segunda-feira, 29 de junho de 2015

Vídeo: Coordenador da MNAS fala ao Canal Saúde/Fiocruz sobre o descontentamento dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias com o Decreto Nº 8.474/2015

Assista ao vídeo da reportagem logo abaixo!

O Coordenador nacional da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, Samuel Camêlo, respondeu ao Canal Saúde (Fiocruz), sobre o descontentamento dos Agentes de Saúde (ACS/ACE) com o Decreto Nº 8.474/15, que regulamenta o "Piso Nacional" dos Agentes de Saúde.

Assista ao vídeo!

Passamos mais de 8 anos lutando por um Piso Salarial Nacional e, lamentavelmente, tivemos um Repasse da União, no valor de R$ 1.014, aprovado em menos de 2 meses na Câmara Federal e no Senado como se fosse um "Piso Nacional." Uma inverdade que ainda ilude a muitos. É verdade que há alguns benefícios na Lei 12.994/14, contudo, ficou muito distante da proposta original.

O Repasse da União já estava sendo garantidos a muitos municípios da União. A MNAS realizou diversas ações para que a categoria estabelece o chamado Piso Municipal.

LEIA TAMBÉM
Após de pressão da MNAS, Heider Pinto retoma debate 

Decreto do Reajuste do Piso Nacional dos Agentes de Saúde: Tudo o que temos é boatos
Agentes Comunitários e Endemias de Salvador definem novas datas para protestos na cidade 
INSS corta auxílio por depressão a mulher que pôs foto 'feliz' na web
Vereador regulamenta o Incentivo Adicional (14º) aos Agentes Comunitários 
A geração dos bebês superexpostos 
A violência contra mulheres por parte de conhecidos é maior no Norte (3,9%) e no Sul (3,7%)
Projeto regulamenta a insalubridade e Aposentadoria Especial dos Agentes de Saúde 
Mulher exige indenização depois de perder a virgindade durante exame ginecológico
Valor do Reajuste do Piso Nacional dos Agentes de Saúde 
Homem sequestrado quando bebê reencontra a mãe 41 anos depois
AIDS: 25 milhões de pessoas já morreram e 2,7 milhões são contaminadas a cada ano 
Relatório Global sobre a epidemia de aids no mundo
Tuberculose e HIV – 3 em cada 10 soropositivos morrem  


O Decreto Nº 8.474/15, elaborado pelo Grupo de Trabalho Tripartite, teve 90 dias para entregar a proposta, contudo, somente o fez decorrido 10 meses. Uma prova clara da falta de interesse e comprometimento da coordenação do GT. Além de tal fato, não trouxe as novidades esperadas aos Agentes de Saúde e não garante a fonte de financiamento dos Agentes de Combate às Endemias. Mesmo que o reajuste dos R$ 1.014,00 ocorra, por intermédio de portaria, ele não reparará plenamente as perdas que a categoria (ACS/ACE) terá que suportar.




 Fale Conosco!Twitter Facebook LinkEdin Youtube Gtalk: samuelcamel@gmail.com Skype: samuelcamelo     







Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Canal Saúde/Fiocruz 


https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif