domingo, 24 de novembro de 2013

CONACS E FENASCE aceitam estratégias sugeridas e usadas pela MNAS

A MNAS coordenou a 1ª manifestação nacional em defesa do Piso dos Agentes de Saúde.

No início desse ano a MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde  enviou à CONACS - Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e FENASCE - Federação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias uma proposta de atuação em defesa do Piso Salarial Nacional com a mudança de estratégia. A proposta também indicava outras pautas, tais como: a luta pela efetivação dos quase 200 mil agentes, redução da carga horária para 30 horas semanais, adicional de insalubridade etc.

A luta nos municípios fortalece o movimento nacional.

Durante 8 anos os métodos empregados para tentar estabelecer o Piso Nacional tem sido o mesmo. Sendo, portanto, objeto de questionamento por parte de Samuel Camêlo, coordenador geral da MNAS e do coordenador Nacional de Articulação Sindical, Ednaiptan de Souza. Tanto a confederação, quanto a federação não aceitaram o que fora sugerido por pura arrogância de suas lideranças e, mesmo assim, em 12 de novembro, os agentes comunitários e agentes de combate às endemias de todo o país se manifestaram, atendendo a convocação da Mobilização Nacional. Pela primeira vez no Brasil, os agentes de saúde de todo o país participaram da luta pelo estabelecimento de um salário base a nível nacional, algo inédito durante quase uma década de luta.

 Manifestação na capital pernambucana.

Finalmente, depois das sucessivas  decepções ocorridas em Brasília, a CONACS e FENASCE despertaram para a importância de acatar o que fora sugerido e posto em prática pela MNAS, que são as mobilizações nos municípios do país. Lembrando que a base dos parlamentares que estão no Distrito Federal estão nos mais diversos estados brasileiros.


Agentes de saúde lutando pelo Piso em Brasília.


Não podemos deixar de citar que a FENASCE, em sinal de apoio ao governo federal, tentou boicotar a nossa convocação, do último dia 12 de novembro. Fato já publicado em todas as nossas redes sociais.

Indubitavelmente, se as entidades que se dizem defensoras dos interesses dos agentes de saúde unirem força, contextualizando a metodologia de ação, sem dúvida alguma, o resultado pretendido será alcançado no lapso tempo aceitável, diferentemente do que tem ocorrido.




Os parlamentares manifestaram preocupação com as manifestações nos municípios.

A nossa luta é pela coletividade, contra o individualismo e criminalização dos movimentos sociais ligados aos agentes de saúde do Brasil. A MNAS a quase 10 anos coordena uma rede de voluntários, independentemente de qualquer meio de custeio ou financiamento, tem lutado pela autonomia plena da citada categoria. Entendemos que esta autonomia somente se estabelece com as garantias de trabalho, conforme citamos.

Mais fotos das manifestações do dia 12 de novembro de 2013:










Deixe o seu comentário no espaço abaixo!

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: