sábado, 17 de novembro de 2012

Cidade do Vaticano (Itália) recebe Agentes de Saúde de aproximadamente 70 nacionalidades


Agentes de saúde se reúnem, no Vaticano, para encontro internacional

Cidade do Vaticano (RV) - "O hospital, lugar de evangelização: missão humana e espiritual" foi o tema da 27ª Conferência Internacional promovida pelo Pontifício Conselho da Pastoral para os Agentes de Saúde que se realizou, no Vaticano, de 15 a 17 deste mês.

Inspirado no Ano da Fé e no Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização, o evento foi apresentado, na Sala de Imprensa da Santa Sé pelo Presidente desse dicastério vaticano, Dom Zygmunt Zimowski.

O Secretário de Estado, Cardeal Tarcisio Bertone, presidiu a celebração eucarística de abertura do evento, na próxima quinta-fera, na Basílica de São Pedro. A conferência contará com a participação de médicos, cientistas, pesquisadores, voluntários e agentes pastorais, provenientes dos cinco continentes para debater sobre a realidade dos hospitais, local onde se encontram vários povos, culturas e religiões.

"Ide, ensinai e curai os doentes" é o mandato de Jesus sobre o qual se fundam as duas atividades atuais da Igreja, o anúncio da Palavra e a cura dos doentes.
"Se os países industrializados devem enfrentar os cortes nos serviços de saúde por causa da crise econômica, é necessário pelo menos salvaguardar a identidade dos hospitais e centros de saúde católicos e sua função de subsidiariedade, sem colocar em segundo plano as questões fundamentais como o respeito pela vida desde a concepção até a morte natural, a humanização da cura e as curas paliativas. Nos países em fase de desenvolvimento permanecem as carências até mesmo de acesso aos cuidados de base" – frisou Dom Zimowski na coletiva.

O prelado frisou que muitas vezes as pessoas morrem por falta de remédios que custam pouco como no caso de terapias contra a malária, falou sobre a falta de instrumentos para fazer diagnósticos de base e para a formação de agentes de saúde. Em relação à presença católica, existem mais de 120 mil hospitais e dispensários nas áreas mais remotas do Planeta.
"O pouco a disposição de tais hospitais nas regiões mais pobres é utilizado em favor da população e sem distinção de fé e etnia, como a Palavra, os ensinamentos da Igreja, o espírito e a história das missões ensinam" – frisou o prelado.

A conferência contou com a participação de mais de 600 pessoas provenientes de sessenta nações.
No encerramento, o Papa falou aos participantes na Sala Paulo VI. Antes, porém, houve um encontro de reflexão e oração dos agentes de saúde no Ano da Fé, que contou com a participação de membros do congresso europeu de médicos católicos, de enfermos acompanhados pela União Nacional Italiana Transporte de Doentes a Lourdes e Santuários Internacionais (UNITALSI) e estudantes de enfermagem. (MJ)

Texto adaptado de Vaticano News

Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs 
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356 
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum
Fonte:
www.news.va/pt