja explicado a ela a importância nutricional daquele alimento, de acordo com a faixa etária. Por exemplo, para crianças menores os pais podem relacionar determinados alimentos a algum personagem de desenho animado que aprecie um alimento específico saudável, como um ratinho que aprecie queijo. Já para as crianças maiores, pode-se explicar como um todo, lembrando que o melhor aprendizado é o exemplo dado pelos pais.

Não inclua alimentos sem que a criança saiba

Não é recomendável esconder os alimentos no preparo. Eles devem ser aprontados de forma a não serem camuflados, pois o processo de aprendizagem também passa pela coerência dos pais em não enganarem seus filhos. Explicações devem ser sempre dadas e é importante alinhar os sabores e temperos e que a comida tenha uma boa apresentação.



Defina quem será responsável pela alimentação da criança

Várias pessoas alimentando uma criança pode provocar uma desordem na nutrição. Para evitar que a criança coma mais do que o necessário e haja um balanço nutricional na alimentação diária dela, é importante que haja uma conversa entre os cuidadores para que todos alinhem entre si como será sua rotina alimentar, mantendo-a por meio de um controle diário simples, possibilitando que todos os envolvidos saibam o que já foi administrado no dia. Estas medidas são necessárias já que cada pessoa tem uma forma de enxergar o processo de alimentação de uma criança, finaliza o pediatra. Fonte: www.vix.com





Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif