quinta-feira, 8 de outubro de 2015

'Megatsunami' com onda de 245 metros de altura pode atingir o planeta, apontam cientistas

Colapsos podem acontecer de maneira extremamente rápida e são catastróficos. Foto: Reprodução/AFP)

Cientistas da "Columbia University" (Estados Unidos) e da "University College London" (Inglaterra) afirmam que há a possibilidade de uma onda de cerca de 245 metros de altura atingir a Terra novamente, já que, segundo estudos, o mesmo fenômeno aconteceu há cerca de 73 mil anos atrás.

O evento foi causado por um colapso repentino de um dos maiores e mais antigos vulcões do mundo, localizado em Cabo Verde (África). Estima-se que grandes rochas caíram no oceano de uma só vez, resultando no tsunami, que engoliu uma ilha de mais de 48 quilômetros.

Leia Também:
Tsunami devastou Indonésia, Sri Lanka, Índia e Tailândia há 10 anos
Havaí se prepara para correntes marítimas perigosas após alerta de tsunami
Uma população inteira é salva de um atentado "graças a idiotice dos terroristas."
Mãe desconfia de que bebê foi trocado na maternidade e testes comprovam que ela estava certa
Uma psicóloga escreve sobre o "Filme Cazuza," após assisti-lo...
Pacientes pedem na Justiça que USP forneça cápsula de combate ao câncer

Segundo o Dr. Ricardo Ramalho, cientista da Universidade de Columbia, esses colapsos podem acontecer de maneira extremamente rápida e são catastróficos, já que desencadeiam tsunamis gigantes. "Eles não acontecem muito frequentemente, mas precisamos levá-los em consideração ao pensar no perigo que esses fenômenos podem trazer para nós", afirmou.

O especialista em tsunami, professor Bill McGuire, da “University College London”, acredita que tais eventos ocorram apenas uma vez a cada 10 mil anos.

Em comparação, os tsunamis que devastaram a costa do Oceano Índico em 2004 e leste do Japão em 2011, alcançaram alturas máximas de cerca de 30 metros e foram provocados por teremotos submarinos. Fonte: redetv.uol.com.br







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!



https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif