sábado, 31 de outubro de 2015

Mobilização Nacional nas Redes Sociais

Conheça algumas das ações da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde nas Redes Sociais

  Saiba o valor que o seu município recebeu o Repasse do Governo Federal 

 

  PLS 210/2015: Agentes de Saúde tem reforço na Mobilização de Brasília 

ANASA e MNAS unidas por novas conquistas para os ACS/ACE brasileiros. Após definição de estratégia entre as duas instituições, os gabinetes dos senadores foram visitados em prol do apoio ao PLS 210/2015 

ANASA - Associação Nacional dos Agentes de Saúde esteve hoje, 03/08,  no Senado Federal em defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Brasil e da aprovação do PLS 210/2015, conforme estratégia definida conjuntamente com a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde. Leia a matéria completa, Clique aqui!
03/08/2016.






Repórter da Agência Brasil - Por Aline Leal 

A jornalista da Agência Brasil, Aline Leal, entrevistou na tarde de hoje, 13/06, o  coordenador geral da Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde do Brasil. A entrevista teve como objetivo esclarecer o episódio envolvendo as duas Portarias assinadas pelo ministro interino Agenor Álvares, em 10 de maio. Estas que praticamente extinguia a existência dos Agentes Comunitários de Saúde, os substituindo por técnicos em enfermagem. Continue lendo!






"As Portarias 958 e 959 não só são insubsistentes como são arbitrárias e expressam uma postura vergonhosa, por parte dos responsáveis por elas! Prejudicam toda uma classe de trabalhadores, por mera negligência e, de igual modo, a sociedade a que ela integra. Busquem melhorar a qualidade da Saúde Pública Brasileira, usando meios legítimos. Esperamos que corrijam essa postura vergonhosa! Mensagem publicada na página do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde." Samuel Camêlo, coordenador da MNAS

A Coordenação Nacional da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde do Brasil, se posiciona contra a reação do CONASEMS e CONASS, em face da Portaria GM 1.132/2016. Esta que tornou insubsistentes as Portarias 958 e 959 (cuja finalidade era extinguir a existência dos agentes comunitários de saúde).

As Portarias 958 e 959 não só são  insubsistentes como são arbitrárias e expressam uma postura vergonhosa, por parte dos responsáveis por ela! Inclua-se nesse contexto o Governo que produziu essa aberração de natureza jurídica. Prejudicar toda uma classe de trabalhadores por mera negligência, mesmo quando todos os índices produzidos por ela são favoráveis, é um crime inexprimível e imensurável à aplicabilidade de pena, dentro do ordenamento jurídico. Não há como qualificar essa aberração produzida pela gestão irresponsável! Continue lendo!







Odorico Monteiro é 2º vice-presidente da Comissão de Seguridade Social

Prevista para a próxima quarta-feira,  8 de junho, a audiência reunirá representantes dos trabalhadores para debater a situação criada pelo Governo Dilma com as Portarias 958 e 959, do Ministério da Saúde.

O deputado federal Odorico Monteiro (PROS/CE) protocolou no final do mês passado um requerimento de audiência pública na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara para discutir os impactos das Portarias do Ministério da Saúde no trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate a Endemias (ACE), conforme divulgação anterior feita pelo Jornal dos Agentes de Saúde do BrasilContinue lendo!







A MNAS, que já vem atuando para manter todos os agentes de saúde do Brasil informados sobre os últimos acontecimentos sobre as Portarias 958/959, cria este canal de informação. Saiba mais!
Publicado também no Twitter - YouTube - Facebook - Google+ - Pinterest 


A partir de hoje, qualquer agente de saúde (ACS ou ACE) poderá se manter informados sobre a luta contra as duas Portarias (958/959), criadas pelo Governo Dilma para substituir os Agentes Comunitários. É bom lembrar que esse mesmo governo tentou reduzir o quantitativo de Agentes de Combate às Edemias nacionalmente.

Você ACS/ACE também pode enviar as suas informações usando a caixa de diálogo abaixo. Disponibilizamos essa ferramentas para que você possa interagir, se informar e também compartilhar informações! 

Maiores interessados em manter essas Portarias: CONASS, CONASEMS, CNM e COREN.
Continue lendo!






CONASEMS tenta descaracterizar direito do Agentes de Saúde (ACS’s e ACE’s)

O Conselho Nacional dos Secretários Municipais em Saúde - CONASEMS, em resposta às matérias publicadas pelo Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, estas, sob responsabilidade da MNAS (Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde) tenta descaracterizar o direito dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) em relação ao incentivo Adicional.

Certamente que a diretoria executiva do CONASEMS não está investindo a sua preciosa atenção em algo que seja mero boato ou esteja a margem do regramento jurídico de nosso país, antes pelo contrário, essa instituição tenta garantir que quase um bilhão de reais cheguem ao seu destino final, ou seja, aos ACS’s e ACE’s.  Para tentar criar uma espécie de “nuvem jurídica” a não existência do Incentivo Adicional, o Conselho inicia o chamada “NOTA: NOVOS REGRAMENTOS RELATIVOS AOS ACS E ACE E O 14º SALÁRIO...” Continue lendo!

 







JOSÉ AGENOR ALVÁRES DA SILVA.  ex-ministro da Saúde e ex-diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi responsável pela publicação das portarias criadas durante o Governo Dilma

O Conselho Federal de Enfermagem (CONFEN) ficou otimista com a possibilidade de substituição dos agentes comunitários de saúde (ACS) por técnicos em enfermagem. Nesse otimismo ele não está sozinho, afinal, conta com o apoio da  Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASEMS) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS). Continue lendo!



 


Discurso do deputado Valtenir traz além da problemática que inviabiliza a publicação das portarias 958/959, a necessidade de se discutir o assunto com a sociedade.

Hoje, 24 de maio, por volta das 21h., se encerraram os debates envolvendo as Portarias 958/959, editadas durante o Governo Dilma. Atendendo ao chamamento do Ministério da Saúde, conforme o oficio nº 13/2016-DAB/SAS/MS, estiveram presentes representação da CONACS, CONASS, CONASEMS, FNP, CNM, Comissão de Seguridade Social e Família e a FENASCE. Por fim, segundo o que nos interessa, diante da vergonhosa proposta de substituir os Agentes Comunitários de Saúde por técnicos em enfermagem, questão que foi exaustivamente debatida, ficando claro que o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS), o  Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e o  Confederação Nacional de Municípios (CNM) manifestaram interesse em manter as citadas portarias. Ficando claro a que interesses elas representam!  Continue lendo!







CONACS defendendo a necessidade de revogação imediata das Portarias

A Confederação Nacional dos ACS’s e ACE’s (CONACS) defendendo a necessidade de revogação imediata daquelas que representam um abuso às conquistas dos Agentes de Saúde de todo o Brasil. Os deputados federais Raimundo Gomes de Matos (PSDB/CE), Odorico Monteiro (PROS/CE), Luiz Henrique Mandetta (DEM//MS), Antônio Brito (PSD/BA), Luiz Gonzaga Patriota (PSB/PE) e Valtenir Pereira (PMDB/MT) fortaleceram a reivindicação. Após longo debate, se alcançou um consenso comum a todos, ou seja, da existência da necessidade de se discutir as Portarias 958 e 959 com a representação dos Agentes de Saúde. As portarias foram suspendidas até serem discutidas e alteradas. O Ministério da Saúde se posicionou, assumindo o compromisso com todos os Agentes do país, de até terça-feira (31/05) emitir uma nota oficial, fazendo ciente aos gestores e quem interessar. Continue lendo!



Pressão que vem do Fundo Nacional da Saúde: E como ficam os Agentes?




Pressão: Fundo Nacional da Saúde está avisando em seu portal

Fundo Nacional da Saúde mais uma vez ameça não efetuar o repasse dos recursos destinados ao custeio dos Agentes Comunitários de Saúde na conta das Prefeituras. Em matéria anterior, divulgada aqui, no Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, a MNAS  esclareceu o que está acontecendo, contudo, até o momento não houve um posicionamento da União que flexibilizasse a situação.

A leitura que se faz é que os agentes estão sujeitos as alterações salariais, que, na verdade, alguns prefeitos já fazem, não pagando o valor repassado pelo Ministério da Saúde. Este, por sua vez, tem sido omisso até o momento, não fazendo com que a Lei 12.994/14 seja cumprida.
A verdade é que a categoria está vivenciando uma lamentável situação de terror!




Quase 15.000 assinaturas foram recolhidas para fortalecer a aprovação do PLS 270/2006, que instituiu a Lei 12.994/14. 

 A MNAS coordenou diversas ações em defesa da aprovação do PLS 270/2006, inclusive manifestações integradas pelas redes sociais. 

 

 

A Mobilização Nacional convocou a categoria para o 1º OCUPE à página da Presidente Dilma durante a COPA do Mundo

A MNAS inicia o 1º #OCUPE à fanpage (página do Facebook) da presidente Dilma Rousseff  Acesse a página da presidente em: www.facebook.com/SiteDilmaRousseff 

A MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) lançou hoje na FanPage do Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil o 1º #OCUPE à fanpage (página do Facebook) da presidente Dilma Rousseff, com o objetivo de focar a sanção presidencial ao PLS 270/2006, que garante o "Piso Nacional" dos mais de 323 mil Agentes Comunitários de Saúde e de combate às Endemias. O projeto já foi aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, só falta a sanção da presidente.




Seja um Coordenador Municipal Estadual da Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde

Venha fazer parte das fileiras da Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE). Clique aqui para enviar o seu cadastro!



17 Estados Brasileiros Terão Novos Coordenadores da MNAS

Conforme o Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil havia divulgado anteriormente, a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde receberá reforço. Pelo menos 17 estados brasileiros serão contemplados com novos coordenadores municipais da Mobilização. Os estados contemplados são: Pernambuco, Bahia, Alagoas, Rio grande do Norte, Ceará, Paraíba, Maranhão, Sergipe, Paraná, Pará, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás. Veja aqui!

 


Curvelândia: cidade com 4.886 habitantes, PAGOU O "PISO NACIONAL"

Curvelândia/Mato Grosso: cidade com 4.886 habitantes, segundo dados demográficos do IBGE, PAGOU O "PISO NACIONAL."



Plenário pode votar hoje projeto que suspende conselhos populares

Deputados também poderão votar MP que altera regras do setor elétrico.

Câmara realiza nesta semana esforço concentrado para votação de propostas. Às 14h30, líderes se reúnem na Presidência da Câmara para discutir pauta de votações.



Incentivo ("14º Salário"): Ainda deverá ser pago este ano!

 
 ARTHUR CHIORO
  Os Agentes de Saúde cujo perfil está enquadrado no que estabelece a Portaria 314/2014, tem direito ao incentivo adicional, chamado de "14º Salário," foi o que defendeu o Coordenador Nacional da MNAS, Samuel Camêlo, no WhatsApp associado a instituição...



Agentes de Saúde (ACS/ACE): Nova Lei do Repasse Nacional deixa brechas para demissões em massa

Agentes de Saúde manifestam-se contra o desligamento de 310 trabalhadores/as.

Esta matéria é uma denúncia sobre o que pode ocorrer com os mais de 200 mil Agentes Comunitários (ACS) e de Endemias (ACE) do Brasil, ou seja, demissões em massa, simplesmente por serem contratados temporários (não podemos deixar de referendar que a lei 11.350/2006 estabelece critérios que possibilitam que esses trabalhadores sejam submetidos a seleção pública, sem a obrigatoriedade do concurso público)...





MNAS envia recado à Prefeita de Euclides da Cunha/BA

Prefeita de Euclides da Cunha/BA, Fátima Nunes (PSD/BA).

A coordenação da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) deseja saber por que a Prefeita de Euclides da Cunha/BA, Fátima Nunes (PSD/BA) está negando o Repasse do Governo Federal, no valor de R$ 1,014,00 por trabalhador, ao Agentes de Saúde. Será que ela não sabe que, se o município está recebendo o REPASSE, tem que pagar aos trabalhadores/as? O REPASSE está garantido em lei, portanto, deve ser integralmente repassado aos Agentes de Saúde!






Boicote aos Parlamentares: Mobilização Nacional Convoca todos os Agentes de Saúde do Brasil

Fabricaram um falso Piso Nacional para evitar o nosso BOICOTE. Agora chegou a hora de mostrarmos a nossa força. Apoio parlamentar, apenas as novas candidaturas (a quem nunca teve mandato de deputado ou senador)...



Saiba se o seu município recebeu o dinheiro do Repasse mensal para pagar os Agentes de Saúde

Comunidade Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde ACS/ACE atinge mais de 40.000 membros e um nível de debate incomparável. Acesse aqui!

A única comunidade que está interligada com as demais mídias sociais da MNAS, administrada diretamente pela coordenação nacional da Mobilização. Venha fazer parte, convide os colegas de seu município e compartilhe a luta que a categoria vivencia. Saiba como os colegas da comunidade estão superando as barreiras impostas pelas gestores municipais, além de outras questões peculiares da rotina da categoria...




