sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Nove agentes sanitários morrem em dois ataques na Nigéria

Lagos, 8 fev (EFE).- Pelo menos nove agentes de saúde que trabalhavam na Nigéria em uma campanha de vacinação contra a poliomelite morreram nesta sexta-feira em dois ataques diferentes perpetrados na cidade de Kano, informou a polícia.

O porta-voz da polícia de Kano, Moussa Magaji, declarou aos jornalistas que os ataques foram perpetrados por pistoleiros que abriram fogo contra dois centros de saúde e fugiram em motos.
"Nove agentes foram mortos baleados em dois incidentes separados", disse Magaji, citado pelo jornal nigeriano "The Vanguard", e acrescentou que "as investigações começaram imediatamente".
Um dos tiroteios aconteceu no distrito de Hotoro, onde foram mortos sete agentes, e o outro em Zaria Road, onde outros dois perderam a vida.

Por enquanto a autoria do massacre é desconhecida, apesar de Kano ser o reduto da seita radical islâmica Boko Haram, responsável por vários atentados no norte da Nigéria desde 2009.
Alguns grupos islâmicos no norte do país africano se opõem à vacinação contra a poliomelite, uma doença contagiosa de grande incidência na Nigéria, com o argumento que pode impedir que as mulheres tenham filhos.

Boko Haram significa em línguas locais "a educação não islâmica é pecado", e seus membros lutam supostamente por impor a lei islâmica no país, de maioria muçulmana no norte e preponderância cristã no sul.

Desde 2009, quando a Polícia acabou com o líder de Boko Haram, Mohammed Yousef, os radicais mantêm uma sangrenta campanha que já deixou cerca de 1.400 mortos, segundo a organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW), embora o Exército da Nigéria assegure que as vítimas são mais de 3 mil.

Mas a HRW, da mesma forma que a Anistia Internacional (AI) e outras organizações internacionais de defesa dos direitos humanos, também denunciaram vários abusos por parte das Forças de Segurança da Nigéria.

Com cerca de 170 milhões de habitantes integrados em mais de 200 grupos tribais, Nigéria, o país mais povoado da África, sofre múltiplas tensões por suas profundas diferenças políticas, econômicas, religiosas e territoriais. EFE - br.noticias.yahoo.com

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude 
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum 
Fonte na web: www.agentesdesaude.com.br