terça-feira, 23 de abril de 2013

Secretaria de Assistência Social reúne com agentes comunitários de saúde para orientação do programa Bolsa Família


A Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com Secretaria Municipal de Saúde reuniu na manhã de sexta, 19, no Posto de Saúde Otacílio Jesuíno de Oliveira, com os agentes comunitários de saúde para tratar de assuntos relacionados ao Programa Bolsa Família.

O objetivo da reunião foi informar aos agentes comunitários de saúde da sede e zona rural, como orientar as famílias do município que estão inseridos no programa as normas e utilização do beneficio. “A intenção maior do encontro foi esclarecer para os agentes de saúde que são multiplicadores de informação, a importância do programa Bolsa família. E dentro desse contexto firmar parcerias e, são eles os dispositivos para levar a situação de família de cada localidade. Essa ação faz com que tenhamos acompanhamento e de fato, esses programas sociais do governo funcionem no município de forma democrática.” Disse a gestora do programa Bolsa Família municipal, Maritânia Gonsalves de Almeida Carvalho.

A seleção das famílias para o PBF é feita com base nas informações registradas pelo município no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento de coleta de dados que tem como objetivo identificar todas as famílias de baixa renda existentes. “A reunião foi de suma importância, pois passou esclarecimento que possa indicar famílias que se enquadra nos requisitos do programa. As informações também vão servir para reforçar explicações às famílias de como aderir o bolsa família e a utilização do beneficio.” Disse o agente comunitário de saúde, Joaquim Alves de Oliveira.

Para a coordenadora do Centro de Saúde do município Tatiane Rodrigues, a reunião foi um momento de troca de informações entre agentes de saúde e gestores da bolsa família. “O Programa Bolsa Família (PBF) é um programa de transferência direta de renda que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País. É um meio de acesso a direitos sociais básicos nas áreas de educação, saúde e assistência social.” Assegura. A operadora master da educação do município, Joelma Leite complementa, “A secretaria de assistência social, saúde e educação estão juntas para desenvolver uma ação social justa e igualitária. Vale ressaltar para essas famílias que possuem a bolsa família e aquelas que ainda vão aderir, acompanha o filho na escola porque existem critérios no programa que podem suspender o beneficio.” Declarou.

O Bolsa Família integra o Plano Brasil Sem Miséria (BSM), que tem como foco de atuação os 16 milhões de brasileiros com renda familiar per capita inferior a R$ 70 mensais, e está baseado na garantia de renda, inclusão produtiva e no acesso aos serviços públicos. Os valores dos benefícios pagos pelo PBF variam de acordo com as características de cada família considerando a renda mensal da família por pessoa, o número de crianças e adolescentes de até 17 anos, de gestantes, nutrizes e de componentes da família.

Texto/fotos: Diego Souza

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude 
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum 
Fonte:  policianolocal.blogspot.com.br

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...