terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Crianças que passam mais tempo com o pai são mais inteligentes

 A pesquisa envolveu 11 mil pessoas, homens e mulheres

Um estudo britânico concluiu que uma forte presença paterna nos primeiros anos de vida não só aumenta o QI das crianças como melhora as perspetivas de carreira no futuro

Para o estudo, foram observados mais de 11 mil cidadãos britânicos, homens e mulheres. Às mães, os investigadores da Universidade de Newcastle perguntaram com que frequência os pais participavam em atividades com os filhos, incluindo leitura, passeios e "tempo de qualidade", no geral.

As conclusões, publicadas na Revista Evolution and Human Behaviour, mostram que as crianças que passaram mais tempo com o pai tinham um QI mais elevado do que as que recebiam menos atenção paterna. E as diferenças continuavam visíveis aos 42 anos.

Os investigadores sublinham, no entanto, que para obter este efeito não basta que os pais vivam juntos, é necessário que o pai esteja ativamente envolvido na vida dos filhos.

Fonte: Revista Visão


Veja também:
O homem está destruindo o seu próprio habitat
Acesse a nossa coletânea de leis!
DESCASO DO HOMEM COM A NATUREZA
Você sabia que o óleo de cozinha é um dos produtos domésticos mais danosos ao #meioambiente?
Usar benzodiazepínicos, como o Rivotril, por mais de três meses aumenta risco de demência
O paradoxo do nosso tempo
'Coram Nobis' – antes tarde do que nunca?
R$ 100 mil: Câmara paga por pareceres copiados da internet
O paradoxo do nosso tempo







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!



https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif


Agentes Comunitários de Saúde de Caruaru aprovam novo valor de PMAQ

Agentes Comunitários e de Combate às Endemias lotam a Câmara de Caruaru para garantir novo valor do PMAQ Ontem, quinta-feira (26), os ...