sexta-feira, 12 de julho de 2013

A programação inclui uma série de palestras multidisciplinares

A programação inclui uma série de palestras multidisciplinares

Criciúma - Agentes Comunitários de Saúde da região central receberam, nesta sexta-feira (12), no Salão Ouro Negro do Paço Municipal, uma capacitação em abordagem e tratamento de fumantes. O evento foi realizado pela Secretaria do Sistema de Saúde, através do Programa Municipal de Controle de Tabagismo de Criciúma. O curso tem como tema principal “Por um mundo sem cigarro”, e visa combater um dos maiores males da saúde pública mundial.

De acordo com a coordenadora do Programa de Controle de Tabagismo, Andréia Sharon Salomão, a intenção é prevenir a doença e melhorar a qualidade de vida da população através da busca ativa que os agentes comunitários farão a partir das formações. “O município coloca à disposição antidepressivos e adesivos anti-fumo para tratamento com o intuito de ajudar as pessoas que querem largar o vício do cigarro. Estamos um busca de mais profissionais engajados nesta causa. Esse é um grupo de muito sucesso, porque, além de parar de fumar, as pessoas mudam completamente de vida. Os grupos antitabagismo ajudam a prevenir outras doenças como diabetes, problemas de coração e pulmonares assim como muitos outros. Essas mudanças são significativas para os ex-fumantes”, destacou a coordenadora.

Os grupos antitabagismo do município trabalham através de experiências vivenciadas pelos seus membros e tem como base o apoio mútuo entre as pessoas que participam. Os profissionais receberam orientações sobre diversos temas, sendo que cada agente recebeu uma cartilha para estudar.

A enfermeira da Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Primeira Linha Odilene Pereira Locatelli proferiu palestra e ressaltou a importância de os profissionais capacitados erguerem a bandeira do antitabagismo. “O tratamento pode se estender de três meses a um ano. Estamos na linha de frente na parte terapêutica e temos que conversar com eles para ver qual a real necessidade. Esse é o real caminho para evitarmos outras doenças. Esses profissionais são o vínculo que temos com a comunidade”, declarou Odilene.

Na cidade de Criciúma estima-se que 20% da população seja fumante. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, ocorrem cerca de 10 mil mortes por dia em decorrência do consumo de cigarro em todo o planeta.

Próximos encontros:

19/07 – Centro Comunitário bairro Vila Manaus (ACS da região da Santa Luzia)

26/07 – Centro Comunitário bairro Brasília (ACS da região da Próspera)

02/08 – Centro Comunitário bairro Santo Antônio (ACS da região da Boa Vista)

09/08 – Subprefeitura do Rio Maina (ACS da região do Rio Maina)

ai/UNO


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)  
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com  
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs  
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude   
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude   
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum   
Blog da MNAS e Jornal dos ACS/ACE: www.agentesdesaude.com.br
Fonte: www.santacatarina24horas.com