sábado, 19 de abril de 2014

Em assembleia, ACS’s e ACE’s decidem manter estado de greve


 Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Agentes de Combate a Endemias (ACE) e 
Agentes Sanitários da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH)

Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Agentes de Combate a Endemias (ACE) e Agentes Sanitários da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) realizaram assembleia na manhã desta terça-feira (15) na Praça Afonso Arinos, centro da capital. Após votação, a categoria decidiu manter-se em estado de greve permanente até 20 de maio; data estipulada pela prefeitura para o pagamento, em atraso, da Bonificação para Cumprimento de Metas, Resultados e Indicadores (BCMRI).

Por meio de comunicado, a PBH garantiu que o BCRMI relativo a 2011 será inserido na próxima folha de pagamento dos servidores. Com relação à bonificação de 2012, a prefeitura afirmou estar em processo de organização para inserção da gratificação como “pagamento especial” em 20 de maio e a bonificação de 2013 deverá ser inserida na folha de pagamento do mês de maio, paga em junho deste ano.

O compromisso firmado anteriormente pela prefeitura havia garantido o pagamento integral do BCMRI referente a 2011, 2012 e 2013 para março deste ano. No entanto, os pagamentos não foram efetuados, o que gerou grande desconfiança dos trabalhadores com relação à capacidade da PBH em cumprir com os acordos estabelecidos. Desta forma, a categoria definiu também que irá suspender imediatamente todas as suas atividades em caso de novo descumprimento dos pagamentos nas datas previstas.




Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Sindibel