quarta-feira, 3 de abril de 2013

Grande Mobilização Nacional da Saúde: Profissionais da saúde de todo o Brasil participarão do evento pela internet

A Grande Mobilização Nacional da Saúde, prevista para o dia 07 de abril, dia Internacional da Saúde, tem a finalidade de alertar a sociedade sobre a necessidade de valorização do Sistema Único de Saúde – SUS e dos profissionais que integram o sistema.

A luta dos enfermeiros/as, auxiliares e técnicos/as de enfermagem está relacionada com a jornada de trabalho de 30 horas, uma reivindicação considerada histórica. Algumas categorias profissionais da seguridade social já conquistaram essa jornada máxima, porém, há uma década a enfermagem brasileira luta para aprovar o Projeto de Lei do Senado 2.295/2000, mais conhecido como PL 30 Horas, que estabelece a jornada máxima de 30 horas semanais para os enfermeiros/as, técnicos/as e auxiliares de enfermagem. Lembrando que a Organização Internacional do Trabalho (OIT) da Organização das Nações Unidas (ONU) recomenda esta jornada, sob o argumento de que é o melhor para pacientes e trabalhadores da saúde do mundo inteiro. O movimento médico tem uma reivindicação nacional de implantação da carreira médica com valor específico por 20 horas de trabalho por semana. No caso dos agentes de saúde, grupo profissional composto por pouco mais de 320.000 trabalhadores, a principal reivindicação é regulamentação do Piso Nacional. Ainda integra as reivindicações: desprecarização do vínculo de trabalho de aproximadamente 50% dos agentes, que ainda vivem em situação contratual lastimável, normatização do adicional de insalubridade e a realização do Curso de Formação Técnica, conforme estabelece a Portaria nº 3.189, de 18 de dezembro de 2009.

No dia 07 de abril para acessar os links indicados pela coordenação da Grande Mobilização Nacional da Saúde, basta acessar a home www.agentesdesaude.com.br e eleger os acessos desejados para realizar as manifestações reivindicatórias.

Para Sérgio Goiana, atual coordenador do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsep-PE) e diretor financeiro da CUT-PE, a realização da Grande Mobilização Nacional da Saúde pela internet estabelece um novo paradigma quanto à forma de realização de manifestações dos trabalhadores. Embora não seja uma novidade a realização de tais eventos no universo virtual, no Brasil, é a primeira vez que os profissionais da saúde adotam esse meio para uma ação desse porte, concluiu. O diretor financeiro da CUT-PE tem dado relevantes contribuições para que a mobilização seja exitosa.

As mídias sociais, tais como: Facebook, Twitter e YouTube no lugar de panfletos, alto-falantes, passeatas, assembleias etc., têm estabelecido um novo parâmetro de dimensões imensuráveis. As redes sociais desempenharam um papel considerável nos recentes movimentos contra a ditadura nos países árabes. A propagação do movimento conhecido como Primavera Árabe, que começou em 2010 na Tunísia, para todo o Norte da África e Oriente Médio não teria sido a mesma sem os recursos proporcionados pela internet. A importância das redes sociais para dar visibilidade aos protestos árabes foi o diferencial.

O evento programado para o próximo domingo já registra números astronômicos, como é o caso dos acessos a uma das publicações realizadas no Facebook. A postagem realizada no último dia 21 de março e menos de um mês registrou mais de 1.000.000 (um milhão) de acessos. Atualmente registra 1.169.006 visualizações apenas no Facebook. Isto sinaliza a possibilidade participativa do evento.

O uso massivo das redes sociais, especificamente o Facebook e Twitter, é fundamental para arregimentar  esse potencial de transformação, na busca de mudanças da realidade laborativa.

É muito importante que todos interessados no evento tenham entendimento que, embora não seja necessário grande desprendimento na ação integrada, ela é tão importante quanto a presencial. Não podemos relaxar e acreditar que tudo será feito apenas com a participação do outro, considerando que esse também pode ser o pensamento de outrem. Nesse caso, a ação estaria comprometida. Cada profissional é muito importante nessa mobilização, defende o coordenador geral do evento, Samuel Camêlo.

Acreditamos que quando os trabalhadores se unem em prol de um benéfico em comum o resultado não pode ser diferente do sucesso. Indubitavelmente que juntos são mais fortes!


Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude 
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum 
Fonte na web: www.agentesdesaude.com.br