terça-feira, 15 de março de 2016

SINDACSE/PE: Agentes de saúde de Cupira/PE fazem parada de advertência em prol de garantia de direitos trabalhistas

SINDACSE/PE tem fortalecido a luta dos agentes no estado de Pernambuco

O SINDACSE/PE - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias da Mata Sul de Pernambuco, sob a presidência de Natalício Faustino,  em assembleia extraordinária na cidade de Cupira/PE, deliberou uma parada de advertência da categoria por 24 horas no próximo dia 16, quarta-feira. A decisão atende os interesses da categoria, considerando a situação divergente entre os interesses dos trabalhadores e a do gestor municipal.

Categoria de ACS/ACE está motivada com possibilidade de melhorias de sua condição de trabalho

As principais reivindicações dos agentes remetem a melhoria salarial, adicional de insalubridade, PMAQ e cumprimento do repasse do Piso dos Agentes de Combate às Endemias, além do incentivo adicional das duas categorias.

Agentes decidem por parada de advertência

Leia outras publicações:
Governadores anunciam parcerias para combater o mosquito
14º: Agentes de saúde de Pacatuba cobram na Assembleia volta de incentivo
TCE anula efetivação de agentes de saúde de Cuiabá
Incentivo Adicional (14º): Agentes de Saúde de Pacatuba mantém greve
Prefeitura de Aquiraz/CE cria gratificação extra para os Agentes de Saúde 
SINDAS/RN na luta para garantir o 14º aos Agentes de Saúde de Riachuelo-RN e São Tomé-RN
 Agentes de saúde receberão bônus de R$ 200 a para combater aedes aegypti
Agentes de saúde receberão bonificação para intensificar combate ao mosquito da dengue
O que os Gestores não Querem que os Agentes de Saúde Saibam...
Pesquisa realizada pela MNAS: Prefeitura que PAGARAM o Incentivo Adicional (14º)
Após críticas da MNAS, mais um município pagou o 14º Salário (Incentivo Adicional)
Agentes de Itapajéalém do 14º, têm garantido um incentivo mensal de 50%...
Prefeitura de Guaraciaba do Norte garante o pagamento do 14º dos Agentes Comunitários

O presidente do SINDACSE/PE é enfático em defender que os agentes estão abertos ao diálogo. O interesse defendido não tem projeção além do que a legislação trabalhista garante aos agentes de saúde, antes pelo contrário, busca-se garantir os direitos estabelecidos em lei.
Fonte: Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil com informações do SINDACSE/PE








https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif