quinta-feira, 26 de maio de 2016

Prefeitura cria plano de carreira para agentes de saúde de Chapadinha (MA)

Projeto de lei regulamenta o plano de cargo, carreira e salário dos agentes comunitários e endemias de Chapadinha

Chapadinha (MA) – A prefeita Ducilene Belezinha (PRB-MA) assinou, na última semana, projeto de lei que define a criação do plano de cargos, carreira e salários dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes Comunitários de Endemias (ACE) do município de Chapadinha.

A cidade foi a primeira do Estado do Maranhão a atender a solicitação da classe que ocorreu de forma satisfatória no dia 18, data em a categoria se manifesta pelo país cobrando melhorias, dentre as quais, reajuste salarial.

Veja também:
CNM, CONASS e CONASEMS têm interesse em manter as Portarias 958/959 
Ministério da Saúde convoca os Agentes de Saúde para debater as Portarias 958/959/2016
Agentes de saúde pedem revogação de portaria que desobriga municípios de contratá-los
‘Retirar o ACS das Equipes de Saúde da Família é um retrocesso no modelo de Atenção Básica...
A MNAS presta esclarecimentos sobre a Portaria 958 e 959
Agentes comunitários e de combate às endemias  Reclamam de atraso em bonificação
Benefícios para agentes de saúde são aprovados em comissão 
Paralisação Nacional Fortalece a luta dos Agentes de Saúde. Propostas divulgadas no Diário da União não é Lei Regulamentada
Agentes de saúde de Santa Maria da Boa Vista – PE aderem à Paralisação Nacional 
Agentes de Saúde de Feira de Santana se preparam para paralisação nacional do dia 18 de maio
A Pressão que vem da notícia: Mais um município passa a garantir o Incentivo aos Agentes de Saúde
Em greve, agentes de saúde cobram mediação do MP para conseguir melhorias
MNAS se posiciona contra a proposta do Coren-MG de acabar com os Agentes Comunitários 
Teresina/PI: Hanseníase e tuberculose: 400 agentes de saúde contraíram doenças de pacientes

O projeto da republicana foi encaminhado na segunda-feira (23) à Câmara Municipal em regime simples de urgência, propondo garantias conquistadas pela classe que inclui abono, insalubridade, progressões, entre outros. “Fico feliz por termos chegado até aqui de forma dialogada. O nosso objetivo é que os direitos de ambos os servidores sejam atendidos. Agora, iremos aguardar a aprovação do legislativo”, defendeu Ducilene Belezinha.

O evento de assinatura da proposta contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Allan Monteles; o secretário municipal de Infraestrutura, Aluísio Santos; o advogado Natanael representante jurídico do Sindicato Regional dos ACS; o presidente do Sindicato dos ACS da Regional de Chapadinha, Josivaldo Arouche Cardoso; o vice-presidente da Associação dos ACS do município, Gomecino Gonçalves Farias; o secretário municipal de Administração, Ilmar Mota; equipe contábil da administração municipal; e uma comissão dos Agentes Comunitários de Saúde de Chapadinha.

Texto: Agência PRB Nacional, com informações da Ascom – Prefeitura de Chapadinha
Foto: Cedida






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif