segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Avosos promove evento no Dia de Combate ao Câncer

Ação ocorre no dia 23 (Foto: Arquivo Portal Infonet)

 Festa da Vitória vai homenagiar pessoas que já venceram doença

Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil, comemorado em 23 de novembro, a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos) realizará mais uma edição da Festa da Vitória em homenagem aos pacientes que já venceram a doença ao longo dos 25 anos da entidade. Na ocasião, também acontecerá apresentação do Coral Cantavosos e palestra com uma ex paciente e psicóloga Zandre Barbosa, autora do livro 'Caminhos da Superação'. O evento será realizado, a partir das 9h, no espaço multieventos da própria instituição.
A data, instituída em 2008, tem como objetivo estimular ações educativas e preventivas, difundir avanços técnico-científicos relacionados à doença, além de promover debates e eventos sobre políticas públicas de atenção integral às crianças e adolescentes com câncer.
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima-se que em 2012 ocorrerão cerca de 11.530 casos novos de câncer em crianças e adolescentes até os 19 anos. As últimas informações disponíveis para a mortalidade mostram que, no ano de 2009, os óbitos por neoplasias, para a faixa etária de 1 a 19 anos, encontram-se entre as dez primeiras causas de morte no Brasil. A partir dos cinco anos, a morte por câncer corresponde à primeira causa de morte por doença em meninos e meninas.
Para a oncologista pediátrica da Avosos, Daniela Amorim, um dos maiores desafios do câncer infantojuvenil  é a detecção precoce da doença. “Pelos sinais e sintomas se confundirem com o de outras enfermidades comuns na infância, muitos profissionais de saúde podem tratar como se fosse algo mais simples. O que deve ser feito é primeiro descartar o mais grave, que é o câncer, para que com o diagnóstico correto, comece tratar o paciente”, declarou a médica.
Outro fator que pode ocasionar em um diagnóstico tardio da doença é o estigma que o câncer ainda possui. “Os pais também precisam ficar atentos a qualquer queixa ou sinal que a criança possa ter. Isso é importante porque a criança não inventa sintomas. O câncer tem cura, mas é fundamental detectá-lo nos estágios iniciais com o intuito de buscar o melhor para o paciente”, ressaltou Daniela.
E foi o caso de F.G, de apenas 2 anos. Com muita febre e com barriga alta, a mãe procurou logo um médico. “Fui a um pediatra de minha cidade que já mandou fazer uma ultrassonografia. Ao realizar o exame fui informada que meu filho tinha um tumor no rim. Mas, até então, não sabia que era o câncer. Só fui ter a certeza quando vim até a Avosos com alguns exames que já tinha realizado e a médica me deu o diagnóstico. No primeiro momento fiquei em estado de choque porque pensei que ele não iria aguentar e que ia perder meu filho. Hoje, só tenho a agradecer a esta instituição. Estou muito confiante”, contou Cláudia Guimarães, 24, do interior de Sergipe.
Após nove meses, o filho de Cláudia realizou quimioterapia na Avosos e passou por intervenção cirúrgica e sessões de radioterapia no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Atualmente, encontra-se finalizando o tratamento quimioterápico.
A estimativa, ainda de acordo com o INCA, é que em torno de 70% das crianças acometidas com câncer podem ser curadas, se diagnosticadas precocemente e tratadas em centros especializados. Além disso, o apoio ao paciente em tratamento nas Casas de Apoio, como a Avosos, contribui para o sucesso da cura.
Importância da Casa Tia Ruth
Atualmente, a Avosos assiste mais de 400 crianças e adolescentes em tratamento ou acompanhamento médico. A instituição fornece apoio multidisciplinar e benefícios como passagens intermunicipais e interestaduais, hospedagem, cestas básicas, medicamentos oncológicos e complementares ao tratamento, próteses e órteses, exames laboratoriais e especializados, suplementos alimentares, entre outros auxílios.
Fonte: Ascom Avosos
Divulgação: Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde - MNAS
Uma mega rede voltada aos Agentes de Saúde (ACS e ACE)
Twitter: twitter.com/AgentesdeSaude
Jornal dos ACS e ACE: bit.ly/MNASJornal
MNAS no MSN: MNAgentesdeSaude.groups.live.com
Canal no YouTube: www.youtube.com/mobilizacaodosacs 
No Orkut: www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=88080356 
No Facebook: www.facebook.com/groups/agentesdesaude 
No Grupo Yahoo!: br.groups.yahoo.com/group/agentedesaude
Ferramenta no Inforum: Fórum no Inforum
Fonte:
www.infonet.com.br