segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

24 de fevereiro de 1932: O dia em que as mulheres brasileiras ganharam o direito ao VOTO...

No dia 12 de fevereiro de 1968, na Cinelândia, no Rio de Janeiro, artistas e intelectuais promoveram um protesto contra a censura que proibia tudo. Da esquerda para a direita, Eva Tudor, Tonia Carreiro, Eva Wilma, Leila Diniz, Odete Lara e Norma Bengel. Publicado em Nada novo debaixo deste Sol.

 Hoje é comemorado o Dia da conquista do voto feminino no Brasil. Analisado com os olhos de hoje, pode parecer absurdo, mas só a partir de 24 de fevereiro de 1932, as mulheres ganharam o direito de escolher os seus representantes ao governo. Mesmo assim, com limitações, pois era restrito às mulheres casadas com autorização dos maridos, viúvas e solteiras com renda própria.

A médica paulista Carlota de Queiroz até foi eleita deputada. Em 1934, a idade mínima para votar passou a ser de 18 anos.

O Brasil foi o segundo país da América Latina a instituir o voto feminino, seguindo o Equador.  Mesmo assim, o eleitorado não atingia 3% da população. Nessa época, também foi criada a Justiça Eleitoral, que passou a cuidar do alistamento, da apuração dos votos e do anúncio do resultado.

O direito ao voto universal, finalmente sem restrições foi conquistado em outubro de 1946, produto de anos e anos de assembleias, passeatas e muita organização de grupos de mulheres.

O voto, no entanto, era apenas uma entre tantas reivindicações das mulheres do século XX. Para chegarmos ao Brasil de hoje, governado por uma mulher, muitas batalhas foram travadas e ganhas. Mas a luta por direitos continua até os dias atuais.

Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: