terça-feira, 24 de junho de 2014

Por gratificações, agentes de saúde do DF fazem paralisação relâmpago

Cerca de 300 servidores também pedem exigência de nível superior.
Secretaria de Saúde diz que todos os serviços são realizados normalmente.

Saiba mais sobre este tema acessando:

Agentes de vigilância em saúde do Distrito Federal iniciaram nesta terça-feira (24) uma paralisação de 24 horas. A categoria reivindica pagamento de gratificações e a mudança do nível de escolaridade exigido para a função. Os servidores são responsáveis por atividades como o controle da dengue e de escorpiões no DF.

 A Secretaria de Saúde do DF afirma que não foi notificada sobre a paralisação. "Todos os serviços estão sendo realizados normalmente e a Subsecretaria de Vigilância a Saúde não tem informação da adesão dos servidores ao movimento informado pelo sindicato."

O vice-presidente do sindicato dos agentes de Vigilância Ambiental do DF, Wanderman Valério, diz que a categoria se reúne novamente na noite desta esta terça-feira para discutir o resultado da paralisação. Ele não descarta a possibilidade de greve caso o governo do Distrito Federal não apresente uma proposta.

Valério diz que há uma série de gratificações que hoje não são pagas pelo governo. Segundo ele, nessa lista estão uma parcela de R$ 59, paga a todo servidor público e a gratificação de deslocamento para funcionários que moram regiões distantes do local onde trabalham.

Hoje, um agente de saúde recebe entre R$ 1.200 e R$ 1.600. Se todas as gratificações fossem pagas, o aumento na remuneração seria de R$ 1.000 a R$ 1.500, segundo o vice-presidente.

A categoria também quer que seja exigido ensino superior nas contratações para agentes de saúde. "Com isso, o agente de vigilância terá poder de fiscalização. Hoje, nenhum órgão do GDF está habilitado a notificar um morador que por ventura desrespeitar as orientações de controle da dengue por um agente de saúde".

O G1 perguntou à Secretaria de Saúde se há algum órgão com poder de notificar moradores que descumprem orientações dos agentes de Saúde, mas não obteve resposta.

Segundo Valério, o último concurso para agente de saúde foi concluído há cerca de duas semanas. Foram 27 mil inscritos para 460 vagas temporárias. O sindicato é contra esse modelo de contratação, sobretudo em ano eleitoral, diz o vice-presidente da entidade.

SINDIVACS-DF esteve reunido hoje, pela manhã, na SUGETES

http://sindivacs.com.br/wp-content/uploads/2014/06/2014-06-24_14-56-22_760.jpg

http://sindivacs.com.br/wp-content/uploads/2014/06/2014-06-24_14-56-47_657.jpg 








Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: G1 DF