Brasil bate recorde em homicídios e fica em sétimo lugar entre 100 países


As maiores vítimas das mortes brutais são negros, o que ainda mostra a desigualdade. Foram 41.127 negros mortos, em 2012, e 14.928 brancos.

A cada dia, 154 pessoas morreram, em média, vítimas de homicídio no Brasil, em 2012. Ao todo, foram 56.337 pessoas que perderam a vida assassinadas, 7% a mais do que em 2011. Os dados são do Mapa da Violência 2014, que mostra um crescimento de 13,4% de registros desse tipo de morte em comparação com o número obtido em 2002. O percentual é um pouco maior que o de crescimento da população total do país: 11,1%...




FNS transfere R$ 261,2 milhões para pagamento de Agentes Comunitários de Saúde.

O Fundo Nacional de Saúde (FNS) transferiu nesta segunda-feira (30), R$ 261,2 milhões para as contas dos Fundos Municipais de Saúde. Os recursos são destinados ao pagamento de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e são referentes ao mês de maio.




Jornal da Manhã: "Piso Nacional" dos agentes de saúde depende de repasse financeiro do Governo Federal

                              Reajuste para agentes de saúde depende de repasse financeiro 

O "piso salarial dos agentes de saúde" foi sancionado na semana passada, mas o Município aguardará apoio financeiro do governo federal para aplicar o reajuste nos salários da categoria. O vencimento subirá de R$724 para R$1.014.

  ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss





Por gratificações, agentes de saúde do DF fazem paralisação relâmpago

Cerca de 300 servidores também pedem exigência de nível superior.
Secretaria de Saúde diz que todos os serviços são realizados normalmente.

Agentes de vigilância em saúde do Distrito Federal iniciaram nesta terça-feira (24) uma paralisação de 24 horas. A categoria reivindica pagamento de gratificações e a mudança do nível de escolaridade exigido para a função. Os servidores são responsáveis por atividades como o controle da dengue e de escorpiões no DF.

 A Secretaria de Saúde do DF afirma que não foi notificada sobre a paralisação. "Todos os serviços estão sendo realizados normalmente e a Subsecretaria de Vigilância a Saúde não tem informação da adesão dos servidores ao movimento informado pelo sindicato."






CONACS reconhece que o "Piso Nacional" (REPASSE DA UNIÃO) traz prejuízos à categoria de ACS/ACE.

Em artigo publicado pela CONACS, em seu site, ela reconhece que a Lei 12.994/2014 trouxe prejuízo aos agentes de saúde.  Ela não atendeu os alertas enviados pela MNAS e, mais uma vez, esbarrou nas consequências dos atos negligenciados.
 






Sancionada a lei que fixa o repasse dos Agentes de Saúde e Combate às Endemias

Muito feliz: Paulo Ziulkoski presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM)

A presidente da República, Dilma Rousseff, sancionou a Lei 12.994/2014 que institui o "piso salarial para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE)" em todo o território nacional. A nova legislação altera a antiga Lei 11.350/2006 e causará um impacto de R$ 3,80 bilhões à União e de R$ 1,89 bilhão aos Municípios. Na verdade, agora temos um repasse federal garantido em lei! Veja aqui!



Como os Parlamentares Criaram a Ilusão de um Piso Nacional dos Agentes de Saúde para fugir do BOICOTE proposto pela MNAS

Leia este artigo e entenda o que há por trás da ilusão do Repasse que já existia, contudo não era garantido a todos os ACS/ACE e o Piso Nacional, que não foi criado. A nova lei garante os benefícios do Repasse, mas, não é uma ilusão chamá-lo de Piso Nacional.




Jornal "O Globo" indica os pontos em que os Agentes de Saúde foram derrotados com as sanções da Lei que cria o Repasse Integral da União aos municípios.

 Algo que o jornal não indica é o beneficio gerado a milhares de agentes, que recebem abaixo de R$ 1.014. Durante os primeiros meses da nova lei, terão um salário mais justo. O benefício poderia ser mais amplo se não fosse a falta de articulação política entre os parlamentares e a entidades que representam a categoria de ACS/ACE.




Presidente Dilma Rousseff Sancionou o "Piso Nacional" dos Agentes de Saúde.

 
Dois Pisos e Um Repasse – O maior Golpe que os Agentes de Saúde Já sofreram em toda a Sua história. Veja a lei na íntegra, aqui!


Ainda ontem, 17 de junho, a presidenta Dilma Rousseff sancionou o PLS 270/2006, criando a Lei no 12.994/14, que garante o repasse integral dos R$ 1.014, repassados aos municípios pelo Governo Federal. Apesar de ser taxado de Piso Salarial Nacional dos Agentes de Saúde, uma manobra arquitetada pelos deputados federais, senadores e seus aliados, o REPASSE por sua natureza não é Piso Nacional. Um dos motivos que impossibilita tal concepção é a própria natureza do repasse. Pela Lei no 12.994/14 os municípios não são obrigados a pagar o citado valor à categoria de Agentes Comunitários e de Combate às Endemias. Ele é obrigado a REPASSAR. Os valores amparados pela lei não emana dos cofres públicos municipais ou estaduais e, sim, dos recursos federais. Se os agentes de saúde fosse servidores federais, justificar-se-ia o pagamento desses trabalhadores, distanciando a ideia de repasse, contudo, eles não são servidores públicos federais...

Apoio ampliado ao #SancioneDilma e 1º #Ocupe da FanPage da Presidenta Dilma

Portal Sinal Verde registra manifestações dos Agentes de Saúde, no 1º #Ocupe da FanPage da presidenta Dilma
Quando a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) convocou os Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias para manifestações nas redes sociais para motivar o governo a sancionar o PLS 270/06, que trata do "Piso Nacional," ela realmente esperava o amplo apoio dessas categorias, afinal, somente nos mobilizando é possível fortalecermos a nossas lutas. Logo após a votação do Senado Federal, ocorrida no mês de maio, a MNAS iniciou as campanhas #SancionaDilma e depois o 1º #Ocupe a FanPage da presidenta. Todos os dois eventos tiveram a participação maciça dos agentes, inclusive o apoio da sociedade, de forma ampla...


Tony Bita‎, Agente de Saúde que mora em Caravelas/BA, em face das mobilizações coordenadas pela MNAS, definiu a situação com as seguintes palavras:

"Temos a maior ferramenta em mãos capaz de mudar o mundo. E a campanha Sanciona Dilma nas redes sociais e principalmente em sua página, foi uma das maiores campanhas de uma categoria profissional que já presenciei na rede. No entanto nobres colegas, vamos continuar usando essa ferramenta ao nosso favor, nos unindo cada vez mais. Pois a aprovação do PL270/2006 é o início de muitas vitórias que nós poderemos conquistar. União, foco, força e fé, juntos somos maios do que campeão. "
A MNAS também esclarece a categoria sobre o "Piso Nacional," que será sancionado para a consideração a ser feita. Na verdade, o que está sendo garantido é um REPASSE do Ministério da Saúde com o nome de "Piso Nacional." Já tratamos desse assunto na matéria sob o título:  Piso Salarial Nacional ou Repasse do Ministério da Saúde? Qual a diferença?

  ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss


 Portaria Mantém Contradição dos Recursos Destinados aos ACS 

Portaria 314/14 mantém os mesmos vícios que facilita os desvios dos recursos destinados aos agentes. 

A Portaria 314/14, que edita a 260/13, que trata dos recursos destinados aos Agentes Comunitários de Saúde do PSF, fixa em R$ 1.014,00 (mil e quatorze reais) por Agente Comunitário de Saúde (ACS) a cada mês o valor do incentivo financeiro referente aos ACS das Estratégias de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Saúde da Família (Art. 1º). Ela mantém os mesmos vícios que facilita os desvios dos recursos destinados aos agentes. Continue lendo!

 

 

Manifestações dos agentes de saúde em todo o Brasil

Brasil, 11/07/2011 


 A hora é agora!
Curta, compartilhe, estabeleça contato com o seu sindicato e associação, motive a sua federação e confederação! Fizemos uma  campanha de conscientização sobre a necessidade de irmos às ruas, agora chegou o momento de elaborar as ações.

Queremos todas as entidades unidas por um só objetivo: a defesa de nossas pautas. Queremos o Piso Salarial Nacional, a efetivação dos quase 200 mil colegas em situação precária e as 30 horas semanais, além de todos os direitos garantidos aos servidores públicos. Essas são as principais pautas!


Por que devemos marchar para Brasília?
Sem dúvida alguma que precisamos partir para uma mobilização nacional, contudo, precisamos nos ligar na realidade regional de cada colega em todo o Brasil. Somos mais de 300.000 trabalhadores e, infelizmente, a maioria esmagadora não estará em Brasília por diversos motivos, entre os quais as limitações impostas pela falta de recursos e compromissos em seus municípios. Continue lendo!
Fonte:
 ----------------------------------------------------------------------------------------------

Manifestações dos Agentes de Saúde de todo o Brasil

 Registros das Manifestações dos Agentes de Saúde de todo o Brasil 

 Manifestação dos Agentes de Saúde Recife (PE).
Acesse todas as fotos relacionadas as manifestações ocorridas nos mais diversos estados brasileiros. Clique aqui!

--------------
-------------------------------------

Piso Nacional: Chegou a hora de acordar e fazer a diferença nas Ruas...

A CONACS perdeu muito tempo com parlamentares e o resultado foi desastroso

A tentativa de centralizar as manifestações em Brasília, revela a falta de visão estratégica da Confederação Nacional dos Agentes de Saúde – CONACS. Temos mais de 5.100 municípios, o Brasil não é um estado para que a categoria possa se deslocar com facilidade sem sacrifícios. É preciso usar estratégias inteligentes, mesmo porque os parlamentares possuem as suas bases em seus estados e municípios, defende Ednaiptan de Souza Siva, consultor sindical da Mobilização dos Agentes de Saúde MNAS. Veja a matéria completa, aqui!
Fonte:
---------------------------------------------------

 

A Mobilização só está começando...---------------------- 

A MNAS irá fazer ampla cobertura do evento de todos os recantos do Brasil. Iremos divulgar as fotos, banners etc., em todos os nosso veículos de comunicação. Estamos ensaiando para nos manifestarmos em todos os estados brasileiros. #VemPrasRuas

A MNAS em números:

Twitter
Mais de 200.000 seguidores em diversos perfis de apoiadores, possibilitando milhões de tweets com acesso no Brasil e em qualquer parte do mundo.

Facebook
Administração de grupos totalizando aproximadamente 50.000 membros;
Envio de material para diversos grupos com o potencial total aproximado de 100.000 membros.

FanPage
O Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil apesar de congregar menos de 10.000 fãs, é responsável por mais 1 milhão e 300.000 visualizações em uma única postagem.

Mobilização Nacional
Realizamos a Primeira Grande Mobilização Nacional da Saúde, em 07 de abril de 2013. Com a participação de quase 1,5 milhão de trabalhadores da saúde. Evento realizado totalmente pela internet.  
Continue lendo!-

Postagem original do dia 09/07/2013.

Fonte:
------------------------------------------------------------------------- 

FENASCE e CONACS Representam ou não representam os Agentes de Saúde?

 Agentes de saúde de Água Preta (PE), manifesta-se em prol de melhores condições de trabalho

FENASCE e CONACS Representam ou não representam os Agentes de Saúde

Por todo o Brasil os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemia têm feito manifestações reivindicando por seus direitos. Praticamente todos os dias temos relatado manifestações, greves etc. Ações legítimas que não tem recebido a devida atenção, nem mesmo por instituições que deveriam defender os interesses da categoria. Veja a matéria completa, aqui!

  --------------------------------------------------------------------------------------------

Prefeitos receberão classificação positiva ou negativa da MNAS

Mudanças que fortalecem a luta dos ACS's e ACE's

A Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (MNAS) usará espaço no Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil para classificar os gestores que atendem as reivindicações da categoria dos agentes comunitários e de combate às endemias. A ação visa ampliar o trabalho de conscientização dos prefeitos. Tal trabalho é desenvolvido pela MNAS a vários anos e tem proejtado resultados significativos. Temos recebido contato de gestores de diversas parte do Brasil para agradecer a nossa iniciativa e dialogar sobre como resolver problemas relacionados a insalubridade e repasse integral de recursos, como é o caso do que estabelece a Portaria 260/13.

Como funcionará a classificação
Os gestores que atendem as pautas reivindicatórias dos agentes de saúde serão contemplados na página “Prefeitos Amigos dos Agentes” e aqueles que são omissos no atendimento do pleito da categoria serão inseridos na página “Prefeito Nota Zero.” Ficará registrado nas referidas páginas as matérias pertinentes aos gestores, conforme a classificação previamente estabelecida.
Tanto o referido prefeito quanto os integrantes de seu partido, no município, receberão reprovação por parte da MNAS, quanto ao apoio a candidaturas futuras.
A Mobilização irá usar todas as suas mídias sociais para divulgar as duas situações dos prefeitos, ou seja, os “Prefeitos Amigos dos Agentes” e os “Prefeitos Nota Zero.”

Manifestação nas redes sociais
Para ampliar a divulgação das informações acima, a MNAS contará com os seus perfis no Twitter (com mais de 200.000 seguidores) e os seus diversos recursos no Facebook. Quanto a esta última ferramenta, em uma única publicação o Jornal dos Agentes de Saúde conseguiu obter mais de 1 milhão e 300.000 visualizações.


 A MNAS a quase 10 anos tem laborado na fundação de sindicatos dos ACS/ACE por todo o Brasil

Diante do exposto fica evidente que o apoio dos agentes comunitários e de combate às endemias potencializa o êxito desse projeto. "Precisamos contemplar o administrador competente, que sabe administrar a situação relacionada ao reconhecimento do trabalho dos agentes de saúde, ao passo que temos que dá notoriedade ao mau administrador, aquele prefeito que não garante o repasse dos recursos destinados aos agentes, que não paga insalubridade, que não aprovou a desprecarização da categoria, que não tem interesse em plano de cargos, carreiras e vencimentos etc., concluiu o coordenador da MNAS, Samuel Camêlo.





Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - Fundação de mais um sindicato dos Agentes de Saúde em Pernambuco.

Hoje, 21 de junho de 2013, nasceu o Sindicato Regional Setentrional do Agreste de Pernambuco, dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias – SINDACSE. Registre-se esse momento histórico, não apenas para os Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias do Agreste de Pernambuco, mas, para todo os agentes do estado proclamador da República Brasileira (para quem não sabe os pernambucanos proclamaram a República pela primeira vez em 1710).  Continue lendo!




Agentes de saúde querem o piso nacional


Servidores da saúde em campanha salarial lotaram o plenário da Câmara do Recife para reivindicar o piso nacional. Agentes de saúde ganham R$ 673,00, mas querem receber R$ 952,00, equivalente ao piso nacional da categoria. De acordo com o vereador Gilberto Alves (PTN), o executivo ofereceu R$ 750,00 mais R$ 200,00 de gratificação, basicamente o piso reivindicado. No entanto, segundo ele, apesar do acordo firmado com lideranças do movimento, há divergências que ainda estão sendo sanadas entre eles...  Continue lendo!



Em 11.06.2013, às 18h28. Divulgação:  






Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)

MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude 
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum 
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br


 

 


Fundação de mais um sindicato dos agentes de saúde (ACS/ACE) SINDACSE-PE



Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
 


Grande Recife: campanha salarial - Servidores da Prefeitura do Recife realizam protesto no Centro

 
Profissionais pedem reajuste de 19,32%
Foto: Bobby Fabisak / JC Imagem
Do NE10

Servidores municipais do Recife que trabalham nas áreas de saúde e educação saem pelas ruas do Centro do Recife, no fim da manhã desta terça-feira (4), para protestar pela negociação salarial deste ano. Os funcionários saíram da Câmara dos Vereadores, seguiram pela Rua do Hospício e entraram na Avenida Conde da Boa Vista, em direção à sede da PCR, no Cais do Apolo. Continue lendo!

Ministro da Saúde dá informações sobre o Piso Nacional dos Agentes de Saúde


Ministro da Saúde dá informações sobre o Piso Nacional dos Agentes de Saúde

* Samuel Camêlo



A coordenação do Jornal dos Agentes de Saúde estabeleceu contato com o atual Ministro da Saúde, o Dr. Alexandre Padilha, e o inquiriu sobre a situação do Piso Nacional, já que tais informações são tão negligenciadas de múltiplas tanto pelos seguimentos ligados a municipalidade, quanto a algumas instituições tidas como representantes da categoria.

Os agentes de saúde representam um contingente de mais de 300.000, distribuído por aproximadamente de 5.100 municípios. Portanto, esses profissionais merecem muito mais atenção do que vem sendo dispensada, não penas pelo expressivo número que atende a população diretamente em seus lares, mas, sobretudo, pela importância do trabalho que realizam. Veja a matéria completa aqui!