sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Governo Dilma - De olho em 2014, Dilma anuncia programa de 18,7 bilhões de reais

A presidente Dilma Rousseff tem intensificado lançamento de programas nos últimos 
meses (Ueslei Marcelino/Reuters )

Pacote anunciado nesta quarta-feira beneficia participantes do Minha Casa, Minha Vida, e permite a compra até mesmo de TV digital e notebook

O governo federal anunciou nesta quarta-feira detalhes sobre a concessão de uma linha de crédito de 18,7 bilhões de reais para que beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) adquiram móveis e eletrodomésticos. A intenção da presidente Dilma Rousseff de lançar a linha de financiamento já havia sido atecipada pela imprensa.

Segundo o anúncio desta quarta-feira, o Minha Casa Melhor dará a cada família o direito de financiar até 5.000 reais as compras desses dois produtos, com pagamento em 48 meses e juros de 5% ao ano. Para os pagamentos à vista, haverá desconto de 5%. O governo calcula que 3,4 milhões de famílias sejam contempladas com a linha de crédito. O programa será operado pela Caixa Econômica Federal sob a coordenação do Ministério das Cidades.

Leia mais: Tesouro subsidiará crédito para eletroeletrônicos do Minha Casa, Minha Vida

Benefício - Para ter acesso à linha de crédito anunciada nesta quarta-feira, batizada de Minha Casa Melhor, o beneficiário do Minha Casa, Minha Vida precisa ter recebido a chave do imóvel e estar com as prestações em dia. Depois de receber o cartão que garantirá o acesso ao crédito, o beneficiário terá até 12 meses para adquirir os produtos em condição privilegiada.

A nova linha de crédito pode ser usada na compra de guarda-roupas, cama, mesa ou sofá, refrigerador, lavadora, televisão digital, computador notebook. O limite a ser gasto em cada item vai de 380 reais (guarda-roupas) a 1 400 reais (televisão digital). De acordo com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, a linha de crédito "vai fazer rodar as engrenagens da nossa economia, gerando emprego e crescimento".

O anúncio faz parte da sequência de medidas de apelo popular anunciadas pelo governo nos últimos meses. Desde o começo do ano, a presidente tem intensificado as aparições públicas e o lançamento de programas que possam garantir dividendos eleitorais. Apesar de o pacote desta quarta-feira já estar programado antes da divulgação de pesquisas que mostram uma queda na popularidade da presidente, o anúncio ganhou importância por causa dos sinais claros de que os maus resultados na economia começam a afetar o apoio ao governo Dilma.

Publicação - A criação do programa será feita por medida provisória. A empresária Luiza Trajano, dona do Magazine Luiza, participou da elaboração do projeto e discursou na cerimônia desta quarta-feira. Ela afirmou que a medida é "espetacular".

Já a presidente Dilma Rousseff usou seu discurso no lançamento do programa para garantir que a inflação não sairá do controle e atacar os críticos de sua gestão na área econômica. "Não há a menor hipótese de que o meu governo não tenha uma política de controle, de combate à inflação", afirmou a presidente, que prosseguiu: "Todos os que apostam nisso são os mesmos que, no início deste ano, apostaram que iria haver um problema sério com o fornecimento de energia no país, que sumiu e desapareceu de todos os jornais".

Dilma, que esteve em Portugal no início da semana, citou um personagem de Luís de Camões para atacar aquilo que entende como pessimismo de seus críticos: o Velho do Restelo, representante daqueles que não acreditavam no sucesso das grandes navegações: "O Velho do Restelo não pode, não deve e - eu asseguro para vocês - não terá a ultima palavra no Brasil".

Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: Revista Veja