terça-feira, 1 de abril de 2014

Câmara tem caminho livre para Mais Um Golpe Contra os ACS/ACE

Mais de duas dúzias de deputados e alguns senadores se dizem apoiadores do Piso Nacional dos Agentes de Saúde, contudo, nos bastidores, eles votam contra o projeto.

Veja como votou o seu deputado na última votação de 2013.
Acesse: http://satenpe.org.br/votacao2013.pdf

Os jornais do país publicaram que a Pauta destrancada abre espaço para se votar 'projetos-bomba' na Câmara.  Numa manobra de suposta solidariedade aos trabalhadores, a base e a oposição unidas apoiam textos que aumentam gastos e ajudam o trabalhador. Não é incrível tamanha solidariedade em ano eleitoral? 

Contradição: o Governo ameaça obstruir votações e paralisar esforço para votar propostas (clique aqui e veja a matéria do G1). Ora, os jornais não divulgaram que a base do governo e a oposição estavam unidas em favor dos trabalhadores?

Cinco meses de pauta trancada
Decorridos os cinco meses de pauta trancada por projetos que supostamente seriam de urgência constitucional, a Câmara dos Deputados irá liberar as votações em plenário e poderá iniciar a análise de propostas que geram mais despesas para a União.

Analisem a grande faça divulgada pelos parlamentares: “Líderes de partidos da base aliada e da oposição ouvidos pelo G1 disseram que vão pressionar pela votação de pisos salariais para agentes de saúde, policiais e bombeiros.” Amigos, somente crianças de colo são capazes de cair em mais essa armadilha dos parlamentares. A pergunta chave é a seguinte: “Por que não fizeram isto antes?” São quase 1 anos de luta pelo Piso Salarial Nacional e todo ano eleitoral os mesmos deputados e senadores surgem com essa imoralidade de aprovar o que nunca o fazem. Chega de tantas mentiras, não aguentamos mais tantas mentiras e jogo sujo!

Os jornais noticiaram que a  análise das  matérias que trancam pautas será possível a partir desta terça 1º abril (só podia ser primeiro de abril!),  quando será votado o último projeto.
O vice-líder do PMDB, o deputado Danilo Forte (CE), que nunca foi de perder tempo, afirmou que a bancada defende colocar, em seguida, em votação a proposta que estabelece piso salarial para agentes comunitários de saúde. Analisem que os  Agentes de Combate às Endemias não foram citados na matéria que transcrevemos na integra, como a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde havia alertado anteriormente. No caso de dúvida, confira a matéria aqui!


Para onde foram os Endemias?
 O deputado Danilo Forte prossegue afirmando que o piso salarial seria de R$ 950 em 2013 e R$ 1.012 em 2014 e reajustes conforme a inflação a partir de 2015. Mais uma vez o parlamentar faz menção aos Agentes Comunitários e exclui os Endemias.

Já o líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), foi taxativo e disse que poderá obstruir as votações em plenário, o que deve neutralizar os supostos esforços da Casa em aprovar o Piso Nacional dos Agentes de Saúde, antes da campanha para as eleições de outubro. "Os mecanismos de obstrução são múltiplos e variados. Qualquer exagero paralisa a Câmara", declarou Chinaglia.



Se continuar usando os mesmos métodos, continuará somando derrotas à categoria...

A CONACS continua sendo negligente
Fica claro que não adianta a CONACS – Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde usar os seus métodos ultrapassados que, na verdade, não produzem resultado favoráveis algum à categoria.  A saída é bastante clara: a diretoria executiva da CONACS deve deixar a sua arrogância de lado e se unir as entidades que laboram na defesa dos interesses dos agentes e partir para uma Grande Mobilização Nacional, como a MNAS Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde propôs em correspondência eletrônica enviada à entidade.

Já vimos esse filme!
No final de 2013, o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), chegou a anunciar em plenário diante de grupo de agentes comunitários e de combate às endemias uma data para a apreciação da matéria. No entanto, a matéria não pode mais ser votada devido ao trancamento de pauta pelo projeto do Marco Civil da Internet.

 Até quando a CONACS continuará agindo de tal forma? Até quando ela estará sujeita aos seus amigos deputados, prejudicando a categoria de ACS/ACE? São perguntas que somente a sua diretoria executiva é capaz de nos responder.





Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil e MNAS: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: