sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Seminário debate saúde dos agentes de endemias em Sergipe

Seminário debate saúde dos agentes de endemias em Sergipe
Iniciativa é promovida pelo Ministério Público do Trabalho.
Próximo evento será em 2014 e irá envolver profissionais de Canindé.

 Nesta sexta-feira (22), agentes comunitários de saúde e agentes de endemias de Sergipe participam do 2º Seminário Proteção à Saúde: agentes comunitários de saúde e de endemias, promovido pelo Ministério Público do Trabalho do Estado. O evento teve início às 8h e segue até às 18h, no Teatro Tiradentes, na Rua Simão Dias, no Cento de Aracaju.

Para o procurador do Trabalho do MPE, Manoel Adroaldo Bispo, as ações dos gestores públicos ainda são incompletas quando o assunto é a saúde do trabalhador. “Os agentes de endemias são carentes dessas políticas”, observa. “Não é possível exigir que eles cumpram com o seu papel se o próprio gestor não dá atenção à saúde dessas pessoas”, reforça.

Entre os temas abordados durante o evento estão a implementação da Política Nacional de Saúde do Trabalhador em Sergipe, A Profissão de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias e suas Condições de Trabalho e Ações Municipais de Saúde Ocupacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Temas e Combate as Endemias, além de outros.

“O evento serve para investigar se há provas que caracterizem prejuízos ao trabalhador para somente depois definir as medidas”, avalia.

O próximo evento envolvendo o mesmo tema será em Canindé de São Francisco, no Alto Sertão sergipano, em 2014.


Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: G1