sábado, 28 de maio de 2016

Homem se recupera após píton morder seu pênis na Tailândia

Atthaporn Boonmakchuay, 38, foi mordido no pênis por uma píton de 3 m de comprimento

Um tailandês, que foi mordido no pênis por uma píton de três metros de comprimento escondida no vaso sanitário de sua casa, se recuperava neste sábado, segundo os funcionários do hospital onde está internado.

Atthaporn Boonmakchuay, de 38 anos, viveu um pesadelo ao ser atacado por uma píton que se escondia nas tubulações do banheiro de sua casa, na província de Chachoengsao, a leste de Bangcoc.

“Seu ferimento dói menos e ele pode urinar normalmente”, declarou à AFP Rungnapa Sehawong, uma funcionária do hospital local Chularat 11.

O homem está sob o efeito de antibióticos e está previsto que deixe o hospital em alguns dias, acrescentou.

Em uma entrevista concedida a várias redes locais a partir de sua cama no hospital, Atthaporn explicou com um sorriso o incidente, registrado na quarta-feira.

Segundo ele, o vaso sanitário parecia vazio quando se sentou para fazer suas necessidades. Repentinamente a píton “emergiu do vaso e me mordeu”, explicou, acrescentando que pegou a cobra para evitar que ela o puxasse para baixo.

“No início pensei que meu pênis tinha ido embora porque (a mordida) foi realmente muito forte”, insistiu.

Mas por fim conseguiu abrir a mandíbula da píton, antes que sua esposa e um vizinho se lançassem sobre ela para cobrir sua cabeça com um saco plástico.

Uma equipe de emergência se dirigiu posteriormente ao local para retirar a píton do vaso. O animal posteriormente foi libertado em uma zona afastada, segundo os meios de comunicação locais.

Fonte: Revista IstoÉ

LEIA TAMBÉM:
Desempregado acha R$ 7 mil, devolve e tem oferta de emprego
Brasil é o terceiro país mais ignorante do mundo
Mulher é levada ao hospital com tubarão preso ao braço na Flórida
5 professores que marcaram a educação brasileira
O que fazer com a educação pública? 3 lições para São Paulo
7 "fatos" científicos que você aprendeu errado na escola
A Holanda reconhece: legalizar maconha foi erro
Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios
Chikungunya pode causar artrite crônica, meningite e inflamação no coração
Teresina/PI: Hanseníase e tuberculose: 400 agentes de saúde contraíram doenças de pacientes
Em hospital, maqueiro canta para acalmar paciente idosa
WhatsApp: como evitar o download automático de vídeos e fotos 
Saiba o que significa o cadeado que agora aparece no WhatsApp 
Pai coloca filho recém-nascido à venda em site 
Incontinência Urinári 
Igreja faz mutirão e reforma posto de saúde em RO
ONG Holandesa promove abortos no Brasil para vítimas do Zika Vírus
10 casos inacreditáveis de negligência médica que beiram o absurdo






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif