sábado, 18 de junho de 2016

Empresário ensina moradora de rua a ler na hora do almoço

Depois de descobrir o drama de vida de Amy Joe, o empresário decidiu ajudá-la de maneira nobre.

Além da refeição, o que você faz de proveitoso no seu horário de almoço? Greg Smith, que mora em Orlando, EUA, aproveita o intervalo no trabalho para ensinar uma moradora de rua a ler.

Ele soube que em vez de comprar comida com o dinheiro que recebia, a mulher alugava livros para aprender a ler. Desde então, Greg a ajuda em seu horário de almoço.

“[Isso] me destruiu! Ela prefere ler para talvez arrumar um emprego do que comer!”, explicou ele.

“Fui abençoado com pais incríveis e com uma família que sempre teve recursos para me prover tudo o que eu quis fazer. Não foi assim com Amy Joe.”

Meia hora de aula

Desde o final do mês de abril, às terças, Smith lê com Amy Joe um livro emprestado da biblioteca.

Nos outros dias da semana, ela estuda por conta própria. “Em meia ou uma hora, vejo como ela é uma pessoa positiva, mesmo que não tenha nada”, conta.

Greg também ajudou Amy no visual. Levou a mulher para cortar os cabelos, comprar roupas novas… nasceu uma amizade entre eles.

Ajuda

Apesar de Smith ajudar Amy Joe com a leitura desde que a conheceu, ele afirma que há outras pessoas que também precisam de ajuda.

Por isso, ele decidiu criar uma página no GoFoundMe para dar início à Amy Joe Foundation.

Quero poder ajudar todas as pessoas, seja doando comida ou roupas”, disse em entrevista à “ABC News”.

Ainda segundo o canal de televisão norte-americano, ele procurou um advogado para estruturar a entidade e decidiu que o slogan da fundação será: “Uma pessoa por vez”.

Com informações da ABCNews e UOL

Leia outras matérias impressionantes totalmente completas:
Vacinação contra o câncer: Estudo prova ser possível criação de vacina anticâncer
Desempregado acha R$ 7 mil, devolve e tem oferta de emprego
Homem se recupera após píton morder seu pênis na Tailândia
Brasil é o terceiro país mais ignorante do mundo
Mulher é levada ao hospital com tubarão preso ao braço na Flórida
5 professores que marcaram a educação brasileira
O que fazer com a educação pública? 3 lições para São Paulo
7 "fatos" científicos que você aprendeu errado na escola
A Holanda reconhece: legalizar maconha foi erro
Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios
Chikungunya pode causar artrite crônica, meningite e inflamação no coração
Teresina/PI: Hanseníase e tuberculose: 400 agentes de saúde contraíram doenças de pacientes
Em hospital, maqueiro canta para acalmar paciente idosa
WhatsApp: como evitar o download automático de vídeos e fotos 
Saiba o que significa o cadeado que agora aparece no WhatsApp 
Pai coloca filho recém-nascido à venda em site 
Incontinência Urinári 
Igreja faz mutirão e reforma posto de saúde em RO
ONG Holandesa promove abortos no Brasil para vítimas do Zika Vírus
10 casos inacreditáveis de negligência médica que beiram o absurdo






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif