quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Operação Ronda Maria da Penha faz integração com agentes de saúde de Juazeiro

A mobilização da ORMP, em parceria com a Secretaria de Saúde de Juazeiro, buscou agregar os agentes de saúde à rede de atendimento à mulher vítima de violência


Na presença de membros do Ministério Público da Bahia (MPBA) e da Justiça, de entidades civis ligadas à proteção da mulher e de secretarias municipais, o coronel Alfredo Nascimento, titular do Comando de Policiamento Regional Norte (CPRN), presidiu o evento de integração entre a Operação Ronda Maria da Penha (ORMP) e agentes comunitários de saúde de Juazeiro (BA). O encontro aconteceu ontem (3), no Espaço Multi-eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

A mobilização da ORMP, em parceria com a Secretaria de Saúde de Juazeiro, buscou agregar os agentes de saúde à rede de atendimento à mulher vítima de violência, informando e discutindo formas de atuação nestes casos. O coronel Alfredo Nascimento destacou a importância da mulher, e da participação de todos os membros da rede, na repressão de crimes contra o sexo feminino.

Leia matérias completas:
ANASA Garante Articulação para a votação do PLS 210/2015
DF reduz mortalidade materna em 2015 e atinge meta da ONU para o país
MODELO: Agentes de Saúde Modelo de Requerer Incentivos Adicionais
14º salário: Prefeitura de Sousa é derrotada na justiça pelos ACS's e terá que pagar R$ 1 milhão
O que fazer para garantir que o gestor municipal repasse o incentivo adicional (14º)  ACS?
Agentes de saúde (ACS/ACE) lançam candidatura e buscam fortalecer a luta da categoria
São Paulo: Coordenador da MNAS participa da Oficina Nacional de Elaboração de Diretrizes...
Expectativa de que novo adicional poderá dobrar o salário dos Agentes de Saúde 
Agentes Comunitários e de Endemias expressam o desejo da garantia do Incentivo Adicional
Prefeitura alerta população para golpe do falso agente de saúde 
Mais uma Agente de Saúde sofre tentativa de homicídio, dessa vez em São Miguel dos Campos
MNAS reforça campanha pela Efetivação dos 200 mil agentes no Portal com mais de 43.693.033 membros ao redor do mundo
Ajuda de custo de R$ 300: Nova lei institui ajuda de custo para agentes de saúde

A tenente Nadjane, comandante da ORMP em Juazeiro, explicou o funcionamento da operação e explanou sobre dados estatísticos de acompanhamento de mulheres vítimas de violência. A ORMP faz parte do programa de comando ‘Um Norte para Todos do CPRN’, e tem como objetivo o acompanhamento das medidas protetivas junto à vítima e ao agressor.

Funcionamento

A ORMP funciona através do acompanhamento da mulher em sua residência, com visitas constantes e aleatórias, visando ao monitoramento das medidas protetivas e, consequentemente, inibição de nova conduta do agressor, podendo efetuar prisões em flagrante, em caso de descumprimento das medidas, além de dar cumprimento a mandados de justiça em razão de prisões preventivas decretadas. Atua também através de palestras a fim de evitar o delito e busca ativa das mulheres em diversos bairros de cidade. ”Assumi a pouco tempo minhas funções, mas estou muito feliz em observar o trabalho da Ronda Maria da Penha”, destacou Haroldo Carlos, juiz da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. (foto/divulgação)

Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, por Carlos Britto por Carlos Britto - 4/08/2016 às 15:02






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif