quarta-feira, 11 de maio de 2016

Criminosos furtam crachás de agentes comunitários de saúde e a Prefeitura emitiu um alerta

Informações divulgadas pela Prefeitura de Campo Grande 

A Prefeitura de Campo Grande/MS emitiu um importante alerta à população, em relação a ação de criminosos, que podem se passar por agentes de saúde para entrar nas residências.

Segundo informações publicadas no Portal Campo Grande News, Ladrões arrombaram o Centro Comunitário do bairro Rita Vieira e levaram várias bolsas, crachás e roupas dos agentes comunitários. O furto ocorreu entre a noite do último domingo e manhã de segunda-feira, de acordo com a Prefeitura.

Veja também:
Benefícios para agentes de saúde são aprovados em comissão 
Paralisação Nacional Fortalece a luta dos Agentes de Saúde. Propostas divulgadas no Diário da União não é Lei Regulamentada
Agentes de saúde de Santa Maria da Boa Vista – PE aderem à Paralisação Nacional 
Agentes de Saúde de Feira de Santana se preparam para paralisação nacional do dia 18 de maio
A Pressão que vem da notícia: Mais um município passa a garantir o Incentivo aos Agentes de Saúde
Em greve, agentes de saúde cobram mediação do MP para conseguir melhorias
MNAS se posiciona contra a proposta do Coren-MG de acabar com os Agentes Comunitários 
Teresina/PI: Hanseníase e tuberculose: 400 agentes de saúde contraíram doenças de pacientes
Efetivação, reajuste salarial e pagamento de retroativo: Agentes de Parintins comemoram conquistas
Iguatu/CE: Agentes de saúde garantem o Incentivo Adicional (14º) após paralisação
Após críticas da MNAS, mais um município pagou o 14º Salário (Incentivo Adicional)
Agentes de Itapajéalém do 14º, têm garantido um incentivo mensal de 50%...
Prefeitura de Guaraciaba do Norte garante o pagamento do 14º dos Agentes Comunitários

Os responsáveis pelo Centro Comunitário fizeram Boletim de Ocorrência (BO). Em face dessa situação, a prefeitura orienta que as pessoas fiquem atentas a situações anormais, por exemplo, como visitas de agentes desconhecidos, uma vez que geralmente esses agentes já são conhecidos pela população; horários fora da rotina e também ausência de documentos. É fundamental que as pessoas solicitem os documentos antes de abrir as suas portas.

Os agentes não atuam, por exemplo, no fim da tarde ou no período noturno. Em caso de desconfiança, a orientação é ligar para o 190.






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif