terça-feira, 5 de abril de 2016

FALSO AGENTE: PM prende mulher que se passava por agente de saúde para cometer furtos em Paraíso

De acordo com a PM, a maneira de agir da suspeita era chegar à residência para averiguar o perfil da vítima

A Polícia Militar realizou na tarde da última sexta-feira, a prisão de uma mulher suspeita de se passar por agente de saúde para furtar casas de vítimas idosas em São Sebastião do Paraíso. A mulher, identificada como Franciele, agia na companhia de outras duas suspeitas, que até o fechamento desta matéria, estavam foragidas.

A ação que resultou na prisão da autora, aconteceu na rua Antônio Rodrigues da Silveira, no bairro Vila Formosa, onde, após coagir uma vítima idosa, foi pega por vizinhos que prestaram socorro ao perceber que ele estava sendo vítima de um golpe.

Veja também:
2ª Grande Mobilização Nacional da Saúde
Salgueiro deve substituir agentes de saúde contratados temporariamente por aprovados em concurso
Recife: Lideranças dos Agentes de Saúde defendem o Pagamento do Incentivo para todo o Brasil
Iguatu/CE: Agentes de saúde garantem o Incentivo Adicional (14º) após paralisação
Após críticas da MNAS, mais um município pagou o 14º Salário (Incentivo Adicional)
Agentes de Itapajéalém do 14º, têm garantido um incentivo mensal de 50%...
Prefeitura de Guaraciaba do Norte garante o pagamento do 14º dos Agentes Comunitários
Agentes de Caruaru (PE) conseguem garantir às 30h. semanais na justiça
MNAS declara que o MS prejudicou o Brasil ao diminuir o número de ACE's
Portaria 2031/15: Garante 14º aos Agentes de Combate às Endemias
Proposta dá adicional de insalubridade a agentes. Minha Casa Minha Vida está na pauta
Camocim/CE anuncia "Piso Nacional" e doação de motos aos Agentes Comunitários de Saúde
Vídeo: Coordenador da MNAS fala ao Canal Saúde/Fiocruz sobre o descontentamento

De acordo com o cabo da Polícia Militar, Heder Câmara, a maneira de agir da suspeita era chegar à residência para averiguar o perfil da vítima: “Se fosse alguém mais jovem, apenas pedia um copo d’agua e se retirava, quando ela percebia que a vítima tinha uma idade mais avançava, passava-se por agente de saúde e que estaria prestando serviço de vacinação a pessoa idosa”, explica o militar.

Conforme o cabo Câmara, nesse momento ela pedia para entrar e deixava as outras companheiras do lado de fora, assim que ela constatava que estava tudo tranquilo, elas adentravam a residência e praticavam os furtos. “Tudo leva a crer que elas já tiveram participação em crimes da mesma natureza. Hoje houve grave ameaça a vítima e vai ser registrado um roubo tentado. A princípio ela disse que as outras suspeitas eram do estado de São Paulo, mas durante verificação, se constatou que elas são residentes da cidade”, assinala Câmara.

De acordo com a PM, as outras duas suspeitas fugiram em um carro Eco Sport prata, da Ford, com placa de Ribeirão Preto. Até o fechamento desta matéria, não foram localizadas. O cabo Câmara pede ainda que a população que tenha passado por um golpe semelhante, procurar a 20ª Companhia de Polícia Militar Independente, para fazer o reconhecimento. “Houve outros casos na cidade e em muitos casos a população deixa de fazer o registro da ocorrência. E que a população fique atenta a esse tipo de prática”, completa.

João Oliveira
SAO SEBASTIAO DO PARAISO
www.jornaldosudoeste.com.br

 




https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif