quinta-feira, 3 de março de 2016

14º: Agentes de saúde de Pacatuba cobram na Assembleia volta de incentivo

Em greve desde o dia 22 de fevereiro, cerca de 60 profissionais ocupam a Câmara de Vereadores de Pacatuba

Um grupo formado por cerca de 40 agentes de saúde do município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza, realizou protesto, na manhã de ontem, contra a Prefeitura da cidade. Elas querem o retorno de um incentivo financeiro mensal enviado pelo Ministério da Saúde (MS). A pasta manda um adicional para o trabalho das profissionais no valor igual ao piso: R$ 1.014. As agentes querem que um percentual desse valor seja adicionado aos salários.

As profissionais foram recebidas pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Os deputados estaduais Walter Cavalcante (PMDB), Leonardo Araújo (PMDB), José Ailton Brasil (PP), Leonardo Araújo (PMDB), Roberto Mesquita (PV) criticaram a postura do prefeito Alexandre Magno Alencar. “Como um gestor pode fazer um ato desse em plena crise da Saúde e do mosquito Aedes aegypti? Vai na contramão da luta nacional”, comentou o deputado Leonardo Araújo.

Leia outras publicações:
TCE anula efetivação de agentes de saúde de Cuiabá
Incentivo Adicional (14º): Agentes de Saúde de Pacatuba mantém greve
Agente de saúde da Prefeitura de BH é detida durante ação de combate à dengue 
Prefeitura de Aquiraz/CE cria gratificação extra para os Agentes de Saúde 
SINDAS/RN na luta para garantir o 14º aos Agentes de Saúde de Riachuelo-RN e São Tomé-RN
 Agentes de saúde receberão bônus de R$ 200 a para combater aedes aegypti
Agentes de saúde receberão bonificação para intensificar combate ao mosquito da dengue
O que os Gestores não Querem que os Agentes de Saúde Saibam...
Pesquisa realizada pela MNAS: Prefeitura que PAGARAM o Incentivo Adicional (14º)
Após críticas da MNAS, mais um município pagou o 14º Salário (Incentivo Adicional)
Agentes de Itapajéalém do 14º, têm garantido um incentivo mensal de 50%...
Prefeitura de Guaraciaba do Norte garante o pagamento do 14º dos Agentes Comunitários
Vídeo: Coordenador da MNAS fala ao Canal Saúde/Fiocruz sobre o descontentamento

Desde janeiro de 2014, as profissionais não recebem o valor adicional. Em greve desde o dia 22 de fevereiro, cerca de 60 profissionais ocupam a Câmara de Vereadores de Pacatuba. Hoje, o município de Pacatuba conta com 115 profissionais da categoria.

Ele quer tirar um trabalho tão importante em plena crise do mosquito. Pacatuba tem casos suspeitos de microcefalia”, informou Marjory Romão, presidente da Associação das Agentes de Saúde de Pacatuba. O POVO tentou contato com o prefeito Pacatuba por oito vezes, na tarde de ontem, mas as ligações não foram atendidas.

Saiba mais

Os agentes de Saúde são funcionários contratados pelos municípios, mas pagos pelo Estado. Desde 2008, o Governo do Ceará resolveu tornar estadual a remuneração, que passou a ser de acordo com o piso da categoria, de R$ 1.014. O POVO tentou contato com a assessoria de comunicação do Ministério da Saúde, mas não houve resposta. Fonte: Jornal de Hoje






https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif